Conselho da Petrobras aprova 8 governistas e Luna deve assumir Presidência

O general da reserva Joaquim Silva e Luna foi aprovado como membro do Conselho de Administração da Petrobras para assumir como presidente-executivo da companhia

Foto: Itaipu/Divulgação

Jornal GGN – O general da reserva Joaquim Silva e Luna foi aprovado como membro do Conselho de Administração da Petrobras, para assumir como presidente-executivo da companhia, em indicação de Jair Bolsonaro.

A nomeação integrou a série de nomeações emplacadas pelo mandatário na Petrobras, nesta segunda (12). Um total de sete novos conselheiros, além de Luna, foram eleitos ligados ao governo.

São o almirante da reserva Eduardo Bacellar Leal Ferreira, Ruy Flaks Schneider, Márcio Andrade Weber, Murilo Marroquim de Souza, Sonia Julia Sulzbeck Villalobos e Cynthia Santana Silveira.

Assim, com o total de 11 cadeiras do Conselho de Administração da Petrobras, 8 foram ocupadas por escolhas do governo Bolsonaro. Os minoritários garantiram somente uma vaga, para Marcelo Gasparino, além de outras duas que já detinham no órgão. A tentativa dos acionistas minoritários de ampliar a presença no conselho não foi concluída.

O início da assembleia desta segunda foi conturbado. Gasparino expôs divergências no boletim de voto à distância e pediu a suspensão da votação. Assim como ele, o membro do Conselho Fiscal, Daniel Ferreira, também enxergou preocupação das divergências nos sistemas. A área técnica da Petrobras, contudo, negou.

Antes da votação pela nova composição do colegiado, os acionistas aprovaram a saída de Roberto Castello Branco, com pouco mais da metade dos votos (58,28%). Entre os apoiadores da destituição, votaram representantes do governo e do BNDES. Outros se abstiveram, como representantes dos fundos do Banco do Brasil, da Caixa e da Previ.

Com a chegada de Luna à Petrobras e a maioria governista garantida no Conselho, a expectativa é que ele seja eleito presidente da petroleira.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora