O conflito de Terras em cena

Sugerido por Valéria R Martins

https://www.youtube.com/watch?v=bq8zLyKM4lY height:394

Vale a pena conferir os vídeos produzidos pelo grupo Terra em cena:  “Programa Revoluções” Ocupações e Doutrina do choque.

As formas de luta e as iniciativas de discussão que estão sendo produzidas pelas pessoas e o que pode nos motivar e fazer renascer nossa força… os primeiros suspiros, a luta contínua pela vida.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. Enquanto LULA governou ele

    Enquanto LULA governou ele deu pãp e sonhos aos mais pobres, mas os ricos tiveram seus ganhos…

    Mas, a ganância dos ricos, afunilou tudo e deixou agora 2 caminhos…

    Todos 2 levarão a milhares de mortos!

    Um é aquele que estamos seguindo – que é o da PEC 55 e outras PEC’s que virão cada vez mais duras – que levará a milhares de pobres a morte silenciosa pela fome, pela falta de atendimento em postos de saúde, na violência que abraçará a todos diluída, e virá como juros – devagar, mas inexorável – da PEC 55 ao longo dos próximos anos!

    O outro seria uma convulsão social, que parece mais próxima do que se imagina…

    Foram estas as opções deixadas pelos golpistas!

    Cada um, em sua consciência escolha a sua, pois como seres humanos seremos co-responsáveis por todas as consequências…

    Não existe – a culpa é deles!

    Não há ninguem solto, desvinculado da realidade humana…

    Pagaremos todos nós…

  2. o conflito….

    Tudo evolui. Lutas e reinvidicações também devem evoluir. A China, país comunista, se adapta para obetro melhor do capitalismo. Deixemos de ser o país parado no tempo. A revolução é por bem estar proporcionado pelas riquezas que uma nação pode produzir para seu povo. A luta intransigente, impiedosa, sem recuos ou concessões, que não pode ter outro objetivo fora a vitória é contra a venda de terras brasileiras a estrangeiros. A bárbarie no Brasil se renova a cada dia, mas isto seria reescrever a Constituição e dizer que não somos uma nação, que não somos nada. Criaremos estados estrangeiros dentro do próprio país, áreas onde brasileiros não poderão entrar. É traição em 1.o grau. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome