Os investimentos na região de Belo Monte, segundo a Norte Energia

Jornal GGN – Dando sequência à série de matérias sobre Belo Monte, a construtora da usina, Norte Energia, relata seus investimentos na região em saúde, educação e saneamento básico. Segundo a empresa, até hoje, foram feitas as benfeitorias que se seguem.
 
Saúde
 
27 Unidades Básicas de Saúde construídas e equipadas pela Norte Energia na região de Belo Monte e uma construída com recursos do Ministério da Saúde e equipada pela Norte Energia.
 
Três hospitais estão em construção (em Altamira, em Anapu e no canteiro de obras).
 
Um hospital em  Vitória do Xingu está com o projeto executivo para análise da vigilância sanitária  e outro em Altamira aguarda a conclusão das obras do Hospital do Mutirão para iniciar suas reformas.
 
11 ambulâncias doadas aos municípios da região.
 
Quatro ambulanchas doadas aos municípios da região.
 
Quatro odontomóveis doados aos municípios da região.
 
Com recursos do PDRS Xingu, foi entregue o hospital de Uruará; está em execução a obra do hospital de Placas; está em análise de projeto a reforma do hospital de Porto de Moz e em fase de adequação do projeto do hospital de Medicilândia por parte da prefeitura do município.
 
Os municípios da área de influência direta do empreendimento contam também com oito Equipes de Saúde da Família contratadas pelo município com aporte financeiro da Norte Energia: cinco em Altamira, duas em Vitória do Xingu e uma em Anapu. 
 
 
Educação
 
Ao todo, 92 obras de educação estão previstas no Projeto Básico Ambiental (PBA), sendo que :
 
48 escolas  já construídas na região da UHE Belo Monte,
Cinco escolas estão com obras  em andamento,
Quatro escolas estão em fase de contratação,
Nove escolas estão em elaboração de projeto,
26 escolas em análise de suficiência.
 
 
Saneamento básico
 
Mais de R$ 400 milhões foram investidos em saneamento básico nas cidades da região.
 
A Norte Energia já construiu na região do Xingu 69 km de rede de água e 83 quilômetros de rede de esgoto, o equivalente a 45% e 40% do total previsto no Projeto Básico Ambiental (PBA).
 
Em Vitória do Xingu, os serviços do aterro sanitário para a destinação correta do lixo domiciliar começaram em abril de 2013 e estão à disposição da prefeitura para utilização. Também está em fase de finalização o galpão de triagem com banheiros e escritório, guarita, redes de água e esgoto, drenagem pluvial, acessos e área cercada.
 
Em Altamira, a área do aterro também avança e, no fim de 2013, parte da estrutura estava pronta e começou a receber os resíduos sólidos em uma área de 50 hectares, com três células escavadas e impermeabilizadas.
 
Foram concluídas pela Norte Energia as atividades da remediação do lixão de Altamira. A área revitalizada de Altamira está em processo de finalização.
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora