Moro sugere que Petrobras monitore a vida dos funcionários

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN – O juiz Sergio Moro resolveu dar umas dicas à Petrobras durante um evento, promovido pela estatal nesta quinta (8), sobre combate à corrupção. Ele sugeriu que a empresa monitore a qualidade de vida de seus funcionários, principalmente a moradia dos executivos, através de uma sindicância permanente. Moro também receitou a oferta de dinheiro em troca de denúncias internas.
 
“Talvez fosse o caso de pensar em incentivos à atuação dos denunciantes, inclusive compensação financeira, desde que apresentada informação verdadeira, relevante, que através dela seja desbaratado esquema de corrupção. Ninguém deve enriquecer com isso, mas o incentivo deve ser oferecido para tirar as pessoas da zona de conforto”, afirmou, segundo relatos do Estadão.
 
As dicas lembram as 10 Medidas Contra a Corrupção que os procuradores da Lava Jato queriam fazer aprovar no Congresso.
 
A terceira dica foi que a Petrobras use apenas ferramentas corporativas para trocar correspondências quando o assunto envolver contratos e negócios. 
 
Presidente da estatal, Pedro Parente disse que vai fazer um “trabalho de inteligência” contra esquemas de corrupção e estudar as proposta de Moro. Apenas sobre a terceita sugestão é que ele adiantou que haverá monitoramento por meio de palavras-chave em cima das mensagens trocadas entre funcionários.
 
“Não é desprovido de uma certa polêmica. Isso pode dar uma ideia que ainda há um problema grande na empresa. Não é isso. É preventivo”, justificou.
 
O Estadão – jornal porta-voz da Lava Jato – não mencionou na reportagem, mas Moro foi alvo de protestos por parte dos funcionários da Petrobras. Eles reclamam que o juiz usa métodos questionáveis na operação e afirmam que a operação mais ajudou a desestabilizar a economia do que apresentou ganhos financeiros em termos de recuperação de verbas desviadas.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  A suspeitíssima operação da Polícia Federal na Saúde, por Raquel Torres

23 comentários

  1. Um criminoso que por mérito

    Um criminoso que por mérito próprio jamais conseguiria ser juiz federal agora resolveu que pode dar palpites para os diretores da maior empresa brasileira? Isso é que não é ter noção de ridículo.

  2. O famoso dar à raposa a chave do galinheiro

    Moro e Parente juntos, bisbilhotando a vida de corruptos. Enquanto um estimula o terror entre funcionários, o outro entrega de bandeja a Petrobrás. Sem dúvida as palavras de Moro e o acolhimento da idéia por Parente é o retrato do golpe, enquanto um ganha poder fazendo  alarde  da luta contra a corrupção  o outro  vende a preço de banana nossas riquezas. ( Seriam cumplices?????)

    E o Juiz que tanto desconfia de todos os funcionários, não desconfia das privatizações, nem dos leilões nem dos decretos que na surdina vão entregando tudo.  É um ” ingênuo”  !!!!!!

  3. Qual é o limite desse

    Qual é o limite desse energúmeno?

    Se aplicar a lei, que foi o que este criminoso estudou, ele faz com péssima qualidade, qual a qualificação deste para opinar sobre gestão de empresa pública?

    Ou o Brasil acaba com a Farsa-Jato, ou a Farsa-Jato acaba com o Brasil. 

  4. Este sistema de premação e

    Este sistema de premação e incentivo ás denúncias deve ser muito bom. Foi de grande valis na Alemnha Nazista. O Hitler e seus colaboradores obtiveram grande sucesso no combate aos inimigos do  I I I Reich. Aliás, só mesmo uma cabeça privlegiada coo a do moro para nos trazer tão importante colaborção para o combate aos crime. Se não tvermos prvas concretas, que  ta um pau-de-arara, ofogmentos e otras práticas facilitadoras de confissões?

  5. Que coisa esdruxula …..

    Já não existe uma coisa chamada AUDITORIA INTERNA e outra chamada coisa chamada Tribunal de Contas ? 

    Se atuassem satisfatoriamente , não chegaríamos à situação atual.

    E o mesmo pode ser dito  em relação ao poder judiciário no qual o Sr. MORO atua : se o órgão corregedor – o Conselho Nacional de Justiça – atuasse corretamente ,  ele mesmo – MORO –  também não chegaria  às aberrações cometidas – conduções coercitivas sem fundamento ,  condenações sem prova , grampo sobre presidente da república , vazamentos seletivos , manifestações de apreço ou desapreço sobre assuntos que estão sob sua jurisdição . 

    SE A SITUAÇÃO DA PETROBRÁS É RESULTADO DA FALÊNCIA DE ATUAÇÃO DOS ÓRGÃOS DE CONTROLE INTERNO E EXTERNO , A ATUAÇÃO ABUSIVA DO SR. MORO IDEM !

  6. Rei Moro

    Sua Majestade Imperial, Senhor de Todo JUDICIÁRIO, determina que:

    1) Ganhe dinheiro entregando seus  companheiros de trabalho…aproveite é por tempo limitado

    2) Vigie a casa, as compras, o carro, se os filhos possuem brinquedos eletrônicos, qual tipo de celular a família e o seu

    companheiro de trabalho utiliza, roupas,etc. Em caso de suspeita nos avise que mandaremos conduzi-lo a interrogatorio coercitivamente, e dependendo poderemos decretar a prsão preventiva por tempo indeterminado para que o suspeito se recorde dos erros que fez ou por ventura irá fazer, isso respeitando é claro a Constituição, lógico que a dele (Sua Majestade).

  7. lembrei de uma investigação parecida…

    em um centro de pesquisas estatal após sumiço de vários blocos de aço inox de alta qualidade e caríssimo,

    após deduragem de vários funcionários inocentes, representantes da associação dos empregados decidiram investigar por conta própria e sem conhecimento dos graúdos

    – almoxarifado: saída dia tal destino oficina mecânica

    – oficina mecânica: usados para confecção de várias peças posteriormente enviadas para o setor de transporte

    – setor de transporte: recebidas dia tal e entregues na Marina da Glória

    – Marina da Glória: entregues aos responsáveis pela manutenção dos barcos

    – responsáveis pela manutenção: usadas naquele veleiro ali, enorme

    – veleiro enorme: meu dono é o diretor

  8. Quede Moreira da Silva? Melhor rir do que chorar…

    E viva o Macartismo! Nem na ditadura houve política OFICIAL para deduragem (extra oficial claro que houve; mas há era uma ditadura declarada, e agora se pretende que nao estejamos numa…)

  9. rs………………..a gente não se livra dessas pragas

    mas se diverte……………………………..

    falar nisso, meu livro tá quase pronto

    revisor da editora: o senhor tem certeza que quer deixar do jeito que está?

    ao que respondi de imediato: seguinte! me dá essa porra de volta e vá amerda

  10. As declarações do juiz de

    As declarações do juiz de primeira instância Sérgio Moro não condizem com a realidade do momento. A Lava Jato já não tem mais tanto apoio da população. Lula vai crescendo e se tornando uma unanimidade. A direita brasileira, bem como o citado juiz, vivem uma ilusão e não percebem que ela já acabou. O jogo político está virando. De fato, falar A ou B da corrupção em uma estatal não valem o preço da aposentadoria, do salário e da segurança do emprego, que é o que eles estão destruindo. A população já percebeu que entrou numa roubada e vai se articulando em torno da figura do histórico presidente (ex e futuro). A arbitrariedade de uma prisão apenas agravaria o cenário e colocaria Lula entre os grandes líderes mundiais perseguidos, já entrando para a história como Nelson Mandela e tantos outros, tornando-o referência política para as próximas décadas. 

  11. Pois eu sugiro ….

    Que todas as tratativas de  delações premiadas, sejam gravadas e mostradas ao público em horário nobre da TVzinha.

    Quem ainda confia neste omi , que se diz JUIZ , ou JUDGE, como diz o PHA ?

  12. E assim como em 64 a maioria

    E assim como em 64 a maioria do povo nem sequer imaginava o que acontecia. Hoje como ontem. Estamos em uma ditadura, fascista,  do judiciário e a maioria dorme em berço, nem tão esplêndido.

  13. A delação de filhos contra os

    A delação de filhos contra os pais eram especialmente premiadas no Terceiro Reich, é uma construção tipicas dos piores regimes  do Seculo XX, corroe o carater de qualquer Pais, uma Nação não se constroe a partir de delações.

  14. “Greta Grabo, quem diria, acabou no Irajá”

    Quem conseguirá conter esse delinquente togado, zombeteiro e fanfarrão?

    Talvez sua própria soberba… Mas parece que Moro sabe de sua pequeneza. Inconsequente e irresponsável, age como se soubesse que pode fazer o que quiser que seus mentores e chefes, a iniciativa privada do dólar dos EUA, que manda no ministério da Justiça daquele país, segurará as pontas.

    O futuro do juizeco não poderia ser mais previsível: cucaracha de luxo, morador de Miami e dando aula em Harvard. Colega do Mangabeira Unger, vai vendo…

    • Ô Renato ….rsrsrs

      Vc vê se para de usar minhas frases, OK? Estou cobrando,( virei mercenária ), pois desconheço o nome do autor rsrsrs. Não vi a peça , mas o título dela se encaixa perfeitamente no Judge. Né ?

      Abraços

  15. Moro incentiva a deduragem

    Olha, tá aí uma nova atuação no mercado de trabalho.

    O Dedo Duro profissional! Deve ter boa rentabildade.

    Quem sabe podemos começar em reabrir a relação entre o procurador Lima e o Banestado?

    Tentar descobrir quem é o DD, ah … daria uma ótima recompensa!

    Obrigado Dr Moro pela dica!

    Você realmente é Genial!

     

  16. Que herói, hein ?!

    A Inteligência dos EUA monitorou a ex-presidente Dilma e muito provavelmente os diretores das estatais Petrobrás e Eletrobrás. Um furação passou por estas estatais e muita gente perdeu o emprego. 

    Mais de 1 ano após Michel Temer assumir a presidência da República e Pedro Parente a presidência da Petrobrás,  o juiz Moro , que já recebeu informações sigilosas, agora precisa da deduragem daqueles que quase perderam seus empregos pra continuar com o trabalho dele.

    Pedro Parente também quando afirma que vai fazer um serviço de inteligência na Petrobrás pra combater a corrupção , se junta a Moro , pra me fazer entender que a corrupção dentro da Petrobrás não acabou e que ele Pedro Parente tb não sabe em que canto da empresa ela está . 

    Gozado, só Dilma e Graça Foster sabiam de tudo ? 

    Imagine ser um funcionário destas estatais, estar com a corda no pescoço e ainda ouvir isto ? 

    Tem muito de política econômica entreguista , mas tem muito de covardia tb.  

  17. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome