Após dossiê, Mendonça tenta evitar desgaste com STF

Ministro da Justiça procura integrantes do Supremo para se explicar por relatório, tendo em vista uma das vagas dentro da Corte

André Mendonça, ministro da Justiça e um dos cotados para ocupar a vaga de Celso de Mello no STF. Foto: Reprodução

Jornal GGN – Um dossiê sobre 579 servidores estaduais e federais apontados como antifascistas comprometeu a imagem do ministro da Justiça, André Mendonça, junto a integrantes do STF (Supremo Tribunal Federal). Para tentar melhorar sua imagem, Mendonça entrou em contato com integrantes da Corte para dar sua versão.

O ministério chegou a pedir “parcimônia” e “sensibilidade” por parte do STF, para que deixasse o Congresso Nacional fazer a análise sobre o tema. Essa aproximação tem um motivo: Mendonça é apontado como um dos favoritos para ocupar a vaga que será aberta no STF em novembro, com a aposentadoria de Celso de Mello. Cabe ao presidente da República indicar o nome, que é sabatinado no Senado e precisa ser aprovado pela Casa.

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, o STF irá avaliar os atos de Mendonça à frente do ministério na próxima quarta-feira, quando será analisada uma ação que contesta o relatório elaborado sobre opositores do governo Jair Bolsonaro.

O partido Rede Sustentabilidade pede ao STF a abertura de inquérito para apurar o caso e verificar eventual crime cometido por parte de Mendonça e seus subordinados, além de pedir que a pasta informe o conteúdo de inteligência produzido em 2019 e 2020, e se abstenha de produzir relatórios sobre integrantes do movimento antifascismo.

 

 

Leia Também
Sigilo de relatórios de inteligência pode durar até 100 anos
Ministério da Justiça não envia relatório sobre antifascistas para o STF
Cármen Lúcia dá 48 horas para Ministério da Justiça explicar dossiê contra antifascistas
Governo tem 10 dias para justificar espionagem a antifascistas

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora