Ascendência de Flávio Bolsonaro sobre o pai começa a incomodar

Senador não apenas indicou Kassio Nunes para o STF como participou de escolhas para cargos no Cade e na Justiça Eleitoral

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Aliados do presidente Jair Bolsonaro começaram a mostrar sinais de insatisfação por conta da influência apresentada pelo filho mais velho do presidente, Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), nas recentes escolhas de cargos estratégicos em detrimento das sugestões dos apoiadores.

Assessores entrevistados pelo jornal Folha de São Paulo explicam que o primogênito do presidente não só teve participação na indicação do juiz federal Kassio Nunes para o STF (Supremo Tribunal Federal)​​, como participou de pelo menos duas escolhas para a Justiça Eleitoral, além de um cargo no Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Além disso, pessoas próximas de Flávio Bolsonaro dizem que o senador também fala sobre temas relacionados a justiça, economia e agências reguladoras – por exemplo, o filho de Bolsonaro conversou com todos os nomes indicados antes que o pai escolhesse Augusto Aras para o comando da PGR (Procuradoria-Geral da República), no ano passado.

Contudo, a influência de Flávio nas nomeações feitas pelo pai tem sido criticada por auxiliares, afirmando que Jair Bolsonaro tem se desgastado com aliados próximos apenas para agradar o filho mais velho – alvo de investigação no Rio de Janeiro por abrigar um esquema de “rachadinha” em seu gabinete enquanto era deputado estadual.

 

 

Leia Também
Escolha de Kassio Marques se deu por ‘afinidade’, diz Bolsonaro
Governo Bolsonaro enviou agentes da Abin para evento da ONU
Governo Bolsonaro dificultou tomada de medidas de contenção contra queimadas
As oportunidades e as crises desperdiçadas pelo Brasil, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Rachadinha vai ter de montão se a deforma administrativa for aprovada e sera, ja que o Centrao que nao teve vez na Constituinte de 88, agora muda a CF a toque de caixa

    ….os donos de esquemas de rachadinhas terao mais de 90 mil cargos de chefia pra extorsao

    direito de politico acomodar seus cabos eleitorais milicianos no servico publico sem precisar de concurso

    acorda brasil

  2. R A C H A D I N H A: Esse novo nome dado a CORRUPÇÃO, tanto pelo PIG, como pela impressa progressista/ esquerda é tão “fofinho”, que dá vontade de apertar as bochechinhas dela e, cerrar os dentes!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome