Björk Gudmundsdottir

Ela nasceu na capital da Islândia.  Desde muito cedo teve aulas de canto  incentivada pelos pais. A menina cresceu e as performances inusitadas e a voz de uma sonoridade estranha, ajudaram a chamar a atenção de um selo  inglês.  Não deu outra, Bjork e banda fizeram sucesso.  A banda não durou muito e Bjork optou por seguir carreira solo. E, desde então o mundo ficou conhecendo esta cantora bem “diferente” de tudo.  Ela já trabalhou no cinema….fez um filme incrível, forte, chamado, “Dançando no Escuro” de Lars von Triers.  Assisti uma única vez para nunca mais.  Não que não fosse bom, ele é muito bom, excelente…eu é que simplesmente não tenho forças para vê-lo de novo.  É deste filme a música “I’ve Seen it All” que concorreu ao Oscar de melhor cançao.  E, foi justamente neste Oscar que Bjork apareceu com o vestido Cisne(foto) que deu o que falar.  Sempre comprometida com causas sociais, ficou famosa recentemente, mais uma vez, por cantar em Xangai pedindo a independência do Tibete. A China não gostou e a proibiu de cantar em território chinês ad infinitum….. Este foi apenas mais um caso em que  se envolveu…… é famosa também pelas  brigas com fotógrafos e jornalistas.  Algum tempo atrás um fã mandou uma carta bomba para a cantora, porém a carta foi interceptada e o fã  se suicidou.  Vida atribulada leva esta pequena cantora da Islãndia…pequena em estatura mas grande em talento.  

Eu adoro Bjork!!! 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome