Bolsonaro usa dados do PT na Cúpula do Clima

Todas as referências positivas apresentadas no discurso do presidente foram elaboradas nos governos de Lula e Dilma Rousseff

Foto: Marcos Correa/PR

Jornal GGN – As referências positivas apresentadas pelo presidente Jair Bolsonaro em seu discurso na Cúpula do Clima foram conquistadas durante o mandato dos presidentes do Partido dos Trabalhadores (PT). Nenhum dado favorável apresentado foi de autoria do atual governo.

Levantamento do jornalista Chico Alves, do portal UOL, mostra que todos os dados apresentados por Bolsonaro – como o aumento do uso de matrizes energéticas mais limpas, como etanol e energia eólica, passando pelo compromisso de eliminar o desmatamento e reduzir a emissão de gases de efeito estufa – foram anunciados ou elaborados durante os governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, e algo também foi iniciado no governo de Fernando Henrique Cardoso.

Outros números devem ser relativizados: embora o Brasil seja responsável pela emissão de 3% dos gases poluentes na atmosfera por ano, tal índice chegou a ser de 1% e a tendência é piorar por conta do aumento do desmatamento da Amazônia.

Além de usar dados dos governos petistas, Bolsonaro não se pronunciou sobre outros indicadores, como o avanço do desmatamento durante seu mandato, sobre a facilitação do trabalho dos garimpeiros e dos grileiros na região, e nem mesmo sobre o projeto de milícia florestal idealizado pelo ministro Ricardo Salles.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora