Covid-19 influencia cenário presidencial para 2022

Apesar do negacionismo de Bolsonaro, melhora da popularidade do presidente leva estrategistas a refazerem cálculos para eleição presidencial

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A retomada da popularidade do presidente Jair Bolsonaro já começou a influenciar as análises que focam a eleição presidencial de 2022: após a crise política vista entre abril e junho, analistas dizem que Bolsonaro voltou ao jogo enquanto a economia se torna tema relevante a ser acompanhado.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, diversos agentes ligados à política dizem que esse cenário congestiona o caminho dos políticos de centro e centro-direita, enquanto a esquerda fica em uma posição considerada paradoxalmente mais difícil.

As declarações foram dadas a partir do último Datafolha, que apresentou melhora da popularidade de Bolsonaro e seu descolamento atual da responsabilidade pelas mais de 110 mil mortes decorrentes da Covid-19.

Contudo, uma variável importante foi apontada: a covid-19 dará lugar à economia, principalmente em um cenário que combine a existência de vacinas eficazes em quantidade e o avanço da chamada imunidade de rebanho nos grandes centros.

Caso isso aconteça, Bolsonaro será favorecido por conta da postura que adotou recentemente – seja ao se afastar do embate entre Congresso e Supremo Tribunal Federal, seja por conta da terceirização da responsabilidade da crise para estados e municípios.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora