21 comentários

  1. Eu odeio máscaras tanto quanto odeio aqueles que vão, desmascarados, ao baile dos desmascarados.
    Inspirar o mesmo ar quente e viciado que eu acabo de expirar desencadeia-me uma alergia dos diabos.
    Eu odeio máscaras mas tenho que usá-las para proteger a mim mesmo e aos demais. Mas eu odeio essas porras.
    Vão pro inferno, máscaras!
    Se esse o Ratonaro não tivesse politizado a pandemia, subestimando a letalidade do inimigo, eu não deveria mais estar usando essa merda.
    Eu odeio o Bolsonaro mais do que eu odeio as máscaras. Só tem uma coisa que odeio mais do que odeio o Bostonaro: o capitalismo
    É vero
    But what can a poor boy do
    except to sing for a Rock’n’Roll Band
    ‘cause in sleepy London Town
    There’s just no place for Street Fighting Man!
    No!
    Rock’n’Rolling Stones

  2. Que tal uma dica de gramática?
    Vamos com uma que quase todo mundo tem dificuldade:
    POR QUE/ PORQUE / POR QUÊ/ PORQUÊ.
    Do WhatsApp*
    1) Use “por que” (separado, sem acento) em perguntas como: “Por que a Michele recebeu R$ 89 mil do Queiroz?”

    2) Use “porque” (junto, sem acento) em respostas como: “Porque eu precisava dar um jeito de receber o $ das rachadinhas”.

    3) Use “por quê” (separado, com acento) quando estiver no final de perguntas, próximo ao ponto de interrogação. “Mas todo mundo sabia que esse traste não valia nada, votaram nele por quê?”

    4) Use “porquê” (junto, com acento) quando estiver substantivado. Se não souber o que isso significa, use quando a palavra puder ser substituída por “a razão”: “O combate à corrupção nunca foi o porquê de a elite ter votado nele”.

  3. Acidente ocorrido em 1987
    DECISÃO: Policial que teve contato com Césio 137 receberá indenização por danos morais

    O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) manteve o direito de um policial militar à indenização por danos morais no valor de R$ 60.000,00 em virtude do acidente radioativo do Césio 137. Trata-se de acidente radioativo ocorrido em Goiânia/GO no ano de 1987. A decisão, unânime, foi da 5ª Turma do TRF1 e confirmou a sentença, da 9ª Vara Federal Cível de Goiás, que condenou a Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) e a União, solidariamente, ao pagamento da indenização devido a enfermidades e traumas psicológicos, alegados pelo autor, em decorrência do incidente.
    Ler mais em

    https://portal.trf1.jus.br/portaltrf1/comunicacao-social/imprensa/noticias/decisao-policial-que-teve-contato-com-cesio-137-recebera-indenizacao-por-danos-morais.htm

  4. Diz o Correio Braziliense:

    O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na noite desta terça-feira (25/8), que a cédula de R$ 200 foi criada porque “o governo não tinha mais papel”. A declaração ocorreu durante a abertura do 32° Congresso Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

    https://www.correiobraziliense.com.br/politica/2020/08/4871093–nota-de-r–200-foi-criada-porque-governo-nao-tinha-mais-papel—diz-bolsonaro.html

  5. Falha em aplicativo de internet adia votação que criaria TRF-6

    A formação do TRF-6, que irá retirar Minas do âmbito do TRF-1 (veja abaixo a organização dos Tribunais Regionais Federais do Brasil), partiu do Projeto de Lei nº 5.919/2019, apresentado pelo ministro João Otávio de Noronha, presidente do Superior Tribunal de Justiça.

    https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2020/08/25/interna_politica,1179430/criacao-do-trf6-em-minas-falha-em-aplicativo-de-internet-adia-votacao.shtml

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome