Judiciário identifica temor de Bolsonaro com julgamento no TSE

Para magistrados, presidente tenta intimidar juristas com nota sobre Forças Armadas; publicação foi feita após deliberação do ministro Luiz Fux, do STF

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A nota divulgada pelo presidente Jair Bolsonaro na última sexta-feira (12/06) foi um sinal de que ele começou a evidenciar sua preocupação quanto ao julgamento da chapa presidencial na corte eleitoral.

Na ocasião, Bolsonaro afirmou que as Forças Armadas não cumprem ordens absurdas e não aceitam a tomada de poder por julgamento político. A nota foi uma resposta à liminar publicada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), que afirmou que as Forças Armadas não são um poder moderador.

Para magistrados consultados pelo jornal Folha de São Paulo, tal comunicação representa uma nova tentativa de intimidar o Judiciário, mas o documento em si não é uma ameaça e sim parte da retórica desenvolvida por Bolsonaro, e que o governo continua atendendo as decisões do Judiciário.

A corte eleitoral está avaliando um processo que pode levar à cassação da chapa Bolsonaro-Mourão, depois de se descobrir que bolsonaristas dispararam centenas de milhões de mensagens em massa, em esquema financiado por empresários sem prestação de contas à Justiça Eleitoral. Os dois casos configuram práticas vedadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

 

Leia Também
Liminar do STF delimita atuação das Forças Armadas brasileiras
Governo de Brasília desmonta acampamento pró-Bolsonaro de Sara Winter
Cassação de Bolsonaro: TSE passa a bola para Alexandre de Moraes
A vida pregressa de Sergio Moro: saiba como ajudar o projeto do GGN

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Marco Aurélio atende AGU e suspende depoimento presencial de Bolsonaro

7 comentários

  1. Por acaso a destituição da Presidente Dilma Roussef não foi um ato político ? E qual foi a atitude das FFAA ?

  2. “Judiciário identifica temor de Bolsonaro com julgamento no TSE”

    É necessário ler a matéria?
    Claro que não né.

    Só de lermos a chamada, já fica claro do que se trata!
    Trata-se de um judiciário golpista tucano-fhc/aecista “identificando”, pressentindo, desconfiado de um temor de um de seus parceiros no golpe, é colar na testa de quem acredita “SOU UM ASNO”.

    Nesse golpe MAÇÔNICO em curso, as instituições PRESSENTEM quando o alvo é um criminoso parça BLINDADO a permanecer totalmente IMPUNE!!!

    Deus nos liberte dessa ditadura e desses MAÇONS milicos e aliados!! Só assim poderemos voltar aos nossos projetos de democracia, interrompidos no golpe de 2016 aplicado contra Dilma Rousseff, uma presidenta democrática e eleita legalmente pelo povo. em 2016.

  3. Bolsonaro sabe os crimes que foram cometidos e sabe que o STF tem as provas.
    Somente uma Frente Ampla, dando suporte político ao TSE, resultará na cassação da chapa Bolsonaro-Mourão.
    Quem cria obstáculo à formação da Frente Ampla faz, tacitamente, o jogo a favor de Bolsonaro e fascistas

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome