SERRA: UM CANDIDATO SEM DINHEIRO, SEM IMAGEM

Campanha de Serra bancará materiais com tucano ao lado de aliados nos Estados

 

 

CATIA SEABRA
BRENO COSTA
DE SÃO PAULO

 

O comitê eleitoral de José Serra arcará com o custo de material de campanha dos aliados numa tentativa de intensificar a divulgação de seu nome nos Estados.

Ao assumir a produção de material casado com os candidatos ao governador, o comando da campanha busca impedir a omissão da imagem de Serra de panfletos dos aliados nos Estados.

A Folha mostrou, no domingo, que aliados de Serra que disputam o governo nos oito maiores colégios eleitorais do país não tinham, até a última sexta-feira, a imagem de Serra em seus santinhos e adesivos, por exemplo, apesar de o custo de impressão do material, com ou sem Serra, ser o mesmo. A campanha eleitoral começou oficialmente em 6 de julho.

Na campanha de Dilma Rousseff (PT), a imagem da candidata do presidente Luiz Inácio Lula da Silva já aparecia nos materiais de aliados em 7 dos 8 Estados pesquisados pela reportagem.

O coordenador de infra-estrutura da campanha de José Serra, Sérgio Kobayashi, mostrou, na noite desta segunda-feira, um modelo de panfleto, em plástico, para que seja compartilhado com os candidatos a governador. De um lado, o rosto de Serra. Do outro, um espaço reservado aos governadores.
Segundo Kobayashi, a distribuição acontecerá em três etapas: num primeiro momento, apenas material de Serra; depois, com candidatos a governador e, por fim, com candidatos a deputado.

“Essa terceira etapa não é uma promessa. É uma expectativa”, disse Kobayashi.

Aos que cobram distribuição imediata de material, Kobayashi avisa: “A produção acontecerá segundo a arrecadação. Não produzimos além do que arrecadamos”.

Segundo Kobayashi, a distribuição –proporcional ao número de eleitores em cada Estado– será maior com o início do programa de rádio e TV.

O presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE), minimizou ontem o fato de os aliados omitirem o nome de Serra em seu material de campanha. Admitindo que em seu próprio material o nome de Serra aparece pequeno, Guerra afirmou que isso é natural nas campanhas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome