No RJ, vereador acusado de chefiar milícia volta à Câmara

Por Ramalho

Enquanto isto, noticia o JB On Line:

Do Jornal do Brasil

Solto pelo STF, acusado de chefiar milícia volta à Câmara do Rio

“Depois de um ano e seis meses preso acusado de pertencer à milícia que comanda bairros da Zona Oeste, Luiz André Ferreira da Silva, o Deco, reassumiu seu gabinete na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro. Em uma conversa que durou menos de 30 minutos com o presidente da Casa, Jorge Felippe (PMDB), Deco avisou que a partir desta quarta-feira retorna seu trabalho como vereador eleito pelo PR em 2008 até dezembro. 

Por telefone, a vereadora Márcia Teixeira (PR), suplente de Deco, foi avisada que deveria deixar o cargo e limpar a sala, já que o vereador retorna hoje, às 14h, à Câmara.

Deco, que foi beneficiado com um habeas-corpus na semana passada, assinado pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), chegou ao Rio de Janeiro no fim da manhã desta segunda-feira, vindo de Rondônia, onde estava preso na Penitenciária Federal. Ele responde processo por formação de quadrilha, homicídios, extorsões, entre outros crimes, além de planejar a morte do deputado estadual Marcelo Freixo (Psol) e da chefe de Polícia Civil, Martha Rocha, na época titular da 28ª DP (Campinho). O vereador é considerado um dos milicianos mais perigosos da região de Jacarepaguá.” (grifo meu).

Essa gente está desrespeitando a Sociedade na certeza de que goza de impunidade (mas não goza, ministros do Supremopodem ser processados no Senado).

O que a turma do PSOL, Freixo e Plínio à frente, vai falar disto?

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador