Foi Mário Garnero quem ofereceu a Bolsonaro o consolo de Dallas

Agora, coube a ele montar às pressas o evento de Dallas, para livrar a cara de Bolsonaro do fiasco de Nova York.

Mário Garnero, da Brasilinvest, se vangloriava de ter apresentado o recém nomeado Miistro-Chefe da Casa Civil, José Dirceu, para o mundo empresarial norte-americano. Não foi bem assim.

Quando Bolsonaro surgiu, Garnero se valeu do fato de seu filho ter um programa na TV Record para alardear que foi o responsável pela aproximação de Bolsonaro com o bispo Edir Macedo.

Agora, coube a ele montar às pressas o evento de Dallas, para livrar a cara de Bolsonaro do fiasco de Nova York. E surpreendeu o seu velho amigo George W. Bush levando Bolsonaro para visita-lo.

 

Leia também:  A marcha da loucura, por Juan Arias

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome