Da série “só no Brasil”

Enviado por: Ramalho

Seria cômico, se não fosse trágico, um comentarista econômico ter de, em pleno século XXI, explicar a necessidade da prática da boa contabilidade. Infelizmente isto tem de ser feito porque prestidigitadores, travestidos de economistas sérios, agem segundo a máxima rodriguena (com ironia, por favor) de que “se os fatos contrariam a teoria, pior para os fatos”.

Observação

E ainda ter que ler colegas aceitando o argumento do Giambiagi, de que “tanto faz onde colocar as despesas”. É de cabo-de-esquadra.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora