O alienista monetarista

O mercado não está vendo fundo do poço para o dólar. Mantido o atual diferencial de juros, em breve o dólar cairá abaixo dos 2 reais. Nesse quadro alarmante, qual a posição do inefável presidente do Banco Central Henrique Meirelles? “O BC trabalha com metas para a inflação e não tem meta para o câmbio”, afirmou, ao deixar uma reunião de aproximadamente duas horas com o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

O anacronismo das esquerdas latino-americanas já inspirou livros como “O Manual do Perfeito Idiota Latino-Americano”. No dia em que se fizer obra similar para os chamados “neoliberais” latino-americanos, a atual diretoria do Banco Central receberá o prêmio máximo. É a mais medíocre diretoria a assumir o Bacen desde os tempos de José Sarney. Pior que ela, só a do BC argentino na era Domingo Cavallo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora