O pacto do Aécio

Ligeiro, Aécio Neves propõe um pacto de governabilidade entre os governadores. Obviamente tenta avançar na liderança do processo político. Haverá muito tempo para os demais governadores se colocarem, especialmente José Serra, de São Paulo.

Mas um ponto fica claríssimo: o jogo agora será dos pacificadores, dos estadistas, não dos guerreiros. O duro vai ser administrar as expectativas belicistas dos veículos e formadores de opinião – especialmente no eixo Rio-São Paulo – que aproveitaram a catarse para estimular uma noite de São Bartolomeu na política nacional.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora