Os gurus do IBOPE analisam pesquisa

Por Luiz Eduardo Brandão

O Diário do Comércio já liberou a pesquisa.

A conclusão da vidente do Ibope, a Márcia Cavallari, é de suma importância: existe a possibilidade de a eleição ser liquidada no primeiro turno. Com a vitória de Serra claro, o qual “mostra-se irredutível em se lançar candidato agora”. Quem entendeu o que isso quer dizer, por favor me explique.

A tal Márcia Cavallari é ótima. Olhem só mais esta:

“Houve uma subida da Dilma, mas a oscilação de Serra está dentro da margem de erro, de 2%, e ele ainda é o favorito. Sem fazer campanha, a candidatura Serra está estável”, reforça.

Ah, tem mais um dado transcendental, a corroborar que a eleição está no papo tucano no 1º turno, pois eis que os imparciais cientistas do Ibope chegaram a este número inapelável: Serra 64% x Dilma 49%. Esse dado decisivo é obtido “somando os entrevistados que disseram votar, com certeza, em um dos candidatos e os que responderam que poderiam votar”.

A matéria do DC:

http://www.dcomercio.com.br/Materia.aspx?id=39012

A íntegra da pesquisa:

http://www.dcomercio.com.br/especiais/downloads/JOB_182_BRASIL_Relatorio_tabelas.pdf

Comentário

É o instituto orgulho do país. Aboliram a análise de tendência, esses penduricalhos estatísticos que obrigam a projetar as pesquisas e, mais do que isso, a identificar os fatores centrais que influenciarão a opinião pública.

Basta pegar o retrato do momento, estático, imutável, e montar as combinações que forem mais adequadas.

Márcia, não faça isso: quem colocou o pescoço na guilhotina foi o Montenegro, maior de idade, por livre e espontânea vontade. Não jogue o nome do IBOPE no mesmo balaio do seu dono. Salve o IBOPE das estripulias do seu dono.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome