newsletter

Assinar

Teste de azeite de oliva: pior resultado entre os quatro já realizados pela Proteste

A Proteste Associação de Consumidores testou 19 marcas de azeite extravirgem e constatou que quatro têm indícios de fraude contra o consumidor. Na análise sensorial, apenas oito delas apresentam qualidade de extravirgem. Sete são virgens. Uma das marcas avaliadas, Borges, cujo azeite era virgem, em lugar de extra virgem, como indicado na rotulagem, tentou obter censura prévia na justiça antes mesmo da divulgação dos resultados. O juiz Gustavo Coube de Carvalho, da Nona Vara do Fórum Central de São Paulo contudo, negou a liminar.

O juiz disse na sentença que não há previsão de censura prévia no ordenamento jurídico brasileiro, cabendo ao ofendido "o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da indenização por dano material, moral ou à imagem", nos termos do art. 5º, incisos IV e V, da Constituição Federal.

De quatro testes que a Proteste já realizou com esse produto, este foi o que teve pior resultado, com o maior número de fraudes contra o consumidor. Foram detectados indícios de fraude nas marcas de azeite de oliva extravirgem: Figueira da Foz, Tradição, Quinta d’Aldeia e Vila Real. Os quatro produtos foram desclassificados do teste, pois não poder sequer ser considerados azeites. As propriedades antioxidantes do azeite de oliva são os grandes atrativos desse produto, devido ao seu efeito benéfico à saúde. Mas para que o azeite mantenha suas características, é importante que ele não seja misturado a outras substâncias. Assim, as fraudes, além de serem um abuso contra o consumidor, podem reduzir ou até eliminar as qualidades benéficas para a saúde.

Os quatro, na verdade, são uma mistura de óleos refinados, com adição de outros óleos e gorduras. Em diversos parâmetros de análise, essas marcas apresentaram valores que não estão de acordo com a legislação vigente. Os testes realizados indicaram que os produtos não só apresentam falta de qualidade, como também apontaram a adição de óleos de sementes de oleaginosas, o que caracteriza a fraude.

Outros sete não chegam a cometer fraude como esses, mas também não podem ser vendidos como extravirgens. O consumidor paga mais caro acreditando estar comprando o melhor tipo de azeite e leva para casa um produto de qualidade inferior.

Não é a primeira vez que a Proteste detectou fraude nesse tipo de alimento e, novamente, vai notificar o Ministério Público, a Anvisa e o Ministério da Agricultura, exigindo fiscalização mais eficiente. Nos três testes anteriores, foram detectados problemas. Em 2002, foram avaliados os virgens tradicionais e foi encontrado fraude. Em 2007, a situação se repetiu com os extravirgens. Em 2009, uma marca se dizia ser extravirgem e não era. Isso demonstra que os fabricantes ainda não recebem a fiscalização necessária.

É considerado fraude quando o produto é comercializado fora das especificações estabelecidas por lei. Para as análises, foram considerados diversos parâmetros físico-químicos para detectar possíveis fraudes: espectrofotometria (presença de óleos refinados); quantidade de ceras, estigmastadieno, eritrodiol e uvaol (adição de óleos obtidos por extração com solventes); composição em ácidos graxos e esteróis (adição e identificação de outros óleos e gorduras); isômeros transoleicos, translinoleicos, translinolênicos e ECN42 (adição de outras gorduras vegetais).

Na análise sensorial, defeitos ficam óbvios

Para a análise sensorial, convidamos especialistas para avaliar a qualidade das amostras quanto ao aroma, à textura e ao sabor de acordo com parâmetros técnicos. Segundo a legislação, em azeites extravirgens não podem ser encontrados defeitos na análise sensorial. Nessa avaliação, apenas oito marcas tinham qualidade de azeite extravirgem de acordo com os especialistas. Entre as outras, sete tinham defeitos que, pela legislação, os caracterizavam como azeites virgens. São elas: Borges, Carbonell, Beirão, Gallo, La Espanhola, Pramesa e Serrata. As quatro marcas com problemas de fraude foram consideradas, pela análise sensorial, como azeites lampantes.

Para os especialistas, o produto mais apreciado foi o Olivas do Sul. Outros bem avaliados foram os azeites Cocinero e Carrefour.

Todas as marcas testadas foram: Olivas do Sul; Carrefour; Cardeal; Cocinero; Andorinha; La Violetera; Vila Flor; La Espanhola; Carbonell; Serrata; Beirão; Qualitá; Gallo; Pramesa; Borges; Tradição; Quinta da Aldeia; Figueira da Foz e Vila Real.

Entre as marcas testadas podem ser considerados extravirgem: (Olivas do Sul; Carrefour; Cardeal; Cocinero; Andorinha; La Violetera; Vila Flor; Qualitá); são virgens: (La Espanhola; Carbonell; Serrata; Beirão; Gallo; Pramesa; Borges); e são mistura de óleos refinados: (Tradição; Quinta da Aldeia; Figueira da Foz e Vila Real).

A Proteste também verificou que nem sempre vale a pena optar pelo mais caro. Preço e renome nem sempre são sinônimos de maior qualidade. O melhor do teste foi, de fato, o que custa mais caro entre os testados. Porém, a avaliação mostra que há outros produtos de boa qualidade que custam bem menos.

Data de validade difícil de ler

A maioria das marcas traz na rotulagem a data de fabricação, com exceção da Cocinero e La Violetera. Essa informação não é exigida por lei, mas a Proteste considera importante para que se possa optar pelo produto mais fresco. No caso da Cocinero, há o agravante de a data de validade não ser muito fácil de ler, assim como na do Borges.

Além disso, nenhum azeite testado informa o prazo de validade depois de aberto. E o Serrata é o único que não traz um telefone ou outra forma de contato com o serviço de atendimento ao consumidor (SAC) do fabricante.

Na avaliação do estado de conservação dos produtos, nenhum deles teve um mau desempenho, mas Figueira da Foz, Tradição, Quinta d’Aldeia e Vila Real tiveram resultado apenas “aceitável” nessa avaliação. E os mesmos, com exceção do Tradição, apresentaram problemas também nas medições que se referem à qualidade.

Média: 4.5 (162 votos)

Recomendamos para você

266 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Walter Vidal
Walter Vidal

teste de azeite de oliva

Já provei pelo menos 20 marcas de azeites comercializados no Brasil e digo sem sombra de dúvidas que os dois mais saborosos, independente de ser extra virgem ou não, são as marcas, Bom dia ( português ) e Carbonell ( Espanhol ). Falo apenas de sabor. Teve uma pessoa que postou que teve um infarto em 2011 e provavelmente foi por o azeite ter lhe enganado, pois não era extra virgem de verdade. Lógico que não, azeite é vegetal, portanto não tem colesterol. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Geraldine Denise Kuss
Geraldine Denise Kuss

Azeite ou oleo

 

 

Ja e commun a dieta LCHF onde 75% da dieta e de gorduras. Qualquer pessoa pode constatar por si que colesterol nao causa infartes. A literatura e imensa, So dar uma olhada no site de Diet Doctor e outros de Dietas Ketogenicas o que se achava esta errado. De qualquer forma um oleo nao vai causar um infarto. Poderia sim, envenenar!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Urania
Urania

Sabor do "Azeite" !!!

Muito interessante seu comentário pois costumo comprar azeite não pelo grau de pureza ( virgem ) mas sim pelo sabor.
Fiquei decepcionada pela marca Carbonell não cumprir o que promete no rótulo mas é inegável o delicioso sabor espanhol.
Mesmo assim vou experimentar as marcas citadas como aprovadas e excelentes. Talvez me agrade o sabor pelo teor realmente controlado de acidez.
Carbonell é delicioso mas depois dessa vou começar a dar um pouco de credibilidade a outras marcas.

Seu voto: Nenhum
imagem de Hanelore
Hanelore

Diz o Dr. Lair Ribeiro que

Diz o Dr. Lair Ribeiro que dois motivos pelos quais que pessoas infartam é pelo consumo de cloreto de sódio (que é vendido no mercado como sal, mas não é integral) que contribui para instalação de processo inflamatórios nas veias e pelo consumo de óleos vegetais os quais nem deveriam entrar na nossa cozinha.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Miko
Miko

"...óleos vegetais..."

"...nem deveriam entrar na nossa cozinha." no caso de óleos vegetais obtidos de sementes (cereais, girassol, soja e afins) que sendo submetidos a processos de refinação para liquefazer os óleos contidos nas sementes!!!

Não é o caso do azeite ("de oliva"), que é obtido por simples prensagem do fruto (azeitona/oliva), sem qualquer ação externa de calor (a frio) - Azeitens Virgens .

Quando em azeite se refere "refinado" isto refere-se apenas a um processo indução de calor sobre o fruto (azeitona/oliva) para, diminuindo a sua densidade de modo a  facilitar a extração do óleo por prensagem.

O azeite resulta assim, apenas da decantação/separação simples - natural - do óleo e da água contidos no "suco" da azeitona e, como na verdade, o azeite acaba vindo sempre ao de cima... ;)

Seu voto: Nenhum
imagem de B Gibson
B Gibson

gosto diferente por região

Algo que ninguem comentou aqui é que dependendo da região produzida o gosto do azeite se difere independente de sua pureza.

Estamos acostumados com o gosto dos azeites espanhois e portugueses, os mais comercializados em nossa infancia.

Os azeites, italianos, gregos, chilenos etc, possuem um gosto mais leve, o que pode confundir no momento do consumo.

Assim vale lembrar que existem muitos azeites de diferentes sabores independente de sua pureza ou não.

mas que o azeite Galo enganou todo mundo enganou!  saudades daquele azeite na lata!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de douglas reutman
douglas reutman

gostaria q testassem o oleo

gostaria q testassem o oleo de azeite do chefe, o cheiro é bem forte, porem tenho duvida se é legitimo ou se é aromatizado

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Dario Faria
Dario Faria

Azeite..Brasil

Boa noite!
Infelismente vivemos num pais de bandidos, onde há diversas
propaganda enganosa,injustiça na maioria, principalmente em Goias, ondw ele deviam aer presos
, e o Ministro da Justiça é um borra bosta, não faz nada para melhorar essas leis, feitas somente para trabalhador.Tenho vergonha desse País..
só dá bandidos..e ninguem nem cobra do Ministro.

At . Dario Anapolis Go

Seu voto: Nenhum (4 votos)

De minha parte uso Lubrax da

De minha parte uso Lubrax da Petrobrás  é confiável e cumpre o que promete.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

snaporaz

imagem de ivan prado
ivan prado

dúvidas

Mandei essa mesagem para a cocinero e andorinha, estou totalmente perdido em relaçao a azeite me ajudem! :Olá, comprei o azeite cocinero extra virgem por indicaçao de ser muito bom, mas fiquei com muitas dúvidas em relaçao ao produto, o mesmo nao tem cheiro nenhum de azeite, tem gosto amargo, cheirando o vidro há um leve cheiro de oléo de soja, fiquei decepcionado com o produto até o momento, nao tenho experiencia com azeites, quero começar a usar em saladas e temperos por recomendaçoes, por isso estou pedindo orientaçao, queria um azeite que houvesse aquele cheiro gostoso que empesteia a casa toda com cheiro de azeitonas, posso ter comprado errado o tipo, se tiverem outro que dê esse cheiro e aroma peço que me enviem uma amostra para poder provar e comprar regularmente, quero citar que tambem comprei outra marca e tammbem aconteceu a mesma coisa, da marca andorinha, e já mandei email sobre o assunto tambem, aí comprei uma lata do mais barato que havia no mercado de nome CARMELITA no qual, é um composto de soja e só 15% de azeite, e para minha surpresa, tem um cheiro maravilhoso e um aroma muito bom, aí vcs podem me dizer:" se achou seu aroma e cheiro bom, compre o carmelita", mas se esse oléo citado tem só 15% de azeite e tem um ótimo aroma, o cocinero que é 100% extra virgem, deveria cheirar até lá na outra esquina da rua, certo? posso tambem estar errado por nao ter experiencia no assunto por isso estou pedindo orientaçao, quero comprar azeites realmente verdadeiros e de qualidade, e recebi informaçoes de que esse azeite cocinero tem muita qualidade, mas acho que nao estou sabendo comprar ou tem algo errado no produto, desculpe a longa mensagem e agradeço desde já qualquer informaçao.

Seu voto: Nenhum
imagem de Marcio Marchezini
Marcio Marchezini

Azeite Quita da Colina

Se eu fosse seguir os resultados dos seus testes, eu ficaria na dúvida quanto à compra do Azeite Quinta da Colina. Já experimentei vários sabores de azeites e posso lhes dizer que, quanto ao sabor, ele tem melhor do que alguns famosos como Galo e Borges. A mim me interressa o sabor, sem ficar me abstendo a certas frescuras de analisadores. Eu recomendo este produto.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de JOSE JORGE DE SOUZA
JOSE JORGE DE SOUZA

azeite extra virgem GALLO

que decepção, há mais de 20 anos uso o Azeite EXTRA virgem  Gallo, e agora constato que fui enganado, roubado, e pondo minha sáude em risco já que sofri um infarto em fevereiro 2011, meus protestos de repúdio tanto ao fabricante como também a fiscalização que permite tal fraude, obrigado pela matéria acima e vou propagar contra esta marca que de EXTRA não tem nada

Seu voto: Nenhum (5 votos)

azeites...que saudades desse aroma e sabor.....

Boa Tarde!

 

tenho a mesma opinião..

hoje sinto que somos "trouxas" por comprar (e pagar caro) por um produto que "vende" ser verdadeiro e quando  constatamos que  se o azeite tem uma boa marca, mas o produto não condiz com a realidade.

Vou disposta a comprar azeite, com gosto de azeitona, feito de azeitona prenssadas a frio com gosto delicioso que vem da azeitona, e na realidade me deparo com um produto que contem misturas de "óleos e até corantes", não sabemos mais o que comemos....

Por isso que os "chefes" nos massacram com o ensinamento que devemos cozinhar com azeite......realmente podemos cozinhar com azeite (levar o produto a altas temperaturas) pois se fossem azeite não seria possivel esta proeza.....

final dos tempos......

abraços

 

Seu voto: Nenhum

azeites...que saudades desse aroma e sabor.....

Boa Tarde!

 

tenho a mesma opinião..

hoje sinto que somos "trouxas" por comprar (e pagar caro) por um produto que "vende" ser verdadeiro e quando  constatamos que  se o azeite tem uma boa marca, mas o produto não condiz com a realidade.

Vou disposta a comprar azeite, com gosto de azeitona, feito de azeitona prenssadas a frio com gosto delicioso que vem da azeitona, e na realidade me deparo com um produto que contem misturas de "óleos e até corantes", não sabemos mais o que comemos....

Por isso que os "chefes" nos massacram com o ensinamento que devemos cozinhar com azeite......realmente podemos cozinhar com azeite (levar o produto a altas temperaturas) pois se fossem azeite não seria possivel esta proeza.....

final dos tempos......

abraços

 

Seu voto: Nenhum

azeites...que saudades!!!!

Boa Tarde!

 

tenho a mesma opinião..

hoje sinto que somos "trouxas" por comprar (e pagar caro) por um produto que "vende" ser verdadeiro e quando  constatamos que  se o azeite tem uma boa marca, mas o produto não condiz com a realidade.

Vou disposta a comprar azeite, com gosto de azeitona, feito de azeitona prenssadas a frio com gosto delicioso que vem da azeitona, e na realidade me deparo com um produto que contem misturas de "óleos e até corantes", não sabemos mais o que comemos....

Por isso que os "chefes" nos massacram com o ensinamento que devemos cozinhar com azeite......realmente podemos cozinhar com azeite (levar o produto a altas temperaturas) pois se fossem azeite não seria possivel esta proeza.....

final dos tempos......

abraços

Seu voto: Nenhum
imagem de Gunther
Gunther

Cansei das surpresas dos azeites

Eu sempre achei que azeite deveria ter sabor de azeitonas. Quando eu era moleque era Carbonell ou Gallo e sempre lembrava azeitonas. Um dia acabou-se, pode ser Andorinha, Gallo, Carbonell, Figueira da Foz, Torre de Belém... tanto faz: pode ter ou não ter o tal sabor de azeitonas. O extra virgem, quando é considerado bom, pelo menos para mim tem gosto de maça verde. Uma vez experimentei o Portucale num restaurante do Rio e comprei umas vinte latas, fui feliz por  mais de um ano. Comprei o mesmo Portucale num EXTRA e parecia óleo mineral: gosto de NADA! Hoje, compro no mercado e experimento com disposição para voltar e comprar vinte do mesmo lote se gostar, mas a última vez que achei um azeite que eu achasse bom foi há mais de três anos. Assim não dá para brincar, muito cansativo e emocionalmente desgastante. Devo ser ordinário querendo azeite com gosto de azeitona se o mundo refinado e chique gosta de extra virgem com sabor de maçã verde. Eu só queria uma desgraça de azeite de lata, comum como os que meus pais compravam nos anos setente e oitenta. Compro uma lata, chego em casa, furo, experimento e juro que nunca mais gasto um centavo com azeite... mas eu não aprendo! Quando vou ao Rascal experimentos os azeites das garrafas bonitinhas e acho todos inócuos. Em casa agora tenho OLIVE, Gallo, Serrata, Deleyda e Murano; o Deleyda é um extra virgem bom e o Murano é razoável, mas não são como eu queria, o resto é tudo porcaria, parece nujol ou canola, não tem gosto de nada.

Seu voto: Nenhum

azeite...que saudade!!!!

Boa Tarde!

 

tenho a mesma opinião..

hoje sinto que somos "trouxas" por comprar (e pagar caro) por um produto que "vende" ser verdadeiro e quando  constatamos que  se o azeite tem uma boa marca, mas o produto não condiz com a realidade.

Vou disposta a comprar azeite, com gosto de azeitona, feito de azeitona prenssadas a frio com gosto delicioso que vem da azeitona, e na realidade me deparo com um produto que contem misturas de "óleos e até corantes", não sabemos mais o que comemos....

Por isso que os "chefes" nos massacram com o ensinamento que devemos cozinhar com azeite......realmente podemos cozinhar com azeite (levar o produto a altas temperaturas) pois se fossem azeite não seria possivel esta proeza.....

final dos tempos......

 

abraços

Seu voto: Nenhum
imagem de teilor pinto valles
teilor pinto valles

azeite

um produto que é caro e muitas vezes não é o que realmente se espera, é de se notar que é preciso estar atento

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Pietro Minucci
Pietro Minucci

Azeitonas

A minha grande dúvida, diante do crescimento do consumo de azeite de oliva, é se realmente há tantas azeitonas no mundo para dar suporte honesto a esta demanda.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Estela
Estela

PROTESTE, poderiam testar

PROTESTE, poderiam testar outros? Eu já usei o extra virgem da Börgel, não suspeitei de nada, mas li coisas não muito boas sobre ele. To usando o extra virgem da Primifutti que diz que é a primeira extração e acidez 0,3%, mas com tantas fraudes vai saber se é verdade. Outros tb que vcs poderiam testar é o De Cecco, Olitalia, Taeq.

Pior notícia de todas é esse Borges, que decepção! E eu passei uns 3 anos comprando religiosamente esse azeite! Pra nunca mais viu!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de João Bacellar
João Bacellar

avaliação do azeite Quinta da Serra Verde

Bom dia!

Recentemente comprei em promoção o azeite extra virgem da marca Quinta da Serra Verde. Estranhei bastante o aroma e o sabor. Não se parece em nada com outras marcas, então suspendi imediatamente o consumo. Alguém conhece esta marca?

Seu voto: Nenhum
imagem de Luiz Madeira Martin
Luiz Madeira Martin

Considerações a respeito do comentário de João Bacellar

Sobre os comentários do Sr. João Bacellar a respeito do Azeite Quinta da Serra Verde, tenho a mesma opinião.

Recentemente recebi de presente uma garrafa do citado azeite, e ao usá-lo pela primeira vez, achei o sabor horrível.

O amigo que me presenteou, achou que estava me dando um azeite de primeira qualidade.

Ao verificar o selo da garrafa notei que ele era importado, mas engarrafado pelo Supermercado Mundial, o que já achei negativo, pois foi manipulado aqui, embora produzido em Portugal e não se sabe se foi misturado com outros óleos ou não.

O casco é  escuro, o que é recomendável para se manter um azeite sem perder a qualidade, e a acidez de .0,2 não acredito, pelo sabor desagradável, que chegou a irritar minha garganta. 

Como, de todo azeite produzido no mundo, 40% é fraudado, como não seria aqui neste país sem lei?

Seu voto: Nenhum
imagem de damazio mendes ferreira
damazio mendes ferreira

azeite

compro sitematicamente esse azeite (quintq da serra verde)...o sabor é bem forte...é claro...é que o azeite é muito bom...pode compra sem medo...comprei, tomo faz tempos e estou vivo...ele é ótimo...e barato...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Vanderlei46
Vanderlei46

Azeite Figueira da Foz

O azeite Figueira da Foz tem gosto de óleo de carro, deixa um gosto muito estranho nas saladas o meu vou para de usar e ver se consigo mandar para analise!

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Joana Queiros
Joana Queiros

Sobre azeites

Está de parabéns a Proteste. A unica iniciativa para conter os lobistas descarados que por meio de mentiras e fraudes enganam o comsumidor leigo. Quem reclama certamente é porque deve ter algum "rabo preso"". Continuem assim turma da Proteste porque é através de vocês é que o povão consumidor pode se defender desses famigerados exploradores da boa fé alheia

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de okapi
okapi

Conhecer um pouco mais

Nem sei como ainda tem gente que acredita em revistas e análises PROTESTE. Acreditar em revista que dá brindes para conseguir assinantes é de duvidar, já agora brindes da mais baixa qualidade, pelo menos em PT. Quem quiser ter um conhecimento mais vasto fica aqui um link para terem uma ideia mais alargada.

http://www.casadoazeite.pt/AZEITE

Já agora para quem não sabe existem grandes produtores em Portugal e  Espanha que não embalam e vendem toda a produção a granel para embaladores em Itália que os rotulão com nomes pomposos italianos. Só que estes produtores vão tendo a proteção da CEE e os embaladores são obrigados a pôr a proveniencia no rotulo " Proveniente de produção europeia" quando exportam para outros continentes já não é obrigatório e pôem " produto de Itália ".

Seu voto: Nenhum
imagem de Joana Queiros
Joana Queiros

Proteste

Está de parabéns a Proteste. A unica iniciativa para conter os lobistas descarados que por meio de mentiras e fraudes enganam o comsumidor leigo. Quem reclama certamente é porque deve ter algum "rabo preso"". Continuem assim turma da Proteste porque é através de vocês é que o povão consumidor pode se defender desses famigerados exploradores da boa fé alheia

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Paulo Sanmartin
Paulo Sanmartin

Teste dos azeites -

Certamente por desconhecimento, o articulista omitiu uma informação importante: o azeite OLIVAS DO SUL, MELHOR COLOCADO NOS TESTES é o único produzido no Brasil! Exatamente, o Olivas do Sul tem sua plantação (cerca de 7.000 oliveiras jovens, a metade delas já produzindo) no município de CACHOEIRA DO SUL, no Rio Grande do Sul, paralelo 30°. A Olivas do Sul é pioneira na produção em escala comercial no Brasil e faz um trabalho admirável, com muito cuidado, técnica e pesquisa. Apesar de vender seu produto bem mais caro, tem ficado esgotado no mercado pouco tempo após a safra. A procura tem sido grande, mas a produção tem aumentado a cada ano. Novas oliveiras estão sendo plantadas e os resultados de  produtividade e precocidade tem sido muito bons. Na Europa as oliveiras produzem a partir dos seis anos, aqui em Cachoeira do Sul a partir de 3 1/2 anos .A OLIVAS DO SUL sem dúvida tem feito um ótimo trabalho e vai fazer história. Meu celular: 51 95 64 40 15

Seu voto: Nenhum
imagem de edna loss
edna loss

Procurei informações sobre o

Procurei informações sobre o azeste de oliva da marca torezani e não vi E que o sabor nem parece Por favor respondam .ele é horrível

Seu voto: Nenhum
imagem de Eduardo G
Eduardo G

Preço

Vocês não tem custos e taxas de importação, tem mão de obra mais barata (comparado a europeus), menor custo de transporte, retorno mais rápido do investimento (precocidade) e ainda assim precisam vender o produto bem mais caro. O que estaria faltando para baixar esse preço? Escala?

Seu voto: Nenhum
imagem de Rui A.  Costa
Rui A. Costa

Azeite Andorinha

Observei que de algum tempo pra cá, o azeite Andorinha  é encontrado com 2 rótulos, um branco e outro dourado. Ocorre, que o dourado consta o local de envase, já no rótulo branco não. Por que não consta?    

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de ROGÉRIO COSTA
ROGÉRIO COSTA

Azeite de oliva

parabéns pelo teste. Por favor precisamos que voces continuem e não baixem a guarda para nimguem. Hoje vamos comprar e para nossa decepção não são mais extra virgem e sim tipo extra virgem. Só que os mesmo anteriormente se diziam extra virgem.  não sou um especialista mas, conseguimos sentir que o sabor não é bom. Tem um azeite com nome midas. Precisam verificar tambem. è grego e para meu paladar não é bom. Fraude acredito.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Melina Ferrazzo Bandeira
Melina Ferrazzo Bandeira

Matéria publicada no dia 25/12/2013

Boa tarde.

Sou assessora de imprensa da Allfood e informo que houve um erro na matéria publicada no dia 25/12/2013, sobre Azeites.

O azeite Tradição, do fabricante Azal (origem portuguesa) tem todos os certificados de pureza do produto (posso enviar o PDF que comprova isso).

O azeite Tradição, que fala na matéria,é de outro fabricante.

Favor adicionar esta informação no post, dizendo que o azeite Tradição não é do fabricante Azal. e sim de outro.

Att.

Melina.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Igor2312
Igor2312

O PROTESTE como sempre de

O PROTESTE como sempre de parabéns pelo excelente trabalho!

Agora os azeites, realmente estão uma vergonha (marcas que já foram boas, agora são ruins).

Azeite bom se comia até com pão e vc sentia o SABOR e o AROMA de azeitonas.

Agora não adianta escolher muito porque todos têm o mesmo sabor de ranço intragável ou insípido e o aroma desagradável de coisas velhas.

Deve ser tudo o mesmo cartel, onde só muda mesmo a embalagem e o preço, o conteúdo é o mesmo (tiram do mesmo tonel).

Façamos como os Argentinos, que NÃO usam azeite para nada, mas sim óleo de soja para temperar as saladas, e só!

Êita povo feliz porque está livre dessa pseudocrença inútil.

 

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de lucas Camapnholi
lucas Camapnholi

Oleo de soja é gordura trans

Oleo de soja é gordura trans pura, pelo contrario deve-se evita-lo.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Omar José
Omar José

Óleo de soja é gordura trans

Quem orientou vc sobre isso? Desde quando óleo de soja é gordura trans? Gordura trans é a tal da Gordura Vegetal Hidrogenada, um tipo de gordura proveniente de um processo industrial que transforma um óleo em uma forma barata e extremamente prejudicial à saúde, de gordura. Muito utilizada pela indústria de alimentos, pois além de baratear muito o produto, o torna mais atraente ao consumidor, tornado-o mais macio, crocante, sequinho é saboroso. Gordura trans é uma bomba para a suasse de sua artérias e de outros tantos órgãos. 

Oleo de soja é o óleo extraído da soja, em tese um óleo muito bom para a saude. Não esteou entrando no mérito da soja transgênica.

Procure se informar antes postar comentários. 

Seu voto: Nenhum
imagem de Camila Ribeiro
Camila Ribeiro

comentarios

Imprimi esta pagina para na hora de comprar azeite saber quem é quem em termos de qualidade e respeito ao consumidor, pois consumo este alimento diariamente e tinha duvidas porque os azeites são envasados no Brasil e ai é que o bicho pega em termos de adulteração de produto.

Valeu Proteste por me auxiliar no esclarecimento.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de maria Fátima mota
maria Fátima mota

azeite fraude

Pois eu já faço isso a anos pesquiso em artigos e publicações. Se algum produto usa de fraude uma vez é porque usa sempre. Essa empresa embora seja de alimentos se preocupa mais com o lucro do que com a qualidade do que vende. Esse tipo de empresa eu não confio nunca mais. E saiba que as pequenas empresas se portam de forma a levar o melhor para seus clientes. Vou retirar essas empresas das minhas compras. E ainda retiro todas as marcas filiadas a ela pois possuem a mesma política.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Fabio Marcelo Michelini
Fabio Marcelo Michelini

BORGES NUNCA MAIS !!!

Tomei conhecimento dessa matéria hoje (24/09/2014) e a sensação de ser ENGANADO é de indignação. Em minha casa, consumimos o azeite diariamente e sempre confiei na marca que anos atrás sempre se destacava como um dos melhores produtos em sua categoria, mas se deparar com essa informação é realmente uma VERGONHA !

Coincidentemente, faz cerca de 4...5 meses que não adquiria, pois havia comentado com meus familiares justamente sobre uma desconfiança na qualidade do mesmo. Ele não fica pastoso após 48h na geladeira !! Façam o teste ! Das marcas populares, geralmente tb compro o Andorinha e do próprio Carrefour que sempre teve boa reputação em testes realizados, mas não distinguia a procedência do país. Vou prestar atenção agora. 

Estou pensando seriamente em juntar todos os comprovantes de compra do azeite Borges que realizei após a divulgação desse teste (no site da NF paulista é fácil levantar os comprovantes), fazer um boletim de ocorrência e acionar esse fabricante na justiça.

Creio que assim podemos contribuir para mudar alguma coisa.

Obrigado a Proteste e punição aos fabricantes inescrupulosos !  

Seu voto: Nenhum
imagem de Otavio Henrique Almeida Tessaro
Otavio Henrique Almeida Tessaro

oleos Premiun

Acesse o site www.bottegabrasil.com.br e adquira oleos italianos premiados internacionalmente e com garantia de procedencia. Deixe de ser enganado. Estamos a disposição para tirar suas duvidas!!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Jim Morrison
Jim Morrison

Esporão é o the best!!!

Data venia, o azeite de oliva que, de fato, faz bem a saúde, deve atender aos seguintes requisitos:

1- Extra-virgem2- Prensado a frio3- Em vidro4- Vidro escuro5- Produzido e embalado no seu respectivo país de origem.6- Baixa acidez  Portanto, o Olivas do Sul e tantos outros não são tão bons quanto parecem. Se não for em vidro escuro podem esquecer= já oxidou!!!

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Josenildo Martins de  Carvalho
Josenildo Martins de Carvalho

Azeite Andorinha

Ola pessoal comprei uma lata de azeite Andorinha no supermercado Semar Uatuba S P , notei um sabor muito e ruim eacabou provocando mal estar. Suspeito de fraude grave, pois o azeite esta na promoção,péço ajuda.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Edson SC
Edson SC

Dica para comprar Óleos de Olivia Premium

Caros, Os óleos de oliva extra virgens  vendido na Brasil estão longe de terem as característica e os benefícios do verdadeiros óleos da oliva. Eu indico verificarem a Oleoteca do site Bottega Brasil. Comprei um óleo Premium deles, e agora não consigo mais tomar os disponíveis nos mercados. Agora conehcço um verdadeiro óleos de longe. Recomendo! 

Percebi que a cultura dos grandes óleos  é similar a cultura dos grandes vinhos. Inclusive há os grand crus. 

Seu voto: Nenhum
imagem de Eloisa Helena
Eloisa Helena

Azeite Tradição

Mais de um ano do artigo e o azeite Tradição comprovadamente piorou muito.  Tem sabor horrivel a ponto de estragar o prato. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Bruna Fiorim
Bruna Fiorim

Azeite Cardeal

Pena que não informaram a acidez dos azeites. Por exemplo o Cardeal tem de acidez 0,2 a 0,5. Será que faz alguma diferença? (Uso o de acidez 0,5).

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Wilson Esprag
Wilson Esprag

Azeite Falsificado

E quando a proteste pretende fazer um novo teste?

Isso deveria ser feito mensalmente já que os indícios de fraude são grandes!

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de deya dias
deya dias

Faisão Real

Uso a Marca Faisão Real, diz ser produto português, mas o sabor eh mt sutil ao de um azeite. Agora fikei com dúvidas qto ao produto... =/

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Ludimila
Ludimila

Azeite

Nossa fiquei decepcionada com o resultado do azeite GALLO pois só comprava ele. Nas compras desse mês comprei o ANDORINHA gostei muito,quis comprar cocinero mas fiquei com receio quanto a embalagem e opitei por comprar o adorinha. Pórem vejo que ele foi bem na avaliação. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Lipe
Lipe

ISSO É BOM QUE ACONTEÇA,

ISSO É BOM QUE ACONTEÇA, ASSIM OS BRASILEIROS ACORDAM E COMEÇAM A DAR VALOR PARA OS PRODUTOS AQUI FABRICADOS, POIS SOUBE QUE UM DOS MELHORES AZEITES DE OLIVA ESTA SENDO PRODUZIDO NO SUL DO PAÍS, MAS O POVO PREFERE A BANDEIRINHA INTERNACIONAL NO ROTULO, AI TOMA COMO AZEITE, GRAXA E SABE-SE O QUE MAIS ....KKKKKK É TRISTE MAS É A REALIDADE SOMOS AUTO SUFICIENTES EM DIVERSAS AREAS PRODUTIVAS E COM MUITA QUALIDADE, MAS EXPORTAMOS O BOM POR PREÇOS RIDICULOS, E PAGAMOS CARO NA IMPORTAÇÃO POR PRODUTOS FRAUDULENTOS MUITO INFERIORES!

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Cláudio Ferreira
Cláudio Ferreira

Equívoco

A matéria acima traz o seguinte comentário:

"Isso demonstra que os fabricantes ainda não recebem a fiscalização necessária."

A questão não é a fiscalização somente, mas a punição!

Quando encontrarem um produto fora da conformidade, fecha a fábrica por 30dias, se for reiincidente, 60dias, depois 90dias e assim por diante.

O fabricante só vai parar de fraudar quando ele for impedido de ser fraudador!

Fecha a fábrica e dá de cara um prejuizo de 30dias sem poder trabalhar que ele aprende já que na próxima ele leva 60dias.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.