Revista GGN

Assine

Fora de Pauta

Nesta seção entrarão comentários pessoais levantando questões para discussão que ainda não foram abordadas pelo GGN.

A diferença do Clipping é que, aqui, contemplam-se as observações pessoais dos leitores, ainda que possam vir acompanhadas dos textos de terceiros que inspiraram a nota.

Clique no botão "adição rápida" para incluir seu post.

A direita francesa abriu as portas para os alemães, por André Araújo

direita_francesa_abriu_caminho_para_os_alemaes.jpg
 
Por André Araújo
 
Charles Maurras (1868-1952)  foi um célebre ativista da direita francesa anterior à Segunda Guerra. É extraordinária a semelhança ideológica daquele momento de inflexão da História da França, quando fanáticos da anti-política abriram o caminho para a derrota francesa, sua ocupação pela Alemanha por  quatro anos e o posterior renascimento francês pelas mãos de De Gaulle.
 
O líder ideológico dessa direita raivosa era Charles Maurras, um pensador com grande número de seguidores, que achava a Revolução Francesa um erro histórico que desviou de seu caminho a “França dos 40 reis” em sua grandeza milenar. Maurras criou um movimento, a AÇÃO FRANCESA,  anti-democracia e anti-progressista, ideologicamente confusa mas com todos os cacoetes da direita enraivecida, movimento catalisador de um larga faixa da da classe média tradicionalista e de parte da alta burguesia, que protagonizou um processo de acirramento de ânimos que precedeu à invasão alemã de 1940.

Leia mais »

Média: 5 (15 votos)

O 6º CONGRESSO DO PT: EM BUSCA DA OUSADIA PERDIDA.

Leia mais »

Sem votos

Destilando o amor

A estranha criatura humanoide que aparece no vídeo consegue nos cativar com um olhar encantador que atesta o domínio de técnicas de sedução tão absurdamente simples quanto precisas, parecendo alcançar raízes do amor enraizadas profundamente em nosso âmago. Acrescida apenas de uma fala docemente hipnótica e contextualizada por clichês românticos, a imagem quase consegue nos apaixonar; suspeito que os novinhos corram esse risco, literalmente.

Leia mais »

Sem votos

O "isentão" e a neutralidade ideológica

Publicado no Observatório da Imprensa Leia mais »

Sem votos

Brasil despenca no ranking da desigualdade

Brasil despenca 19 posições em ranking de desigualdade social da ONU Leia mais »

Sem votos

Mar de lixo, por Gustavo Gollo

Mar de lixo, por Gustavo Gollo

Tempos atrás, a indústria de refrigerantes chegou à saturação nos países ricos. Todas as pessoas já bebiam muito refrigerante e era impossível fazê-las beber mais, ou encontrar mais gente que ainda não bebesse, levando o setor a uma crise: impossível continuar crescendo. Ante o impasse, os fabricantes decidiram inventar alguma saída. Pensaram, pensaram, até que um pilantra teve uma ideia: vender água! Ideia surpreendente, mas, perguntaram, que tipo de imbecil iria comprar água? O pilantra respondeu: deixa na minha, nasce um otário a cada dia! Então, ele pegou uma grana para fazer uma campanha publicitária, pagou para dizer que sua água era deliciosa e a que bebiam imunda, e os trouxas acreditaram.

Leia mais »

Média: 5 (9 votos)

Morte e sarcasmo no Sudeste Asiático, por Gustavo Gollo

Por Gustavo Gollo

O secretário de estado americano encontra-se no Leste da Ásia, para onde foi com o intuito de expressar mais enfaticamente as ameaças à Coreia do Norte e afirmar que uma ação militar contra o país é uma opção sobre a mesa.

Há pouco mais de um mês, a Coreia do Norte testou um míssil lançando-o em direção ao Japão. Coincidência, ou não, no dia seguinte, um irmão do ditador norte-coreano foi assassinado na Malásia. Desde então, a Coreia do Norte vem esperneando ainda mais, tendo lançado outros 4 mísseis na mesma direção. Os norte-coreanos escolheram má hora – ou talvez tenham sido levados a isso –, para fazer bravatas, justo quando os americanos desistiam provisoriamente de provocar os chineses e precisavam de uma justificativa para a permanência de seu porta-aviões em torno ao Mar da China.

Leia mais »

Média: 4.2 (10 votos)

O Brasil fora do mundo, por André Araújo

Itamaraty
 
Por André Araújo
 
Após quarenta anos de esforços iniciados no Governo Militar para projetar a presença do Brasil no Oriente Médio, África, Caribe e América do Sul, a cruzada moralista liquidou com essa presença agora e para a frente, o dano ao País é imensamente maior que os ganhos da “transparência”, mas como se explica a cegueira dos poderes no Estado brasileiro para não ver tal desastre  geopolítico?
 
Pode-se imaginar a China abandonar sua fortíssima presença na África porque alguém  em Beijing descobriu que na África não se vende uma caçamba sem pagar comissão?
 
A China liquidaria sua presença na África por causa desse fato? Jamais, a China por todo o mundo dança a música do lugar, ampliou sua presença pelos cinco continentes jogando o jogo de cada lugar. Ou será que a China é uma economia de altos princípios éticos?

Leia mais »

Média: 4.4 (23 votos)

Magnesita x RHI

Essa nota é bastante interessante:

 

http://timesofindia.indiatimes.com/business/international-business/austr...

 

(Fusão Magnesita - brasileira com RHI  - Áustria).

Sem votos

Brigadeiro do Ar é novo presidente da CNEN

Minha mulher me contou que Renato Machado Cotta, que presidia a CNEN desde 2015, foi exonerado e substiuído por um major-brigadeiro-do-ar. O que isso significa? O programa do submarino nuclear brasileiro estava sendo tocado pela Marinha. Como vai ficar agora com um oficial da Aeronáutica? Quem é Paulo Roberto Pertusi? O CNEN está sendo militarizado?

http://www.diretodaciencia.com/2017/03/17/boletim-de-noticias-17mar-quem... (procurar o meio da página)

  Leia mais »

Sem votos

Fatos alternativos, pós verdades e mentiras descaradas, por Gustavo Gollo

picture-3-765221.png

Por Gustavo Gollo

Há já umas décadas, temos ouvido a seguinte história, muito mal contada: quando a população estava crescendo, existiam muitos jovens e poucos velhos, então podia-se aposentar os poucos velhos que seriam sustentados pelos muitos jovens. Com a estabilização da população, contam, muitos têm se aposentado, e os que trabalham não conseguem sustentar todos eles, o que gera um deficit previdenciário insustentável. Tanto repetem esse disparate que muitos acabam acreditando no bordão. Essa história desconsidera o fator mais importante de nossos tempos: a automação.

Uma outra história

Contarei história diversa. 2 lavradores manejando, eles mesmos, um arado, conseguiam lavrar certa área na qual produziam certa quantidade de alimentos. Com o auxílio de um animal de tração, os lavradores conseguiam arar mais terras e produzir mais alimentos. O advento do trator permitiu que uma quantidade muito maior de terra fosse cuidada por 2 homens que conseguem, fazendo uso desse instrumento, produzir quantidade muito maior de alimentos que o fariam sem ele. Então, os lavradores de hoje produzem, cada um deles, muito mais alimentos do que os de épocas anteriores. Por essa razão, poucas pessoas trabalham na terra atualmente, produzindo uma enorme quantidade de comida.

Leia mais »

Média: 3.5 (11 votos)

Teles: Patrimônio já e nosso

As teles rebatem os "mitos" da nova lei de telecomunicações, contrariando matérias publicadas em vários blogs e também aqui no GGN   ( https://jornalggn.com.br/noticia/as-graves-ilegalidades-da-pl-das-empres... )

Tudo, inclusive bens reversíveis, seriam delas.

 

http://www.telebrasil.org.br/sala-de-imprensa/releases/8206-febratel-esc...

logo febratel

 

 

 

 

Febratel esclarece mitos e verdades sobre a nova lei de telecomunicações

  Leia mais »

Sem votos

Sobre a união das esquerdas

No cenário eleitoral de 2018, há dois setores relevantes do campo progressista: os grupos que orbitam ao redor de Lula e aqueles antipáticos à sua proeminência. Ambos os flancos são inconciliáveis, pois têm como diferencial privilegiado a figura do ex-presidente e as posturas antagônicas que ele provoca. Leia mais »

Sem votos

Só o Estado pode dar fim à recessão, por André Araújo

reais_3.jpeg
 
Por André Araújo
 
SÓ O ESTADO PODE DAR FIM À RECESSÃO
 
A partir da central de divulgação de projeções, conhecida como BOLETIM FOCUS, a mídia econômica toma o prognóstico dos departamentos de economia como sinal de sucesso da atual política econômica, ao considerar a projeção sobre uma melhora dos índices uma prova de que a economia saiu da recessão.
 
A partir desse cenário de faz de conta, a mídia econômica alardeia que a recessão acabou, em coro com o Ministro da Fazenda, sem que haja qualquer indicação de que a realidade reflita o desejo nesse teatro de luz e sombra.

Leia mais »

Média: 5 (9 votos)

Como o tucano se tornou o rei da floresta?

De tempos em tempos, os animais da floresta escolhem um bicho para governá-los, intervir nos conflitos entre as espécies e promover a integração da fauna local. No momento, o que reina entre os animais é um sagui. Antes dele, foi um marreco. Leia mais »

Média: 4.6 (11 votos)

Bons ventos no Mar da China, por Gustavo Gollo

mar_da_china.jpg

Por Gustavo Gollo

O ministro do exterior da China anunciou ter conseguido o esboço de um código de conduta para gerenciar disputas no Mar da China, resolvendo assim os pontos centrais das questões locais. Como resultado, a situação local se acalmou visivelmente, apesar da intromissão americana tentando perturbar a paz na região. A diplomacia chinesa tem dado mostras de grande sensibilidade e destreza, em contraste com o estilo americano usual de solução de conflitos através do porrete.

Os EUA vinham, há algum tempo, espicaçando a China e empurrando seus vizinhos contra ela, insuflando desavenças milenares relativas a fronteiras marinhas. O estabelecimento desse código de conduta tornará tais provocações inócuas. Deve ter contribuído para o acordo o fato de as partes envolvidas, Filipinas, Vietnã e Japão, já conhecerem bem o monstro, tendo todas elas sido vítimas dos recorrentes genocídios americanos.

Leia mais »

Média: 3.8 (18 votos)

BR 163 no centro da meta ou a economia política da circunstância, por André Araujo

A maior contribuição de Lord Keynes para o pensamento econômico foi expor a noção de que a regência da economia não se pode dar por receitas prontas e sim por ferramentas adaptadas às circunstancias. Acusado de inconsistente  é famosa a frase  de Keynes “When the events change, I change my mind, what do you do sir?

“”Quando os fatos mudam eu mudo meu pensar, o que o senhor faria ?”” disse ao interlocutor que o acusava de inconsistente. Keynes era um economista ortodoxo quando trabalhava no Tesouro inglês e já na assessoria da delegação britânica à Conferencia de Versalhes em 1919 mostrava seu gênio ao derivar para analises de circunstancias fora dos modelos-padrão dos economistas burocraticos. De sua observação na Conferencia escreveu seu primeiro clássico “

“As Consequencias Economicas da Paz” onde via muito mais longe que seus colegas convencionais que se limitavam ao papel simplista de punir a Alemanha e ponto.

Leia mais »

Média: 4.6 (11 votos)

Plano de Temer ameaça empresas brasileiras.

Abaixo, link para interessante artigo do Portal Infomoney sobre decreto do governo Temer ampliando as possibilidades do bancos públicos oferecerem garantias a empréstimos tomados no exterior por  empresas estrangeiras interessadas em operar no Brasil. O decreto - que passou supostamente despercebido pela imprensa - abrange inclusive os setores de serviços, gerando um perigoso descasamento de moedas, uma vez que esses setores não exportam e portanto não geram receita em moeda estangeira, mas terão seus empréstimos denominados em moeda estrangeira. O site não permite a cópia de conteúdo. Veja mais em: http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6222314/plano-temer-para-recuperar-economia-ameaca-empresas-brasileiras Leia mais »

Sem votos

As Vinhas da Ira e a passividade dos servidores públicos

O MOMENTO EM QUE OS SERVIDORES PUBLICOS PERDERAM SUA ALMA....

Não estamos longe de reviver a barbárie causada pelos efeitos de uma depressão econômica.

A aprovação da EC 95/2016 lei do teto que engessa os gastos da previdência e da educação, a chamada reforma da previdência, que em termos reais acaba com a previdência e a assistência social, juntamente com a Reforma trabalhista, a Terceirização e a entrega do patrimônio estatal com a consequente destruição da indústria nacional e seus empregos, prenunciam a vinda de tempos sombrios.

Mas não é só isso.

A falta de humanidade, de empatia, de solidariedade, talvez seja o pior lado desta maldade explícita, as pessoas só pensam em si mesmas, se elas serão atingidas.

Um retrato impressionante é o dos servidores públicos federais, notadamente os das carreiras de ponta, Judiciário, Ministério Público, Receita Federal, Fiscais, Previdência, eles estão vendo se avolumar a miséria, a precarização do trabalho, a destruição do sistema de previdência e assistência social e, em sua posição, ainda não desesperadora (mas, na realidade nada cômoda), parecem não se importar com isso. Leia mais »

Sem votos

Mano Brown apresenta seu cd Boogie Naipe em shows inéditos

Rapper lança seu primeiro cd ao lado de convidados especiais no Citibank Hall em São Paulo e no Circo Voador no Rio de Janeiro

O primeiro álbum de Mano Brown foi lançado em dezembro passado e agora o artista mostra ao vivo suas músicas para o grande público. Ao lado do cantor Lino Krizz, Mano Brown sobe ao palco com uma banda formada por 7 músicos, 2 backing vocals, além do experiente DJ Dri.

Em maio começam os primeiros shows: sexta 12/5 em São Paulo e sábado dia 20/5 no Rio de Janeiro. O repertório do show conta com as composições de seu álbum de estreia, onde algumas faixas já são bem conhecidas dos fãs como Mulher Elétrica, Dance Dance Dance e Amor Distante. O cd teve produção musical e direção artística de Mano Brown e Lino Krizz. 

O trabalho lançado no fim de 2016 foi bastante elogiado e considerado um dos melhores CDs do ano, sendo listado em grandes publicações especializadas como Billboard Brasil e Rolling Stone Brasil. Além disso, a faixa Gangsta Boogie entrou na lista das 10 melhores músicas pelos críticos da revista Rolling Stone. Leia mais »

Vídeos

Amor Distante feat Lino Krizz
Sem votos

Corra Temer, Corra.

Corra Temer, Corra.

Almir Forte

 

Tudo aquilo que não tem um bom inicio dificilmente terá um bom final, um governo fruto de um golpe contra a democracia certamente leva a outro e assim sucessivamente, a partir do momento em que o prometido aos seus cúmplices não é entregue completamente. E o governante de plantão, que chegou ao poder por meios não muito ortodoxos, jamais passará de um fantoche.

E assim, a vida muitas vezes imita a arte, os fantoches não tem personalidade própria, assim são comandados por bons ventríloquos, que sem muita capacidade de produzir um bom roteiro, um script minimamente razoável, se vê obrigado a plagiar algum filme que tenha feito sucesso. E assim, o fantoche Temer tenta repetir aquele famoso filme alemão, de 1998, “Corra Lola, Corra”, título em português. Leia mais »

Sem votos

Corra Temer, Corra.

Corra Temer, Corra.

Almir Forte

 

Tudo aquilo que não tem um bom inicio dificilmente terá um bom final, um governo fruto de um golpe contra a democracia certamente leva a outro e assim sucessivamente, a partir do momento em que o prometido aos seus cúmplices não é entregue completamente. E o governante de plantão, que chegou ao poder por meios não muito ortodoxos, jamais passará de um fantoche.

E assim, a vida muitas vezes imita a arte, os fantoches não tem personalidade própria, assim são comandados por bons ventríloquos, que sem muita capacidade de produzir um bom roteiro, um script minimamente razoável, se vê obrigado a plagiar algum filme que tenha feito sucesso. E assim, o fantoche Temer tenta repetir aquele famoso filme alemão, de 1998, “Corra Lola, Corra”, título em português. Leia mais »

Sem votos

Desbravando o séc. XXI

O mundo está se transformando em uma velocidade espantosa, tão grande que temos dificuldade em perceber. A maioria de nós, no entanto, se nega a ver tudo isso, tentando se manter no milênio anterior. Os que assim fizerem, estarão vivendo em uma bolha, em uma espécie de reserva indígena.

Mundo 1

Consiste no conjunto das coisas, em tudo aquilo que tem existência material, que é palpável.

 

Mundo 2 Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

BBC avisa Facebook sobre pornografia e é denunciada à polícia

Nunca fui com a cara nem do facebook nem do seu criador, mas esta atitude ultrapassou todos os limites.

 

http://gizmodo.uol.com.br/bbc-facebook-pornografia-infantil-denuncia/

 

BBC alerta Facebook sobre pornografia infantil, e rede social denuncia jornal à políciaPor:   

O Facebook tem sido criticado por não policiar o suficiente grupos secretos na rede social que trocam pornografia infantil. E, para piorar, a empresa está tornando a situação ainda mais delicada. Jornalistas da BBC descobriram pornografia infantil na rede e enviaram imagens do caso para o Facebook na semana passada. A rede social então relatou à polícia britânica que o veículo de imprensa estava distribuindo imagens ilegais. Leia mais »

Sem votos

Às mulheres, em todos seus dias...

...(a todas as mulheres em seu dia 08 de março, em cada dia, em todos os dias)... uma releitura necessária

  Leia mais »

Sem votos

CAETANO DECLARA APOIO A CIRO GOMES

http://blogs.oglobo.globo.com/blog-do-moreno/post/caetano-lanca-ciro-pre...

Sem votos

O círculo da virtude no jogo do poder, por André Araújo

34.jpg

Por André Araujo

A virtude contra o mal, desde tempos imemoriais, serviu de arma no jogo do Poder.  O "bem" tem a carta patente moral para tomar o poder do "mal". Quem é o mal?
 
Todo poder soberano formal ou informal, seja ele um chefe de clã de beduínos no deserto da Arábia, seja um senhor medieval na sua cidade-castelo, conseguiu seu poder praticando atos que, aos olhos dos beatos, podem ser vistos como criminosos.
 
Não existe e nunca existiu o Poder criado pela bondade. No seu berço há uma vilania, uma violência, um roubo, um blefe, um massacre, uma torpeza, uma traição, um punhal no escuro.
 
Não há poder soberano que nasceu puro, nem o do Vaticano - a história do Papado é a história de todos os crimes, vícios e ganâncias que o ser humano pode praticar. Está aí bem registrada as biografias dos Borgias, dos Borghese, dos Doria Pamphili, dos Chigi, dos Colonna, dos Medici, dos Aldobradini, dos Barberini, dos Mattei, dos Borromeo, famílias papais de secular poder e riqueza, algumas têm seus palácios romanos até hoje.

Leia mais »

Média: 4.6 (22 votos)

O momento em que os servidores públicos perderam sua alma

O MOMENTO EM QUE OS SERVIDORES PUBLICOS PERDERAM SUA ALMA

Não estamos longe de reviver a barbárie causada pelos efeitos de uma depressão econômica.

A aprovação da EC 95/2016, Lei do Teto, que engessa os gastos da previdência e da educação, a chamada Reforma da Previdência, que em termos reais acaba com a previdência e a assistência social, juntamente com a Reforma Trabalhista, a Terceirização e a entrega do patrimônio estatal com a consequente destruição da indústria nacional e seus empregos, prenunciam a vinda de tempos sombrios.

Mas não é só isso.

A falta de humanidade, de empatia, de solidariedade, talvez seja o pior lado desta maldade explícita, as pessoas só pensam em si mesmas, se elas serão atingidas.

Um retrato impressionante é o dos servidores públicos federais, notadamente os das carreiras de ponta, Judiciário, Ministério Público, Receita Federal, Fiscais, Previdência, eles estão vendo se avolumar a miséria, a precarização do trabalho, a destruição do sistema de previdência e assistência social e, em sua posição, ainda não desesperadora (mas, na realidade nada cômoda), parecem não se importar com isso. Leia mais »

Sem votos

MAPA DO TESOURO 2 – ONDE ENCONTRAR MAIS JORNALISMO DE QUALIDADE NA INTERNET

Do blog Coleghinhas uni-vos! Leia mais »

Sem votos