Revista GGN

Assine

A influência da Síndrome de Asperger no futebol de Messi

Enviado por Vânia

Do Diário do Centro do Mundo

 
Os sintomas da Síndrome de Asperger trabalharam a seu favor.
 
Messi é autista. Ele foi diagnosticado aos 8 anos de idade, ainda na Argentina, com a Síndrome de Asperger, conhecida como uma forma branda de autismo. Ainda que o diagnóstico do atleta tenha sido pouco divulgado e questionado, como uma maneira de protegê-lo, o fato é que seu comportamento dentro e fora de campo são reveladores.
 
Ter síndrome de Asperger não é nenhum demérito. São pessoas, em geral do sexo masculino, que apresentam dificuldades de socialização, atos motores repetitivos e interesses muito estranhos. Popularmente, a síndrome é conhecida como uma fábrica de gênios. É o caso de Messi.
 
É possível identificar, pela experiência, como o autismo revela-se no seu comportamento em campo — nas jogadas, nos dribles, na movimentação, no chute. “Autistas estão sempre procurando adotar um padrão e repeti-lo exaustivamente”, diz Nilton Vitulli, pai de um portador da síndrome de Asperger e membro atuante da ong Autismo e Realidade e da rede social Cidadão Saúde, que reúne pais e familiares de “aspergianos”.
 
“O Messi sempre faz os mesmos movimentos: quase sempre cai pela direita, dribla da mesma forma e frequentemente faz aquele gol de cavadinha, típico dele”, diz Vitulli, que jogou futebol e quase se profissionalizou. E explica que, graças à memória descomunal que os autistas têm, Messi provavelmente deve conhecer todos os movimentos que podem ocorrer, por exemplo, na hora de finalizar em gol. “É como se ele previsse os movimentos do goleiro. Ele apenas repete um padrão conhecido. Quando ele entra na área, já sabe que vai fazer o gol. E comemora, com aquela sorriso típico de autista, de quem cumpriu sua missão e está  aliviado”.
 
A qualidade do chute, extraordinária em Messi, e a habilidade de manter a bola grudada no pé, mesmo em alta velocidade, são provavelmente, segundo Vitulli, também padrões de repetição, aliados, claro, à grande habilidade do jogador. Ele compara o comportamento de Messi a um célebre surfista havaiano, Clay Marzo, também diagnosticado com a síndrome de Asperger. “É um surfista extraordinário. E é possível perceber características de autista quando ele está numa onda. Assim, como o Messi, ele é perfeito, como se ele soubesse exatamente o comportamento da onda e apenas repetisse um padrão”. Mas autistas, segundo Vitulli, não são criativos, apenas repetem o que sabem fazer. “Cristiano Ronaldo e Neymar criam muito mais. Mas também erram mais”, diz ele.
 
Autistas podem ser capazes de feitos impressionantes — e o filme Rain Man, feito em 1988, ilustra isso. Hoje já se sabe, por exemplo, que os físicos Newton e Einstein tinham alguma forma de autismo, assim como Bill Gates.
 
Também fora de campo, seu comportamento é revelador. Quem já não reparou nas dificuldades de comunicação do jogador, denunciadas em entrevistas coletivas e até em comerciais protagonizados por ele? Ou no seu comportamento arredio em relação a eventos sociais? Para Giselle Zambiazzi, presidente da AMA Brusque, (Associação de Pais, Amigos e Profissionais dos Autistas de Brusque e Região, em Santa Catarina), e mãe de um menino de 10 anos diagnosticado com síndrome de Asperger, foi uma revelação observar certas atitudes de Messi.
 
“A começar pelas entrevistas: é  visível o quanto aquele ambiente o incomoda. Aquele ar “perdido”, louco pra fugir dali. A coçadinha na cabeça, as mãos, o olhar que nunca olha de fato. Um autista tem dificuldade em lidar com esse bombardeio de informações do mundo externo”, diz Giselle. Segundo ela, é possível perceber o alto grau de concentração de Messi: “ele sabe exatamente o que quer e tem a mesma objetividade que vejo em meu filho”.
 
Giselle observou algumas jogadas do argentino e também não teve dúvidas:  “o olhar que ‘não olha’ é o mesmo que vejo em todos. Em uma jogada, ele foi levando a bola até estar frente a frente com um adversário. Era o momento de encará-lo. Ele levantou a cabeça, mas, o olhar desviou. Ou seja, não houve comunicação. Ele simplesmente se manteve no seu traçado, no seu objetivo, foi lá e fez o gol. Sem mais”.
 
Segundo Giselle, Messi tem o reconhecido talento de transformar em algo simples o que para todos é grandioso e não vê muito sentido em fama, dinheiro, mulheres, badalação. “Simplesmente faz o que mais sabe e faz bem. O resto seria uma consequência. Outra aspecto que se assemelha muito a meu filho”.
 
Outra característica dos autistas, segundo ela, é ficarem extremamente frustrados quando perdem, são muito exigentes. “Tudo tem que sair exatamente como se propuseram a fazer, caso contrário, é crise na certa. E normalmente dominam um assunto específico. Ou seja, se Messi é autista e resolveu jogar futebol, a possibilidade de ser o melhor do mundo seria mesmo muito grande”, diz ela.
 
A ideia de uma das maiores celebridades do mundo ser um autista não surpreende, mas encanta. Messi nunca será uma celebridade convencional. Segundo Giselle, ele simplesmente será sempre um profissional que executa a sua profissão da melhor forma que consegue — mas arredio às badalações, às entrevistas e aos eventos.  “Ele precisa e quer que sua condição seja respeitada. Nunca vai se acostumar com o assédio. Sempre terá poucos amigos. E dificilmente saberá o que fazer diante de um batalhão de fotógrafos e fãs gritando ao seu redor. De qualquer modo, certamente a sua contribuição para o mundo será inesquecível”, diz ela.
Média: 3.6 (28 votos)
41 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Lilian Dias
Lilian Dias

Mito

Bom, ja foi comprovado que nem Messi, nem Bill Gates são autistas isso é especulação principalmente pelo fato de serem destaque no que fazem e de terem características como timidez, pois o autismo leve (síndrome de Asperger) antigamente chegou a ser conhecida como doença dos genios, há suspeita de que Ainstein e outros grandes nomes eram autistas pelas suas características, mas não foi comprovado pois não se conhecia o assunto na época. Sabemos que os autistas têm capacidade de serem gênios em sua área de interesse, não precisamos de um The best famoso pra confirmar isso, essa especulação subestima a capacidade humana. A pessoa não precisa ter uma disfunção neurológica pra ser o melhor no futebol ou em qualquer outra área. Todos os autistas têm dificuldade de socialização, mas nem toda pessoa que têm dificuldade de se socializar é autista, existem simpesmente pessoas tímidas, reservadas. Antes eu achava que os autistas viviam preso em seu próprio mundo, mas não, eles são livres no seu mundo, O nosso mundo sim é uma prisão, regras e mais regras sociais e se alguém fugir dessas regras é considerado anormal, com desenvolvimento atipico, se um adolescente não gosta de balada, é seleto com seus amigos, não mente, não se corrompe, usa tecnologia, redes sociais para adquirir um conhecimento útil, a sociedade o julga atípico, e se alguem com todas essas características faz coisas extraordinárias aí é anormal mesmo, pq essa sociedade preconceituosa, hipocrita não aceita que uma pessoa politicamente correta seja superior, não aceitam que uma pessoa pode ser um the best no que faz sem ter disfunçaõ nenhuma, essa é minha visão sobre o autismo depois de ter meu filho diagnosticado com 3 anos, não procurei inserir ele no meu mundo sujo, mas tento me inserir no dele e isso tem dado certo, ele aceita do meu mundo aquilo que realmente vale a pena. Respeito, amor e aceitação é a chave.

Seu voto: Nenhum

Muito bom

Artigo muito bom! Parabéns

Seu voto: Nenhum
imagem de Harlei Cursino Vieira
Harlei Cursino Vieira

Messi

A Seleção Brasileira tem Neymar e a Argentina tem Messi, a Alemanha é mais forte. Se o Brasil ou a Argentina ainda ganharem alguma a Copa em 2018 ou 2022, será graças a Neymar ou Messi, se a Alemanha não for a campeã, e também a Holanda tem se destacado no futebol mundial  e é merecedora de ganhar uma Copa do Mundo.

Seu voto: Nenhum
imagem de TiagoB6
TiagoB6

Desconfio...

Acho meio estranho essas coisas faladas aí, e o pai dele diz que ele não é!! e como disse aí que quando um autista não alcança seu objetivo ele fica meio que desisperado, e o Messi é totalmente ao contrário ele até rir as vezes, e eu já vi muitas conversas do Messi com seus companheiros e ele conversa totalmente de boa, eu acho que parece um pouco ,mas as pessoas gostam de criar assuntos e ganhar "platéias", então falar de quem??Po o Messi é o bola de Ouro da FIFA, o melhor jogador do mundo da atualidade, e visto por todo mundo! então vamos falar dele, inventa algo que vai dar o que falar".....

Seu voto: Nenhum (16 votos)
imagem de paulo jazz
paulo jazz

me desxulpe, querido, mas vc

me desxulpe, querido, mas vc nao sabe nem escrever e quer opinar sobre assuntos de que nao faz ideia. procure se informar antes d dizer asneiras, ok?

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Vinicius Chaves
Vinicius Chaves

Messi

Eu tenho isso, e peço que vc leia um pouco, pq vc não entende nada do assunto. E vc está enganado sobre o fato do Messi ficar feliz quando ele perde um titulo. Uma pessoa do Barcelona falou que quando eles perderam a copa do Rei ano retrasado quando o C. Ronaldo fez o gol ele chorou no vestiário. Acho que seria bom vc pesquisar essas coisas. Não é invenção, me explica como um jogador de futebol se nega a abraçar um menino? E não tem nada a ver o cara ser bola de ouro da fifa e ser autitsta. O Bill Gates é podre de rico, um gênio, mas tem isso

Seu voto: Nenhum (15 votos)
imagem de Edu
Edu

O alienista

Um altista chorando, se emocionando? Que bom saber disso, só confirma que o cara é normal.

Ele não se negou a abraçar o menino, ele apenas ignorou, por ser antissocial e não prestar atenção no assédio. O autismo não é a única causa de comportamento antissocial, de introspecção.

Muito do que se fala é baseado no fato do Messi ser frio, concentrado demais. Mas essa é exatamente a caracaterística necessária num centro-avante eficaz, que assume a responsabilidade e resolve. Qualquer atleta top que não perde a concentração nos momentos mais críticos, se pareceria com um altista.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de nelson cravo
nelson cravo

Messi

Qual o problema de Messi ser supostamente um autista? Pq é tão difícil aceitar a possibilidade ?? No texto principal relata que ele foi diagnosticado aos 8 anos, isso não é uma questão de opinião, do que eu acho ou deixo de achar, é um diagnóstico de um profissional! será que alguém aqui tem melhor condição de diagnosticar do que um médico que o examinou? o fato de ter um filho ou conhecer alguém com autismo não habilita ninguém a fazer diagnóstico nenhum. Existem vários níveis de autismo, existem pessoas que levam a vida perfeitamente igual a qualquer um.... o fato é que Neymar não chega no chulé dele!

Seu voto: Nenhum
imagem de Isabel Moniz
Isabel Moniz

o importante é respeitar a condição dele

Eu também sou mãe de um Autista de 11 anos com muitas caracteristicas do Messi, com a difirença de viver pais com poucos recursos, tive que sair fora para portugal para ter diagnostico o acompanhamento  e reabilitação ainda é defecitária mas o meu filho esta indo bem passou agora para quinta classe é esforçado e o que ele faz, faz bem feito.

 

Seu voto: Nenhum (11 votos)
imagem de helcio dias de sa
helcio dias de sa

o importante é respeitar a condiçao dele.

Fui de jogador a todos os cargos de cartola no venda nova fC,clube amador/profissional de BH.onde passaram 23 jogadores que vestiram a camisa da seleçao brasileira e mais uma centenas de craques espalhados pelo mundo.bairro pobre da periferia.Tambem realizei um projeto Fominhas de bola no Clube jaragua,classe media de BH.Onde atuei na escolinha por mais de 7 anos como voluntario e responsavel tecnico e administrativo do projeto.Com os professores Romario e Timao organizamos a Coresbol.Uma minicopa laboratorio para mestrado dos professores estudarem ali o impacto do lançamento de crinças no futebol de alto rendimento dito-profissional .medimos do sangue e acido latico ate os tamanhos  da traves,chuteiras,medidas dos campos,tamanho da bola para a pratica de futebol com crianças de 10/12 anos.O estudo e projeto nao tiveram respaldo na midia ali pelos anos de 1995 onde tambem organizavamos camnpeonatos com 3 mil crianças mirins aqui e tambem naArgentina durante o mundialito de lá.Participas e organizamos 13 supercopas internacionais.mas faltou dinheiro para pagar a midia para divulgar o projeto e os torneios.Nosso cartel midiatico é autista.

Seu voto: Nenhum
imagem de JoãoMoura
JoãoMoura

A notícia de que Messi teria

A notícia de que Messi teria Síndrome de Asperger e que isso lhe permitia ter um nível de concentração superior ao normal correu mundo, mas não tardou a ser desmentida. Em entrevista ao portal brasileiro UOL, o médico que acompanhou Messi nas escolas do Barcelona garantiu que qualquer tipo de autismo ligado ao jogador argentino "não passa de invenção".

"Nunca foi diagnosticado a Messi Síndrome de Asperger ou qualquer outra forma de autismo. É, de facto, mentira", afirmou Diego Schwarzstein. 

O médico em questão, recorde-se, acompanhou o desenvolvimento de Lionel Messi na formação do Barcelona e ajudou-o no tratamento de um problema hormonal, que lhe afetava o crescimento.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Speck Neto
Speck Neto

Psicólogos de plantão

Como sempre, os psicólogos e invejosos de plantão. O Messi aparenta ser o cara mais sereno e normal do mundo da bola e, eu creio que o Cristiano Ronaldo, é quem deve ter algum problema grave, pois, fica olhando-se nos telões o tempo todo.

 

Seu voto: Nenhum (12 votos)
imagem de Ian Manau
Ian Manau

Especulação

Pura especulação. Sou estudante de curso da área da saúde e duvido disso tudo. Estão especulando apenas enbasados no que observam das atuações do jogador. Há algum estudo científico que confirme?

Seu voto: Nenhum (14 votos)
imagem de Ju Copt
Ju Copt

Leia no início da matéria...

Leia no início da matéria... "Ele foi diagnosticado aos 8 anos de idade", se a informação é tão precisa e está sendo tão falada ultimamente, se fosse mentira já teria sido contestada! Possivelmente houve intermédio do Newell's Old Boys no diagnóstico, clube q ele jogava na época e que tratava de seus problemas de crescimento! Aparentemente a observação veio a partir da notícia do diagnóstico, onde se buscaram especialistas para apontar a síndrome na vida prática do Messi!

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de henriquevertti
henriquevertti

A notícia já foi desmentida

Diego Schwarzstein, médico que tratou do principal e conhecido problema de saúde de Messi (uma deficiência hormonal que atrasou seu desenvolvimento), afirmou em entrevista à UOL:
"Leo nunca foi diagnosticado como Asperger ou qualquer outra forma de autismo. Isso é realmente uma bobagem"
A notícia também foi desmentida pela família do jogador (o pai dele ameaçou processar o atual Senador Romário, apos o mesmo dizer que o argentino teria Síndrome de Asperger).
O boato sobre a tal doença foi inventado pelo escritor e jornalista Roberto Amado, sobrinho de Jorge Amado. Ele Publicou em seu site, o Poucas Palavras, um longo texto dizendo que o craque argentino foi diagnosticado aos oito anos de idade com Asperger. Em seu texto, Amado listou uma série de características que supostamente serviriam para provar o autismo de Messi: o modo de chutar ao gol e o uso de dribles parecidos seriam indícios de padrões repetidos, típicos dos portadores da síndrome. Sua timidez no trato com a imprensa seria outro sinal.
No mesmo artigo, ao destacar os feitos impressionantes dos quais os autistas são capazes, Amado citou o caso retratado no filme Rain Main, de 1988, com Tom Cruise e Dustin Hoffman. Na verdade, trata-se de outra síndrome, a de savant, no qual o portador tem uma grande facilidade em uma área intelectual, como realizar cálculos complexos, por exemplo, mas possui um QI baixo - algo bem diferente do Asperger.
O texto de Amado, por trazer depoimentos de pessoas ligadas a entidades de portadores de Síndrome de Asperger corroborando sua tese, foi pouco questionado e acabou se alastrando pela internet. Até o deputado federal Romário chegou a escrever a respeito em sua conta de Twitter: "Vcs sabiam q o Messi tem Síndrome de Asperger? É uma forma leve de autismo, q deu a ele o dom do foco e concentração acima de tudo e d todos." Alguns sites chegaram a noticiar que, depois do comentário de Romário, Jorge Horacio Messi, pai do craque argentino, teria ameaçado processar o ex-jogador brasileiro.
O psiquiatra Estevão Vadasz, coordenador do Programa de Transtornos do Espectro Autista do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da USP (PROTEA), uma das maiores autoridades do Brasil no assunto, explica que a área de excelência do portador da Síndrome de Asperger costuma ser matemática, física e outros campos de exatas. "Outro fator que vai contra a ideia de que Messi é portador de Asperger é a coordenação motora", afirma Vadasz. "Na maior parte dos casos, os portadores têm baixa motricidade e não se dão bem em atividades em equipe. O Messi, ao contrário, tem um domínio motor sofisticado, e joga muito bem em equipe."
O escritor italiano Luca Caioli, autor da biografia Messi, The Inside Story of the Boy Who Become a Legend, que será lançada no final do ano no Brasil pela L&PM Editores, esteve em Rosario, na Argentina, cidade natal de Messi, para obter informações para o livro.
Conversou com a família do jogador e com o médico Diego Schwarzstein, que foi o primeiro a diagnosticar o problema hormonal que afetava o crescimento de Messi. "Ele era muito fechado em si mesmo e falava pouco, mas nunca soube de nenhum diagnóstico de Síndrome de Asperger", disse Caioli. 
Outro jornalista que prepara uma biografia de Messi, o espanhol Guillem Balague, de Barcelona, que comenta o Campeonato Espanhol para a Sky Sports e já escreveu um livro sobre Pep Guardiola, foi taxativo: "essa história é um lixo."

Seu voto: Nenhum

RE:

E a pesquisa científica não começa na observação?

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Hoax, mero boato e desejo dos pais que lidam com o problema

Essa informação não tem qualquer amparo nos fatos apurados, carece de confirmação. Ou seja, é um hoax, mero boato difundido pela imprensa irresponsável brasileira que não apura nada como deveria, dando vazão ao desejo dos pais que lidam com o problema em relação aos seus filhos de que isso fosse ou seja verdade.

O Brasil é o ÚNICO país do mundo onde esse boato, divulgado por um sobrinho do Jorge Amado, ganhou repercussão com ares de "verdade". Na Europa, a repercussão é zero.

Não existe confirmação nenhuma sobre isso, muito menos que Messi teria sido diagnosticado com Síndrome de Asperger aos 8 anos de idade. Os médicos que acompanham ou acompanharam a sua carreira desmentem, os parentes e amigos desmentem, o próprio Messi desmente. Isso é falso e quem disser o contrário está mentindo e sendo leviano, querendo aparecer, fazendo sensacionalismo e vendendo uma informação nem de longe confirmada como se fosse verdade.

A única certeza que eu tenho é que Messi não é normal. Mas daí a afirmar que é síndrome de Asperger, vai uma diferença enorme.

Ele pode sofrer de qualquer problema neurológico ou psiquiátrico (esquizofrenia, leve retardamento mental, algum problema relacionado à convivência social, baixa escolaridade que afetou a sua forma de se relacionar com as pessoas, algo típico de quem foi criado isolado do mundo, algum trauma, etc). Enfim, as hipóteses são muitas para explicar o seu comportamento esquizóide fora dos campos sem necessariamente apelar para a Síndrome de Asperger.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a justiça." Henry Louis Mencken.

imagem de Eureka
Eureka

Defensores de plantão

As pesoas também desmentem a notícia sem nenhum embasamento concreto, sem nenhum respaldo; defendem a teoria de que Messi não tem a doença, somente para bajula-lo. para desmentir tem que ter embasamento concreto.

Acreditar no staff de messi é o mesmo que colocar técnico argentino na seleção brasileira - eles iriam sabotá-la disfarçadamente.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Jucie Silva
Jucie Silva

O Messi não é Aspeger!

O Messi não é Aspeger! Essa história já foi desmentida pelo próprio médico do jogador. Ainda, nenhum Aspeger consegue ser bom em esportes de equipe, visto que a característica principal de qualquer autismo é a pouca sociabilização do indivíduo. Por favor, né.

Seu voto: Nenhum (16 votos)
imagem de Eddie de los Santos
Eddie de los Santos

FALTA DE ASSUNTO DA IMPRENSA

Agora, ninguém mais pode ser gênio, nem fora do comum. Ninguém pode esquecer que Messi foi criado nas canteiras do Barcelona, uma verdadeira fábrica de craque. Desde os 13 anos condicionado a um tipo de treinamento (ao qual Iniesta, Fábregas, Xavi, dentre outros que surgirão foram submetidos), junto à habilidade natural dele, o transformou no excepcional que é hoje.

O fato de dar a tal cavadinha, que é raro ocorrer (quem fala que é comum, não assiste aos jogos), sabe que é um recurso: se o goleiro sai fechando bem o ângulo, se agachando, é só dar por cima. Como ele não tem tanta um chute tão forte quanto Cristiano Ronaldo, apela para a habilidade.

Existem algumas entrevistas de Messi ainda jovem, 13, 14, 15 anos de idade, quando os sintomas deveriam ser ainda mais visíveis, nas quais ele não tem nada de evasivo, fala olhando nos olhos do entrevistador, tem vocabulário normal, enfim, de Asperger tem é nada!

E mais, os portadores de Asperger têm duas características, além das apontadas, que desmentem ainda mais um possível diagnóstico de Asperger: jogar um futebol coletivo (ele não joga sozinho, quem vê os jogos do Barcelona entende bem isso), e ter extrema habilidade motora. Esse surfista do qual se falou é ótimo? Que falar de Slater, que ganhou dez vezes o mundial de surf? Teria Asperger também ou algum outro tipo de funcionalidade.

Se Pelé aparecesse nos dias de hoje, mostrando toda a sua genialidade, fatalmente seria "diagnosticado" como algo assim: as primeiras entrevistas do rei o ridicularizavam. Até um psicólogo da Seleção em 1958 chegou a dizer que ele (assim como Garrincha) era retardado mental, e não tinham condições de jogar futebol. Em tempo: o apelido Pelé vem do fato de ele não conseguir pronunciar o nome certo de um goleiro de nome Bilé, falando algo parecido como Pelé, isso já adolescente, ou seja, capacidade por demais reduzida na fala, coisa de gente retardada, segundo os psicólogos e médicos de plantão, né?

Tem de se parar com essa mania asquerosa que algumas pessoas têm de achar que toda vida que existe um gênio, é porque o cara é retardado, é abestalhado, e assim por diante. Se ele tiver alguma disfunção e conseguir vencer na vida, é justamente o contrário: apesar da patologia, conseguiu vencer e não por causa dela que logrou êxito! O mundo, amigos, infelizmente, ou não, é feito de pessoas medíocres ou até menos que isso, e muitas com diplomas, mestrados e até doutorados na mão, sem o mínimo de poder reflexivo e de bom senso. E esta é a razão pela qual polêmicas ridículas como estas são criadas!

PS: Nassif, bom sempre se acercar das informações corretas, pesquisar mais, antes de publicar notícias como esta! Não existem só notícias em seu texto; existem também opiniões pessoais sobre a própria doença e o comportamento do jogador, como se médico fosse. Bom sempre tomar cuidado. Não uma crítica: um conselho de quem admira seu trabalho e sua perseguição à verdade, como no caso da Telexfree, com o qual se mostrou tão vigilante!

Seu voto: Nenhum
imagem de Ju Copt
Ju Copt

Fiquei muito curiosa com o

Fiquei muito curiosa com o surgimento desse assunto, visto que sou portadora da síndrome e a notícia de uma pessoa notória nos dias de hoje com esse diagnóstico ajuda um pouco na abordagem do assunto, na aceitação das pessoas, chega a minimizar o preconceito, enfim... Já que me envolvi com isso, como aspie, vou pesquisar muito, até chegar a uma real conclusão se este diagnóstico é ou não verdadeiro! 

Mas apenas corrigindo algumas coisas, acredito sim que é possível que ele tenha a síndrome de Asperger. Quanto à questão de jogar um esporte coletivo não ser compatível com os problemas de sociabilização, já digo que não é um problema trabalhar em equipe, pelo contrário, maximiza o sentimento de sentir-se parte, sentir-se útil e de se misturar a alguns iguais (iguais por terem o interesse comum no futebol, isso cria afinidade e vínculo), o problema do Aspie na verdade é assumir liderança, se destacar, se expor (que é a parte que parece incômoda para o Messi, quando o colocam no papel de astro!).

Quanto à habilidade motora, ela realmente é um problema, mas considerando que a obsessão pelo esporte apareceu muito cedo (começou aos 4 anos!!!!!!) o desenvolvimento motor se deu concomitantemente ao futebol, e independente disso, se ele resolveu que quer jogar futebol, vai levar seu corpo ao limite para jogar bem, ser o melhor, ter toda técnica possível e ser tão acertivo! Mas acredito que a idade que ele iniciou é o que faz dele um atleta e não um grande especialista teórico do esporte ou um gamer fanático! 

PS: Pegou pesado na parte do "retardado, abestalhado" e no caso do Asperger (dependendo do tratamento principalmente da ansiedade, depressão e pânico)  apesar da patologia consegue-se vencer e por causa dela logra-se êxito, assim mesmo, as duas coisas, se superar o lado ruim, o lado bom vai fazê-lo se destacar!

Seu voto: Nenhum
imagem de maria rodrigues
maria rodrigues

Na entraa da Argentina e do

Na entraa da Argentina e do outro time no estádio, observei uma das criancinhas que acompanham os jogadores ao campo, que estava ao lado do time adversário, se dirigir a Messi, toda encantada por vê-lo, mas Messi sequer a olhou. A criança voltou ao seu lugar provavelmente decepcionada. Essa imagem não saiu da minha cabeça. Agora, com esse post, posso calcular que seja mais uma atitude proveniente do problema do jogador.

Seu voto: Nenhum (11 votos)

Messi afirma que não viu a criança

messi cumprimenta.

Exibir foto

Imagem mostra Messi cumprimentando garoto antes de jogo da Copa 

"O atacante Lionel Messi negou, em entrevista ao canal Fox Sports da Argentina, ter ignorado o assédio de um garoto antes de entrar em campo para defender a seleção argentina no jogo contra a Bósnia.

"Escutei o que estão falando que eu não queria cumprimentar um garotinho, que eu desviei a mão. É uma loucura. Como não vou cumprimentar um garoto, simplesmente não percebi. ", disse Messi.

 O argentino disse que voltou para cumprimentar alguns garotos depois de falar com a arbitragem. De fato, a imagem comprovou o fato"

https://br.esporteinterativo.yahoo.com/noticias/messi-se-defende-e-diz-que-n%C3%A3o-ignorou-garoto-antes-de-jogo-contra-b%C3%B3snia-133206053.html

Incrível como existem pessoas mal intencionadas neste mundo. Não é verdade que Messi tenha sido grosseiro com as crianças, o problema é que o video foi cortado para passar essa impressão. Depois de cumprimentar a arbitragem,  Messi e atende as crianças, temos é que ter cuidado com a manipulação a serviço do ódio a qualquer custo nas redes sociais, a TV Revolta é mestra nisso, por isso já descurti a página para não ficar pagando mico,  espalhando mentiras ou incutindo o ódio por ai.

João Ferreira Freitas Filho no facebook: Assisti à cena toda e, de pronto, percebi que o Messi entrou tão concentrado que não viu o garotinho sair da outra fila e lhe estender a mão. Após cumprimentar o juiz, Messi voltou à sua posição de entrada em campo e foi muito simpático com o outro garoto que lhe estendeu a mão. Imagens editadas dão margens a interpretações erradas    

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

 

...spin

 

 

Ser asperger é ter autismo

Ser asperger é ter autismo muito leve. Quase imperceptível para a maioria. Mas o mais relevante é que isso não é doença alguma, mas apenas uma forma de ser humano diferente e que revela em muitas situações excepcional genialidade. Forma de lidar com o mundo diferente do padrão ao qual estamos acostumados mas que não é a única.

Seu voto: Nenhum (11 votos)

 

Combatendo a hipocrisia nacional que alimenta o fascismo.

Se ele tem tal síndrome,

Se ele tem tal síndrome, imagino que será extremamente difícil o dia em que precisar abandonar os campos.

Seu voto: Nenhum (12 votos)

Ulderico

Parece que não é verdade...

Pai de Messi vai até processar Romáriop, pois este havia dito algo sobre o assunto em público.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Por que o pai?

O Messi é adulto, tem independência financeira e inclusive já é pai. Por que seria o pai dele a sair em defesa no caso? Este é um indício de que pode haver fogo atrás desta fumaça. Se for verdade, a família e o próprio Messi fariam um grande bem assumindo a condição, o que favoreceria tanto os portadores da síndrome quanto a sociedade em geral no combate ao preconceito e no estímulo à inclusão.

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Gui Oliveira

Não é tão fácil assim. Muitas

Não é tão fácil assim. Muitas famílias escondem dos próprios filhos a sua condição de especiais. Outras não. Mas isso faz parte de nossa humanidade meio tosca de querer uniformidade em tudo. Messi está prá lá de incluído, tanto que é o melhor jogador do mundo. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

 

Combatendo a hipocrisia nacional que alimenta o fascismo.

Cada um acredita no que quer. Boa sorte.

Polêmica sobre autismo de Messi é besteira, diz médico pessoal do craque

Jones Rossi
Do UOL, em São Paulo

26/09/201306h00Compartilhe661,5 milImprimir Comunicar erroAmpliarLionel Messi600 fotos600 / 600Campagnaro e Aguero correm para comemoram com Messi o gol marcado pelo camisa 10 contra o Chile REUTERS/Ivan AlvaradoVeja Também

No último dia 28 de agosto, o escritor e jornalista Roberto Amado, sobrinho de Jorge Amado, deu início a uma história que tomaria grandes proporções nas semanas seguintes. Publicou em seu site, o Poucas Palavras, um longo texto dizendo que o craque argentino Lionel Messi foi diagnosticado aos oito anos de idade com Síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo que se caracteriza, entre outros sintomas, pela grande capacidade intelectual de seus portadores.

Apesar das prováveis boas intenções, como a de mostrar que os autistas são capazes de feitos extraordinários, Amado estava errado. Quem o contradiz é Diego Schwarzstein, médico que tratou do principal e conhecido problema de saúde de Messi: uma deficiência hormonal que atrasou seu desenvolvimento.

Procurado pela reportagem do UOL Esporte, Schwarzstein, que ainda vive em Rosario e é a pessoa mais qualificada para falar sobre o assunto, não deu margem a dúvidas. "Leo nunca foi diagnosticado como Asperger ou qualquer outra forma de autismo. Isso é realmente uma bobagem", afirmou, por e-mail.

Em seu texto, Amado listou uma série de características que supostamente serviriam para provar o autismo de Messi: o modo de chutar ao gol e o uso de dribles parecidos seriam indícios de padrões repetidos, típicos dos portadores da síndrome. Sua timidez no trato com a imprensa seria outro sinal.

No mesmo artigo, ao destacar os feitos impressionantes dos quais os autistas são capazes, Amado citou o caso retratado no filme Rain Main, de 1988, com Tom Cruise e Dustin Hoffman. Na verdade, trata-se de outra síndrome, a de savant, no qual o portador tem uma grande facilidade em uma área intelectual, como realizar cálculos complexos, por exemplo, mas possui um QI baixo - algo bem diferente do Asperger.

O texto de Amado, por trazer depoimentos de pessoas ligadas a entidades de portadores de Síndrome de Asperger corroborando sua tese, foi pouco questionado e acabou se alastrando pela internet. Até o deputado federal Romário chegou a escrever a respeito em sua conta de Twitter: "Vcs sabiam q o Messi tem Síndrome de Asperger? É uma forma leve de autismo, q deu a ele o dom do foco e concentração acima de tudo e d todos." Alguns sites chegaram a noticiar que, depois do comentário de Romário, Jorge Horacio Messi, pai do craque argentino, teria ameaçado processar o ex-jogador brasileiro.

Apesar do nome diferente, a Síndrome de Asperger é uma das formas de autismo, porém mais branda. Enquanto até 70% dos autistas possuem graus diferentes de deficiência intelectual, os portadores de Asperger são caracterizados pela capacidade intelectual normal ou acima da média e por não apresentarem dificuldades de fala.

O psiquiatra Estevão Vadasz, coordenador do Programa de Transtornos do Espectro Autista do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da USP (PROTEA), uma das maiores autoridades do Brasil no assunto, explica que a área de excelência do portador da Síndrome de Asperger costuma ser matemática, física e outros campos de exatas.

"Outro fator que vai contra a ideia de que Messi é portador de Asperger é a coordenação motora", afirma Vadasz. "Na maior parte dos casos, os portadores têm baixa motricidade e não se dão bem em atividades em equipe. O Messi, ao contrário, tem um domínio motor sofisticado, e joga muito bem em equipe."

 

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/09/26/polemica-s...

 

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Hernán Hourcade
Hernán Hourcade

Robben

O Robben também deve ser autista.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de AldoH
AldoH

Pai que sou de um garoto

Pai que sou de um garoto fantástico com Síndrome de Asperger, devo dizer que o tal diagnóstico do Messi parece já ter sido desmentido pelo seu médico. Pessoalmente, tomaria com muitas reservas a possibilidade do Messi ser um Asperger.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

AldoH, não se paute  muito

AldoH, não se paute  muito por nenhum dos lados, conheçi pais 

e familiares que tratavam seus filhos até como esquizofrenicos

diagnosticados até descobrirem a síndrome.Há sim laudos mal

elaborados por médicos até de renome.Eu pessoalmente creio

que ele tenha esse quadro sindrômico  , até comentei com amigos,

 e faz  tempo , caso tenha que que assuma  dando esperança  para

muitos, caso não...segue o jogo.

 

 

 

Um personagem asperger prá lá de instigante:

Seu voto: Nenhum (5 votos)

autista

Lendo este post, descobri que sou autista.

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Pode-se enganar alguem por algum tempo, muitos por muito tempo, mas não todos o tempo todo!

Bom saber, pq tinha feito mau juízo dele

Pelo fato dele ter recusado apertar a mao de uma criança, um fã infantil. Se tem síndrome de Asperger nao se poderia esperar outra coisa, o contato é penoso para eles. 

Seu voto: Nenhum (13 votos)

Vc foi vítima de mais uma

Vc foi vítima de mais uma manipulação da mídia. A cena que vc se refere realmente existiu, só que depois, e isso não foi mostrado mais, mas eu vi ao vivo, Messi volta dá a mão ao menino, se agacha, e conversa com ele.

Muito cuidado com a mídia. Ela é muito perigosa.

Seu voto: Nenhum (12 votos)

Só que eu vi aqui, Marco... Alguém postou, nao me lembro + quem

Mas concordo quanto ao perigo da mídia. Antes fosse só em questoes como essa... 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de nosde
nosde

Assisti com muito interesse e

Assisti com muito interesse e no detalhe, toda a circunstância da formação e entrada das duas seleções em campo, e principalmente ainda dentro do tunel, onde de forma especial tento captar o como os atletas estão, como respiram, como estão seus olhos, olhares, o que dizem, se cumprimentam quando adversários e se incentivam quando do mesmmo time . . . . calma, nao sou altista, é apenas ansiedade por querer decifrar ou antecipar acontecimentos para de certa forma me proteger emocionalmente, pois jogo de copa pra mim é porrada . . . . e o que me chamou a atenção neste espcífico episódio foi o como Messi tratou bem e com muito respeito a criança que o acompanhou.

Seu voto: Nenhum
imagem de evandro condé de lima
evandro condé de lima

Onde não é mídia?

Ana, aqui também é mídia.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Ë, pq a gente reproduz. Mas inspira credibilidade aqui (rs)

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Há controvésias

Polêmica sobre autismo de Messi é besteira, diz médico pessoal do craque

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2013/09/26/polemica-s...

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Primeiramente: FORA TEMER! E pra encerrar: FORA TEMER!

A síndrome de asperger

A síndrome de asperger infelizmente só agora vem ganhando  destaque

na mída nacional, menos mal já que a maior dificuldade dos pais ainda

 é em relaçaõ  a escola e suas atribuições. Um filme da BBC sobre      a

cientista "Temple Grandin" é uma ótima oportunidade para se conhecer

o universo "aspie" e suas dificuldades.

 

              

Hans Asperger

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Passou na tv a cabo há pouco tempo (nao sei se é o mesmo)

Há também um capítulo de um livro do Sachs (Um Antropólogo em Marte, acho) sobre ela.  

Seu voto: Nenhum

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.