Revista GGN

Assine

Moro não consegue congelar 94% do que calculava de Lula

Quantia foi vasculhada, sem sucesso, nas quatro contas do ex-presidente e até um carro de mais de 30 anos ficou de fora do bloqueio
 

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
 
Jornal GGN - Ao decidir bloquear as contas e bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o juiz da Vara Federal de Curitiba, Sérgio Moro, conseguiu congelar apenas 6% da quantia que previa para a condenação de Lula. O magistrado do Paraná também dispensou reter o carro do lider petista, por ser uma caminhonete antiga, de 1984.
 
No despacho que integra o processo que condenou Lula a 9 anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o juiz federal pediu o sequestro de três apartamentos de Lula em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, sendo um deles a própria residência do ex-presidente, e pediu ao Banco Central que congele um limite de até R$ 10 milhões em contas encontradas relacionadas a ele.
 
O pedido de Moro ocorreu no dia 14 de julho e tramitava em segredo de Justiça. Seria uma forma de reparação de danos à Petrobras, no âmbito da Operação Lava Jato. Mas ao vasculhar as quatro contas bancárias de Lula, o Banco Central conseguiu detectar pouco mais de 6% do limite imposto pelo magistrado: 606.727 reais e doze centavos.
 
Automóveis também somariam à quantia que Sérgio Moro calculou para "reparar" o restante que o confiscado apartamento triplex no Guarujá não pode alcançar. Entretanto, a caminhonete Ford F-1000 não entrou na lista "pela antiguidade do veículo". Datada de 1984, Moro assumiu que o automóvel não tem "valor representativo".
 
"Em síntese, reconhecido que contrato celebrado entre o Consórcio Conest/Rnest gerou cerca de R$ 16 milhões em vantagem indevida a agentes do Partido dos Trabalhadores (PT), deles sendo destinados especificamente cerca de R$ 2.252.472,00 ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na forma da atribuição a ele de apartamento no Guarujá, sem o pagamento do preço correspondente, e da realização de reformas no apartamento às expensas da OAS", determinou Moro.
 
Os cálculos seriam que o triplex não alcançaria a quantia de R$ 16 milhões, faltando R$ 13,7 milhões. Com o sequestro dos três apartamentos em São Bernardo do Campo, nem a caminhonete de mais de 30 anos poderia atingir a soma e por isso, Moro pediu que o Banco Central congelasse outros R$ 10 milhões, o que também não foi possível pela inexistência dos recursos nas contas de Lula.
 
 
Média: 4.5 (15 votos)
60 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de marieta
marieta

confisco midiático

Começo a sentir peninha desse carrasco. A esposa diz que " só moro com ele": como se vê nem a provável companheira assume maiores intimidades e declara "só moro com ele". Porque será?

O infeliz só consegue "achar 6% da quantia que ele mesmo determinou para a condenação de Lula. O magistrado do Paraná também dispensou reter o carro do lider petista, por ser uma caminhonete antiga, de 1984. Um momento!  Após 3 anos de perseguição desenfreada esse lesado  da esse vexame!

É um verdadeiro "juizeco". Que vergonha nosso Judiciário ! Qualquer aluno do primeiro período de um curso de Direito dará aulas a esse imbecil. Confiscar verbas alimentícias. Oh animal: como será que nosso honrado ex-presidente irá se manter? Lula, sendo o protagonista, (o personagem mais importante, em torno do qual se construiu a trama) talvez seja incluído  no recebimento dos valores espúrios  pagos aos senhores  algozes  em suas palestras onde cuidam de tentar derrubar nosso gigante. isso porque, sem uma vítima  e um “judiciário acovardado “não teriam como defender teses antijurídicas condenadas por unanimidade entre juristas renomados desse Brasil e do mundo..

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Miranda
Miranda

Tudo isso pra impedir que

Tudo isso pra impedir que Lula comece suas viagens pelo nordeste e depois se estenda pelo Brasil? Temos que criar um fundo de viagem pra mostrar a essa corja que o apoio a Lula não vem da corrupção, mas do povo.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Serjão
Serjão

Humilha, cospe e pisa em cima

Assim é tratado o melhor presidente da história do Brasil.

Assim é tratado o maior e mais popular líder do País.

Resultado de imagem para Lula povo

Resultado de imagem para Lula povo

Resultado de imagem para Lula povo

Resultado de imagem para Lula povo

Resultado de imagem para Lula povo

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Antonio C.
Antonio C.

Comentário.

Minha nota vai para o Marco Antonio Villa, que comemorou o bloqueio dos bens de Lula.

Claro, Villa, sempre bem informado, disse que Lula é milionário.

Pois é, Villa parece com aquele que diz que o Lulinha é dono da Friboi.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de marieta
marieta

Senhor Villa

Acalmando o senhor Villa: aproveite que é de uva!

Seu voto: Nenhum

já que falamos de sequestro dos meios de subsistência...

juiz que é refém do ódio jamais conseguirá pagar o seu próprio resgate

mas podemos concluir também que foi por amor antigo ferido, Aécio perdeu

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Relembrando caso Banestado

EXCLUSIVO: o DCM joga novas luzes sobre o Escândalo do Banestado. Por Renan Antunes de Oliveira.

 

  Postado em 11 Jul 2016  por : Diario do Centro do Mundo     personagens de uma história malcontada Moro, FHC, Richa: personagens de uma história malcontada Por Renan Antunes de Oliveira   Se alguém suspeita de parcialidade da Polícia Federal, Ministério Público e Judiciário na caça aos corruptos deve comparar a Lava Jato com o quase esquecido Escândalo Banestado para tirar sua conclusão.Foi o escândalo da hora na Era FHC, entre 1996 e 2003, também nas mãos do juiz Sérgio Moro, mas sem a pirotecnia do Petrolão. Um retrato da época mostra que nem todo delegado federal é um caçador de petistas.Que nem todo procurador do MPF investiga corruptos em nome de Deus.E que o juiz premiado não teve o mesmo apetite justiceiro diante dos poderosos do tucanato.O Escândalo do Banestado serviu de modelo para as grandes operações midiáticas Mensalão e Petrolão da Era Lula-Dilma e é o melhor exemplo do pior das três instituições, cinco se incluídos Legislativo e Imprensa.Nele, apurou-se que 124 bilhões de dólares foram levados e lavados no exterior.Nele, estavam envolvidos grandes empresas (Globo) e políticos expressivos.Mas estranhamente a CPI do caso deu em nada.E o Judiciário, no primeiro grande caso nas mãos de Moro, jogou pesado com laranjas, prendendo apenas chinelões.O procurador Celso Três e o delegado José Castilho levantaram a tampa do esgoto e se deram mal – suas carreiras acabaram quando denunciaram tucanos e seus aliados.Castilho e Três viraram críticos das instituições em que trabalham. A experiência pioneira deles foi desprezada pela cúpula.Hoje seus nomes ainda são respeitados entre a maioria dos colegas. Mas seus exemplos de seriedade, honestidade e competência não empolgaram as novas gerações. Muitos viram que agir como eles é ruim para a carreira.Ninguém duvida: suas carreiras estagnaram por apontar culpados com longa folha de serviços prestados à elite que domina o país há séculos, o verdadeiro centro do poder.Esta é a história deles. CastilhoCastilho Delegado Castilho: “Lava Jato vai pegar Renan, Jucá, Cunha e Temer” “Tenho convicção que a Lava Jato pegará Renan (Calheiros, presidente do Senado), Jucá (Romero, senador), Cunha (presidente afastado da Câmara) e até o Temer (Michel, presidente da República)”, disse o delegado federal José Castilho Neto, 56, em entrevista ao DCM.
Castilho é referência dentro da PF. Tem fama de competente e incorruptível.Está na geladeira desde que conduziu o inquérito do Escândalo do Banestado, no governo tucano de FHC – rombo de 124 bilhões de dólares que bota Mensalão e Petrolão no chinelo.Castilho diz que “a Lava Jato não está só atrás de petistas, como parece. Ela busca atingir a corrupção no núcleo do poder da República, agora é a vez de ir atrás dos outros”.Acredita nisso “porque é a PF e o MPF que estão comandando a luta contra a corrupção, o juiz Sérgio Moro só se manifesta com base nas ações e pedidos destas duas instituições”.Castilho está na geladeira da PF desde 2003, quando esteve no auge, na transição de FHC para Lula. O posto dele em Joinville é considerado menor: “É o meu exílio profissional”.Ele acredita que foi posto lá porque “denunciei na TV o envolvimento de gente da cúpula do governo FHC no caso Banestado”. Castilho afirma que “a linha divisória entre a impunidade da classe dominante e período de vigência da lei foi o caso Banestado”.Ele é considerado precursor no uso das técnicas de investigação adotadas pelas equipes da PF. Castilho já tinha trabalhado com o juiz Moro no Banestado, onde rastreou contas internacionais de empresários e políticos. Foi o primeiro a prender o doleiro Alberto Youssef, o delator zero do Petrolão.Castilho revela mágoas por ter sido afastado na transição do governo FHC para Lula “pela panelinha que comanda a PF”, mas acha que a vida é assim, “é a dinâmica do poder”.Ele atribui sua queda e exílio em Joinville (depois de outros postos menores ainda) porque “fiz a denúncia pública dos nomes de gente poderosa cujas contas no exterior foram reveladas, entre eles Jorge Bornhausen, José Serra, Sérgio Motta e do operador de FHC, Ricardo Oliveira”.Castilho lembra que estava em Nova York trabalhando no rastreamento quando foi chamado de volta e afastado da operação. Foi quando ele procurou a mídia para fazer as denúncias.Encontrou um paredão, porque entre as empresas que usaram o recurso ilegal de enviar dólares para o exterior estavam Rede Globo, Editora Abril, RBS e Correio Braziliense.Seu momento de glória foi fazer a denúncia na Record, num programa nas altas horas, audiência quase zero – digite o nome do delegado e veja no You Tube. Em 2003, o caso Banestado rendeu uma CPI que deu em pizza.Castilho foi a estrela dela, levando um livrão verde com a lista dos nomes de 3 mil pessoas com contas em dólar no esquema, entre mandantes e laranjas. Ele brandiu o livro no ar no plenário da Câmara, sem sucesso: “Havia gente poderosa envolvida, tinha gente lá de dentro, é claro que iriam abafar e foi o que fizeram”.Ele diz que no início do governo Lula foi trazido de volta ao lado bom da carreira por iniciativa de José Dirceu. “Mal eu comecei a mexer, fui outra vez afastado, definitivamente”. Castilho sorri quando explica sua versão: “Acharam que eu era petista, mas não sou nada. Sou contra a corrupção. Acho que o pessoal do PT aprendeu como se fazia no Banestado e preferiu não mexer no esquema”. O Banestado sumiu da mídia quando começou o Mensalão. E o Petrolão substituiu o Mensalão.
Castilho diz acreditar que “o pessoal (da PF) que hoje atua na Lava Jato é movido não por sua preferência política, como muitos acreditam, porque cada um tem a sua, mas sim por uma imensa vaidade. É a mídia, é querer aparecer, estar na vanguarda, tudo pura vaidade”. Para Castilho o episódio em que Moro jogou no ar a gravação do tchau querida “foi um erro”. Aí, pensou um pouco e elaborou uma frase mais light: “Muito antes de eventuais desvios (do juiz) há um mar de descumprimentos legais”.Castilho disse que a PF foi modernizada na Era Lula e cresceu muito. “Ganhamos verbas, carros, tudo, mas o foco eram prefeitinhos e pequenos casos regionais”, lamentou.Ele acredita que “por muito tempo a maior operação da PF foi a ‘cortina de fumaça’, qualquer coisa que não chegasse ao núcleo do poder”.Castilho acha que “no governo FHC não havia interesse em ir fundo, porque era um governo corrupto. Depois, a PF modernizada foi atrás dos prefeitinhos. Só agora é que o foco está em derrubar o núcleo no poder, seja de que partido for”.Ele admite que “mesmo assim o que se vê é uma mira certeira em partidos de esquerda e outros que deram sustentação a um governo de centro-esquerda”. Castilho se sente orgulhoso de ter contribuído no combate contra a corrupção. Ensina às novas gerações de delegados que “dinheiro não some, alguém fica com ele” e que o caminho “é sempre seguir a trilha dele”. O delegado disse que fez sua parte “deixando uma longa lista de criminosos de colarinho branco que continua em ação, mas que já foram identificados. Está tudo num arquivo digital na Divisão de Ações contra Ilícitos Financeiros, que deixei lá”. Segundo ele “ali está o mapa da corrupção, estranhamente abandonado”. Com sua experiência, sabe que seria mais útil se pudesse voltar ao núcleo de elite da PF.
Aceita, no entanto, o destino: “Minha rotina é perigosa, mas é a mesma de muitos policiais. Acordo cedo, boto uma pistola na cintura e saio com minha equipe para caçar traficantes. Alguém tem que fazer este trabalho.”  TrêsTrês Procurador Celso Três: “Conspiração da Justiça derrubou Dilma”  O procurador federal Celso Antônio Três (55), membro do grupo anticorrupção do MPF, é um crítico da Lava Jato: “Janot (Rodrigo, procurador geral) e Sérgio Moro fizeram uma conspiração da Justiça contra a política para dar o golpe que derrubou a presidente Dilma”. Ele fala com a autoridade de ter sido o primeiro procurador federal a seguir a trilha de volumosa quantia de dinheiro desviado do Brasil para o exterior – o Escândalo Banestado em 2003. Um trabalho de investigação monumental, sem os recursos que o MPF tem hoje. Em entrevista ao DCM o procurador afirmou que “é inconcebível essa intromissão da Justiça na política. É evidente que o que vai ficar na história não é essa coisa ridícula da pedalada fiscal, mas sim a existência de uma conspiração. A divulgação da gravação da conversa Dilma-Lula foi uma ilegalidade, e isto é inaceitável vindo de um juiz”.Celso critica, também, a prisão do senador Delcídio Amaral. “A Constituição é clara quando diz que um senador só pode ser preso em flagrante delito e por crime inafiançável.” Para o procurador “se houve alguma transgressão foi da própria Justiça, que cometeu ‘um crime de hermenêutica’ ” (de interpretação da lei) – esta é a palavra usada de forma irônica dos juristas para criticar o sistema: “Eles foram torcendo a lei até achar um jeito de enquadrá-lo e forçar a delação”. Assinalou que “outra coisa grave é querer condenar políticos por receber doações legais. Se está na lei, não é vantagem indevida. Esta história de que um parlamentar pode ser condenado se o dinheiro veio de um desvio (no caso, da Petrobras) é bobagem, porque precisa se provar que ele tenha participado da origem do desvio”.Celso Três fala com a experiência de ter sido entre 1996 e 2003 o nome mais importante do MPF, por sua atuação firme e corajosa no Caso Banestado. Com base na atuação dele o MPF passou a criar grupos especializados em crimes financeiros . O Judiciário também criou varas idênticas, sendo a primeira delas a do juiz Sérgio Moro. Banestado, Mensalão e Petrolão se ligam porque muitos dos procuradores e o juiz Moro trabalharam em todos eles. Três vê na Lava Jato “uma excrescência jurídica e com claros atropelos da Constituição”. Ele trabalhou com alguns dos integrantes do MPF que hoje estão na força-tarefa da Lava Jato e acredita que “existe uma natural exacerbação que parece de boa fé, mas inaceitável. É ridículo um procurador invocar Deus” (referindo-se, sem citar, ao chefe da equipe de procuradores, Deltan Dallagnol). O procurador disse ainda que “mais atropelos vêm aí, como aquele pacote de 10 medidas anticorrupção enviado ao Congresso. Não é tarefa do MPF, e além do mais tem erros grosseiros no item das nulidades, só vai piorar as coisas se for aprovado”. Três disse também que “a Justiça tem efeito indevido na política, mas o Brasil é movido por tsunamis”.Três comandou o inquérito das contas CC5 do Caso Banestado. O modelo de investigação quebrou o sigilo de milhares de pessoas e empresas, flagrando as irregularidades. Ele ainda hoje mantém cópia dos volumes do inquérito em seu gabinete. Gosta de exibi-los aos interessados. “Nunca se pôde fazer justiça porque o governo FHC tinha altos membros envolvidos. Parte do dinheiro serviu para compra de votos para a reeleição dele, outro escândalo da época”, lembra, manuseando os documentos. “Nós do MPF tivemos que desmembrar cada ação por domicílio fiscal dos suspeitos, o que se tornou um pesadelo. O Banco Central e a PF nunca colaboraram efetivamente, até atrapalhavam as investigações, visivelmente por ordem do Executivo. Por causa disso os principais mandantes nunca foram presos”. Celso diz que “os efeitos do caso Banestado até hoje são sentidos. O atual governador do Paraná, Beto Richa, tinha despachado para o exterior 1 milhão de dólares, sem comprovar a origem do dinheiro”.Ele exibe documentos e mostra que o Banco Araucária (do ex-senador e governador biônico catarinense Jorge Bornhausen) enviou para o exterior 2,4 bilhões de dólares. “Nossa experiência de combate à corrupção serviu como modelo para a Lava Jato. Não pudemos avançar porque a CPI deu em pizza. E um dos entraves foi quando flagramos a Rede Globo e a RBS mandando dinheiro para fora”.A carreira de Três declinou depois que ele fez as denúncias da mídia para a mídia – nunca foi indicado para nenhum prêmio. Pior: só recebeu ameaças de morte. Foi movido para outras comarcas. Lotado em Santa Catarina no ano 2000, iniciou um processo que o botou na geladeira de vez: tentou quebrar o monopólio da RBS (repetidora da Globo) no estado. Ele sustenta que a empresa “monopolizou a imprensa em SC, controla rádio, jornais e TVs, ferindo a Constituição”. O caso ainda está pendente de decisão do TRF4, em Porto Alegre. Celso Três é procurador em Novo Hamburgo, no interior do Rio Grande do Sul.  ENTENDA O ESCÂNDALO DO BANESTADO   O que é: maior caso de evasão de divisas do Brasil.Quanto: 128 bilhões de dólares. Quase 420 bilhões de reais ao câmbio atual.Quando: 1996 a 2003.Onde: epicentro em Foz do Iguaçu (PR), com raio de ação em todo Brasil, Nova Iorque e Bahamas.Origem do nome: o caso foi descoberto na agência do Banestado, em Foz do Iguaçu.Investigados: 3 mil pessoas, empreiteiras, mídia, bancos e casas de câmbio.Condenados: 26 laranjas, nenhum político ou empresário poderoso.Legado: o modelo de investigação internacional reinventou o papel do Ministério Público Federal, criou as bases da moderna Polícia Federal para investigar crimes financeiros, obrigou o Judiciário a criar varas especializadas como aquela que Sérgio Moro comanda, forçou o Executivo a reequipar a PF e o MPF, e serviu de modelo para a Lava Jato.Personagens: Procurador do MPF Celso Três e delegado da PF José Castilho Neto.  COMO FOI  Mídia envia dinheiro ao exterior e boicota escândalo Políticos e empresários usaram doleiros e laranjas para remeter dinheiro para paraísos fiscais entre 1996 e 2003, burlando o sistema legal de remessa pelas contas internacionais conhecidas como CC5 (por isso também conhecido como Escândalo das CC5). O MPF em Foz do Iguaçu descobriu a fraude porque a agência local do Banestado enviou para a agência de Nova York cerca de 30 bilhões de dólares – o total com outros bancos chegou aos 124 bilhões. A movimentação era demais naquele final dos anos 90 e levou o até então desconhecido procurador Celso Três a começar a investigação. Como o MPF não tinha técnicos e supercomputadores, quem deu início ao rastreamento de contas pela internet foi um motorista do órgão. Apaixonado por computadores, ele usou um PC apreendido de contrabandistas para descobrir a fraude. O procurador formou dupla com o delegado federal José Castilho Neto para levar a investigação aos Estados Unidos, seguindo a trilha do dinheiro enviado para o exterior. A investigação identificou dezenas de doleiros, entre eles o mesmo Alberto Youssef delator da Operação Lava Jato, e cerca de 3 mil laranjas (pessoas comuns, usadas por políticos e empresários para enviar dinheiro em seus nomes). Foram flagrados com remessas ilegais os políticos Jorge Bornhausen, José Serra, Sérgio Motta (já falecido), Ricardo Oliveira (operador nas campanhas de FHC e José Serra) e até o jovem Carlos Alberto Richa (Beto Richa), hoje governador do Paraná, que remeteu 1 milhão de dólares. Quase todos eram da cúpula do governo FHC. O doleiro Youssef foi preso e tornou-se delator pela primeira vez. O trabalho do procurador e do delegado deu base para a abertura de uma CPI, em 2003. A mídia promoveu boicote depois que foram apresentados documentos de remessa ilegal de dinheiro pela Rede Globo, Editora Abril, RBS e Correio Braziliense. No front político, a investigação do Banestado morreu na CPI. No front jurídico, o MPF e a PF foram esvaziados, perdendo poderes. Ainda em 2003, quase no final, um novo juiz assumiu o caso: Sérgio Moro. Mas as investigações não avançaram. O procurador e o delegado foram afastados. A investigação foi desmembrada, numa decisão que depois se mostrou equivocada ou, quem sabe, muito bem calculada para chegar aonde chegou: a nada. Cada laranja deveria enfrentar processo em seu domicílio fiscal, em dezenas de comarcas pelo Brasil. Houve 91 prisões de ”peixes miúdos”, do quais só 26 foram efetivamente fisgados. Muitas das ações ainda estão dormindo nos tribunais. Parece que a Justiça se desinteressou depois que o Mensalão (2004) pintou na mídia. É um pesadelo logístico saber quantas ações do caso Banestado já caducaram.(Acompanhe as publicações do DCM no Facebook. Curta aqui). 

Seu voto: Nenhum

webster franklin

"E que depois de morto lhe

"E que depois de morto lhe seja cortada a cabeça e levada a Vila Rica, onde em lugar mais público dela será pregada, em um poste alto até que o tempo a consuma e o seu corpo será dividido em quatro partes, e pregado em postes, pelos caminhos de Minas Gerais, no sítio de Varginha e das Cebolas, onde o réu teve suas infames práticas, e os mais nos sítios de maiores povoações até que o tempo também os consuma; declaram o réu infame, e seus filhos e netos, tendo-os os seus bens aplicam para o fisco e Câmara Real, e a casa em que vivia em Vila Rica será arrasada e salgada, para que nunca mais no chão se edifique, e, não sendo própria, será avaliada e paga a seu dono pelos bens confiscados, e no mesmo chão se levante um padrão, pelo qual se conserve a memória desse abominável réu”.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Xi Jiping Pong
Xi Jiping Pong

Totalmente diferente da situação do Cunha, né?

Bem diferente a situação de Lula em relação à do Cunha, né? Agora, Nassif é possível penhorar verba de salário de aposentado??? Acho que nem o Tribunal de Justiça de de Porto Alegre vai permitir um absurdo desses. Aliás, cadê a delação do Pallocci contra a Globo, que a gente leu nos Jornais Críticos? Isso eu gostaria de ver alguém ter a coragem de bancar!!!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Moro: o infâme sequestrador

Moro tem uma obsessão: ele queria ser o Lula. Como não pode, ele sequestra tudo o que pertence ao Lula:

(1) sequestrou os presentes que Lula recebeu como Presidente

(2) sequestrou o iPad do neto do Lula

(3) sequestrou o apartamento em que Lula reside

(4) ajudou a sequestrar a vida da mulher do Lula

(5) sequestrou o próprio Lula na condução coercitiva.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de alvaro f
alvaro f

Tem que confiscar tudo...

O camarão, vulgo cabeça cheia de merda, está esquecendo de mandar confiscar o Itaquerão, o Taj Mahal, a Estátua da Liberdade, a Torre Eiffel, a Ponte Pênsil (fica perto do Guarujá), as Torres Gêmeas... ops essas não, essas o bin ladem demoliu, o mar do Caribe, a Ilha de Cuba e a Ilha de Pascua, Galápagos, a ponte Rio-Niterói, pois é tudo popriedade Dele, o maior e o melhor Presidente que esse ex-País já teve. E antes que me esqueça : FORA TEMER!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Egomet Leão
Egomet Leão

Assim como as pessoas que

Assim como as pessoas que foram cooptadas (por métodos que elas desconhecem e, por isso, não admitem) e hoje dizem asneiras, verdadeiros absurdos, jurando por Deus que têm certeza do que dizem de Lula e do PT, o tal "juiz" também as repete.

Alguns dos procuradores - cooptados, ou não - também esbravejam suas loucuras e crêem firmemente naquilo. Seja porque sua crença política é outra (são militantes do capitalismo selvagem, por terem se introduzido em situação de vida que os distanciou e faz até odiar a gente comum), ou porque são pulhas, homossesuais enrustidos, ou até bandidos por índole mesmo. 

Nada disso (ou tudo isso - sei lá!) tem importância para o objetivo final: Lula vai ser, sim, condenado; o Brasil vai, sim, ser privada do capitalismo de uma forma humilhante e estúpida, infelizmente.

Porque os mais ricos, os que detêm a riqueza do Mundo (os tais 2% da população da Terra que têm mais dinheiro do que ela toda), deixando uma migalha a ser distribuída pelo restolho da civilização assim exigem. E os traidores-de-plantão, servindo-se dos cooptados, fazem todo o serviço sujo, pensando que também farão parte do butim dos ricos.

Sabendo que isso não é consolo, previno: o Brasil não será o único. Tão logo capitulemos aos ladrões-de-sempre, outros países serão cooptados (alguns já até começaram a ser) e a lenga-lenga se repetirá aqui e acolá. O Brasil é apenas a bola-da-vez.

Sei que isso não consola a ninguém que enxergue um palmo adiante do nariz, mas chegará fatalmente o momento e o dia em que  - com muito sangue, é verdade - os habitantes da Terra, que ainda enxergam um palmo adiante do nariz, lutarão até que não haja mais a excrescência da desigualdade mundial, com base na pilhagem e no roubo das riquezas legítimas de cada nação.

Quem viver verá!

Seu voto: Nenhum
imagem de anôr de carvalho
anôr de carvalho

a fortuna de Lula na Forbes

Pode confiscar a camionete ... Lula vai andar nos braços do povo !!!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Moro hoje deu um atestado de

Moro hoje deu um atestado de bons antecedentes ao Lula.
Para quem tem mais de 30 anos de vida pública, e possue um patrimônio em torno de 1,5mih, só pode ser honesto.
Esse valor meuitos políticos devem receber de corrupção em uma semana .
Os adversários do Lula na campanha de 2018 estão perdidos. Como poderão chamar o Lula de corrupto
Moro só se ferra com o Lula. Deve sonhar até hoje com a voz rouca do Lula depois daquela audiência em Curitiba.

Seu voto: Nenhum (11 votos)

Estou de saco cheio por tudo que vem acontecendo no país, e nós democratas, não fazemos nada.

Eu inclusive. Parece que estamos todos anestesiados, que fomos dopados. Mas essa lombra vai passar e vamos acordar.

Eu creio !!!

gAS

imagem de marieta
marieta

O ALGOZ DE LULA

Abstração 1-  No filme Amadeus1984 ‧ Drama/Comédia dramática-O algoz de Wolfgang Amadeus Mozart acabou seus dias enlouquecido. Perseguiu Mozart   incansavelmente até a morte . Nutria uma inveja pelo rapaz, digna de comparação à obsessão que assola  o magistrado de curitiva..Alguém sabe o nome desse carrasco? pergunta sarcástica, pois "não vem ao caso".

abstração 2- "Sob tortura, Savonarola confessou que havia inventado suas visões e profecias e  foi  condenado  à morte por enforcamento e a ser queimados em praça pública"(Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre).

O savonarola tupininquim já queima em praça pública!  Enlouquecido,  já confessa seus desmandos.Suas sentenças recheadas de equivocos juridicos( contestadas por ele mesmo em seus embargos ) não se sustentam à luz da verdade .Sob o crivo de verdadeiros juristas comprometidos com a defesa dos direitos fundamentais e a defesa dos direitos humanos alicerce de toda democracia suas teses esdrúxulas se esvaem.

Cruel realidade- Assim também constará na história dessa republica bananeira. 

Irmãos e irmãs, nós brasileiros não podemos nos covardar e permitir  que tamanha desgraça seja cometida em solo nacional. CONDENAÇÃO SEM PROVAS.NUNCA!

Seu voto: Nenhum

 O VAGABUNDO SÉRGIO MORO E O

 O VAGABUNDO SÉRGIO MORO E O JORNAZISMO DA MALDITA GLOBORCRIM CONSEGUIRAM PROVAR QUE LULA NÃO ENRIQUECEU,IMBECIS! O QUE MORO ROUBOU DE LULA NOS FAREMOS UMA COLETA E TRIPLICAREMOS SEU PATRIMÔNIO,NÃO EM SEU NOME OU O LADRÃO DA PREFEITURA DE MARINGÁ,DO BANESTADOI E DA APAE ROUBA TAMBÉM.MALDITA GLOBORCRIM SEU FIM SERA TRISTE.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Gowalker
Gowalker

Antonio A B Neto

A mesma coisa acontece comigo.
Não sei como tudo isso vai acabar.

Seu voto: Nenhum

NÃO BASTA AO CAIPIRA DO

NÃO BASTA AO CAIPIRA DO MISSISSIPPI SÈRGIO FERNANDO MORO O PORCO MAÇÔNICO E SUA QUADRILHA DE PROCURADORES ROUBAREM DA PREFEITURA DE MARINGÁ,DO BANESTADO,DA APAE AINDA ROUBAM DE LULA.SÉRGIO MORO É UM VAGABUNDO,BANDIDO,AGENTE DA CIA E TRAIDOR DA PÁTRIA E SOMENTE A LUTA ARMADA VAI NOS LIVRAR DESSA TOGA MALDITA E DESSA MÍDIA NAZISTA QUE AMEDRONTA O BRASIL.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Seu comentário conseguiu

Seu comentário conseguiu aliviar, um pouco minha raiva. "Porco maçônico" foi excelente!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Luciano Lira
Luciano Lira

Espero que Moro e a globo

Espero que Moro e a globo pague por todas suas injustiças. Quanto ao presidente Lula, por ser uma pessoa honesta e de bom caráter, podemos arrecadar esse dinheiro pra ele. Só pedimos que o STF deixe o dinheiro aplicado em uma conta em separado e quando for derrubada todas as injustiças do Moro, pode de minha parte doar esse dinheiro para entidades carentes. Dezesseis milhões para mais de setenta milhões de brasileiros doando cada um 1 real vai ser fácil.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de João Grilo
João Grilo

MORO se desmorona...

ACOSTUMADO com os ladrões amigos, padrão Aécio et caterva... SIFU!!!

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Maya
Maya

Esperem

logo ele vai fazer alguma acrobacia juridica e dar um jeito de confiscar de novo os tablets dos netos pra complementar o montante...

Não tem jeito, em 89 era a aparelhagem sofisticada de som (um três em um....), agora o triplex...a motivação maior é  a crença que um "nordestino, pau de arara, analfabeto, operário sem dedo" não podia ser presidente, quiça o melhor presidente que o país já teve...dói muito nesse pessoal, vcs tem que entender esse tipo de reação...

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Antonio A, B, Neto
Antonio A, B, Neto

Eu desisti, o Lula está

Eu desisti, o Lula está cercado por todos os lados, dificilmente escapará de uma condenação definitiva, é odiado com baba nos lábios pela direita e pelos que foram derrotados de forma humilhante em quatro eleições seguidas, é o inimigo a ser abatido, é tratado como uma besta-fera pelos inimigos, o Moro odeia o Lula, isto é visível nas suas manifestações, é um fato cristalino, está nas entrelinhas da sua sentença, melhor do que se ele tivesse declarado textualmente.

Fui atacado de forma contundente por um membro da minha família esta semana porque defendi o Lula e critiquei o Bolsonaro,  o sujeito é militar e está completamente contaminado pelo que divulga a mída, a Globo, uma pessoa que já até votou no Lula, pensa agora que ele é um corrupto e o Moro um herói que salvou o Brasil da corrupção.

Os militares, inclusive os da PM e dos bombeiros estão em sua maioria com o Bolsonaro e trabalham para influenciar seus familiares para aderirem ao brutamontes.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de evandro condé de lima
evandro condé de lima

Quem se lembra

Quando se dizia que tar era medida de inteligência

Seu voto: Nenhum
imagem de Salander
Salander

Lula

Não desista! Desejo publicar na minha página teu comentário.Posso fazê-lo?
Abçs

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Marcos K
Marcos K

Perguntem para esse asno de

Perguntem para esse asno de juiz cadê o resto da grana. O FBI deveria saber e avisar.

Na boa, esse juiz é o mais imbecil que puderam achar. Com o confisco Moro se encarregou de mostrar que Lula não tem o patrimõnio que todos os coxinhas da classe média imbecil acreditam piamente que ele tem.

Agora, se tivessem pedido o confisco dos bens do Aécio, FHC, Serra... Porque esse juiz covarde e parcial não fez isso?

Seu voto: Nenhum (10 votos)

posso responder? agradeço

só pode ser porque ter dinheiro é não precisar se preocupar com perseguição política

quantas vezes já mostrou que finge não ver que tucanos têm muito mais do que declaram?

Seu voto: Nenhum (5 votos)

se não é prostituição da função...

já podemos dizer que é justiça no chute

Seu voto: Nenhum (5 votos)

ainda não...

mas que parece estar codificado de forma sequencial, parece..................................

acusação e juízo desproporcionais, indício de que inicia jogada que ele mesmo conclui

para uns muito acima e para outros muito abaixo, isso não é modo de se concluir de processos

é pessoal

Seu voto: Nenhum (3 votos)

idoneidade

Vingativo e burro. Este confisco acaba de dar o atestado de idoneidade ao Lula. Imóvies que já tinha antes de 2002 e valores em conta totalmente compatíveis com os cargos que ocupou.

Seu voto: Nenhum (8 votos)

perfeito...

outra que podemos concluir desse juiz é que o maior poder da vingança é o de multiplicar os erros do vingador

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de WG
WG

A operação MÃOS SUJAS, porque

A operação MÃOS SUJAS, porque enlameou  para todo o sempre o judiciário brasileiro, obteve um único êxito: comprovou a honestidade do ex-presidente Lula. 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

CONFISCO DE BENS DE LULA

O juiz acusador determina o confisco de todos os bens de Lula,nem perto do valor atribuido no processo, baseado em convicções, explanacionismos = conversa mole para boi dormir, e a palavra de um "delator pressionado" em testemunho informal, isto é, diz o que quer, contra o testemunho de dezenas de outras pessoas. Inclusive testemunhas de acusação. Anota que notícia em jornal é prova ! Será a tal "literatura" que permite a  condenação de petistas ?

Mas.

- do delator "para chamar de meu" ,  desde os tempos do caso Banestado - que deu em nada, será porque não tinham petistas no rolo ? - criminoso confesso e reiterado, pouco saiu perto do patrimônio atribuido,

- dos demais "delatores pressionados" igualmente confiscou  parte substancialmente menor do que os produtos da corrupção.

Mas se tem na conta de imparcial

Com tanta e exuberante "imparcialidade" leva a Magistratura brasileira à vergonha internacional.

O que dirão os verdadeiros juízes ?

Vade retro satanás !

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Milton Murilo

Canalhice

Juizinho rancoroso e mau caráter....

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Henrique Finco

imagem de jose adailton v ribeiro
jose adailton v ribeiro

Otimistas

A condenação de Lula só inflou sua campanha eleitoral. Mas não se enganem , a decisão na segunda instância , por mais que seus aliados menosprezem, desvalorizem e subestimem a isenção do nosso poder judiciário, os movimentos populares dos lulistas e petistas em nada influenciarão a decisão dos desembargadores.No entanto, da galera ,  numa visão melhor sabemos que 2018 está garantido. E depois , na eleição , vai haver para muitos eleitores o tal de,  não tem tu , vai tu mesmo. Uma lavada?

Seu voto: Nenhum

Os pedalinhos e o iate de

Os pedalinhos e o iate de lata escaparam?

Seu voto: Nenhum (13 votos)

600 mil para alguém como Lula...

fica mais do que provado que todo o dinheiro que recebeu foi utilizado dentro de limites legais e morais

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Justiça ?

Onde, quem, quando ?

Seu voto: Nenhum (5 votos)

lenita

imagem de Rogério Bezerra
Rogério Bezerra

20 anos atrás... Empresários

20 anos atrás... Empresários passavam malas com dolares de dois e dois meses prá fora. nunca foram incomodados...

Tudo passava dentro dum aeroorto e entrava nos isteites com cobertura lá também maiâme e  boston...

Deve ser mentira, empresários nacionais são todos honestos! A puliça e o "judiário" também!

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Casos como esse nos remete à

Casos como esse nos remete à discussão acerca da conveniência de um foro por prerrogativa de função(que alguns denominam inapropriadamente de "privilegidado"). 

O "Caso Lula", que certamente está predestinado a ser inscrito como um dos mais dramáticos da história do país, e mais especificamente no rol dos processos mais complexos e emblemáticos do Judiciário, cabe como uma luva nessa discussão.

Vejamos: como se entregar nas mãos de um Juízo singular, mesmo se tratando de crimes ditos "comuns", processos envolvendo um ex-presidente da República por dois mandatos? "Comuns" só por enquadramento técnico porque em casos específicos, a exemplo desse de Lula, há conexão indubitável com um cargo de natureza política. 

A demagogia barata que permeia o debate em todas as esferas do país contamina o exame racional dessa questão tão crucial. Sem minimizar a importância nem a capacidade técnica dos juízes singulares, é cristalino que dada a estatura política e institucional de um ex-presidente da República caberia a um orgão colegiado, mas precisamente o Supremo Tribunal Federal, a missão de julgá-lo seja qual for a motivação. 

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Naldo
Naldo

Até agora Lula foi o unico

Até agora Lula foi o unico presidente julgado em instância inferior, isso não valeu nem para o sarney qye foi presidente há decadas. Acredito que isso tambem se deve a falta de reação mais energica dos trabalhadores, se houvesse uma revolta mais agressiva alguem do stf já teria tomado providencias. Como está é condenação em segunda instancia e ninguem vai perder o sono por isso: e por falar em stf por onde anda o "prestigiado"? Está ocupado com a lomam-mamãe???

Seu voto: Nenhum
imagem de bonobo de oliveira, severino
bonobo de oliveira, severino

Novo fenômeno do neo capitalismo judicial.

O ilustre Nassif já observou que a criatividade do Moro e seus comparsas não tem limites nem na LEI, nem na moral e nem na ética e nem na decência, princípios tão caros e valorizados na formação da população mais pobre.

"O fantástico juiz Moro conseguiu criar a figura jurídica da lavagem de apartamento sem transferência do bem e sem a existência de uma offshore."

http://jornalggn.com.br/comment/1118570

Deve ter-se inspirado no exemplo dos magistrados mais supremos do supremo que já haviam criado um novo fenômeno social que talvez venha a ser descrito pelos estudiosos de uma nova forma do capitalismo neoliberal, que os delinquentes de Curitiba aprendem nos isteites. Trata-se do CORRUPTO POBRE. Esses caras de tão bandidos que são, esconderam tão bem o produto dos seus atos de corrupção, que nem eles mesmos poderão jamais conseguir saber onde é que foi parar o dinheiro que roubaram. Mas, que roubaram, roubaram! O Moro e os palhaços do STF garantem!!

 

 

 

 

 

 

 

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Moro se autodestrói...

mais uma vez provou que o seu juízo não tem o peso e a medida certa

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de cícero Lobato
cícero Lobato

Uai Nassif

Por que ele não confiscou o TRIPLEX?

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Mariano S Silva
Mariano S Silva

É verdade! Isso prova que o

É verdade! Isso prova que o canalha tem certeza que da não propriedade do bem!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Ale Nogueira
Ale Nogueira

Peraí mas esse apartamento é meu!

Correria o risco do verdadeiro dono aparecer para reclamar.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Celso Paulo da Silva
Celso Paulo da Silva

Agora bateu a síndrome de

Agora bateu a síndrome de vaca louca no loque de curitiba. Depois que alguém afirmou que o Lula só não será candidato no caso de unanimidade da segunda instância e os juristas sérios resolveram escrachar num livro a sacanagem da sentença do triplex, o louco pirou de vez. Quer por que quer mostrar serviço pra casa grande. só que ele se esqueceu que num programa eleitoral de apenas cinco minutos por dia, em uma semana o Lula mostra a sacanagem total que sofreu  a partir do ódio desse pseudo magintrado. Acho que é melhor mandarem internarem de vez esse desequilibrado de toga.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de twoprong
twoprong

Já chega de apenas contemplar

Já chega de apenas contemplar toda essa farsa.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

600 mil

pouco menos que 6 salarios do amigo do traficante e esposo da ladra

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Marcia Eloy
Marcia Eloy

Lula

Acho que tem que acabar o PT paz e amor e começar outros métodos, jurídicos, políticos e o que mais seja...

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.