Revista GGN

Assine

osmar terra

Ministro do Desenvolvimento é mais "generoso" com o próprio estado

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - O ministro Osmar Terra, do PMDB do Rio Grande do Sul, tem sido muito "generoso" com o próprio Estado e deixado de lado outras localidades, inclusive mais carentes, na hora de liberar verbas do Desenvolvimento Social. É o que diz Leandro Mazzini, em sua coluna no jornal O Dia, nesta segunda (17).
Média: 2 (4 votos)

Temer cortou Bolsa Família de Cícero, que sustenta 5 pessoas com R$ 168 per capita

Jornal GGN - Uma reportagem do porta Gazeta Web mostra os efeitos do "pente-fino" promovido pelo governo Temer no programa Bolsa Família na vida de beneficiários de Alagoas. Ou melhor: ex-beneficiários, porque com as mudanças promovidas pelo novo Ministério do Desenvolvimento Social, a família de Cícero, que tem cinco pessoas, que gera no máximo R$ 168 per capita (quando trabalha 7 dias por semana, ganhando R$ 30), com alguns bicos do patriarca, teve o atendimento suspenso.

Lais dos Santos, mãe de duas crianças, também foi cortada do Bolsa Família. A desculpa foi que sua documentação era insuficiente para permanecer no programa.

O governo Temer anunciou, em novembro, uma nova base de dados para fazer vistorias no Bolsa Familia. Com isso, em apenas um mês, mais de 1 milhão de beneficiários foram prejudicados com a justificativa de que estavam em situação irregular.

Ao contrário do que fazia o governo Dilma - atualizações anuais de cadastro, para evitar prejudicar famílias com falsas sensações de melhoria de renda num mês mais comercial, como novembro e dezembro - Temer quer promover pente-fino no Bolsa Família todos os meses. O MDS já estimou tirar mais 1 milhão de pessoas do atendimento no início de 2017.

Leia mais »

Média: 3 (4 votos)

Governo e setores da mídia e Judiciário constroem narrativa contra o Bolsa Família

Jornal GGN - Na semana passada, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) do governo Michel Temer anunciou que fez o "maior pente-fino da história do Bolsa Família" e disse ter detectado uma série de irregularidades que levaram ao cancelamento imediato de quase meio milhão de benefícios. Sem mais detalhes, outros 654 mil foram suspensos por três meses, obrigando os beneficiários a procurar as prefeituras, verdadeiras gestoras do programa, para "regularizar a situação". 

Foi com uma mudança no método de cruzamento de dados dos beneficiários que o governo Temer conseguiu reduzir o Bolsa Família em 8% em apenas um mês.

Ao atingir 1,1 milhão de assistidos pelo programa de transferência condicionada de renda criado por Lula, o governo diz ter gerado uma economia anual de R$ 2,4 bilhões. O volume pode dobrar nos primeiros meses de 2017, pois o MDS já projetou que o corte pode atingir outros 1,4 milhão de beneficiários, com o mesmo discurso de combate a fraudes avalizado por figuras como Gilmar Mendes.

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

MPF alia-se a Osmar Terra para carnavalizar a Bolsa Família

Ao tratar indícios de inconsistências do banco de dados do Bolsa Família como fraude, o Ministério Público Federal aliou-se ao suposto Ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, e ao Ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), para um objetivo comum: desqualificar o Bolsa Família para facilitar, em um ponto qualquer do futuro, uma redução drástica nos objetivos.

Há duas explicações para o fato de apresentarem como irregularidades meras inconsistências encontradas no BD: despreparo ou má fé.

No caso de Osmar Terra seguramente má fé e uso eleitoral das estatísticas. No caso do MPF, um misto de ambos visando engordar as estatísticas. O resultado final é o mesmo: tentativa de desqualificação do BF.

A maior prova da intenção do MPF são as semelhanças entre o pente fino do BF e da Receita Federal. Em ambos os casos, os dados são auto declaratórios – o beneficiário ou contribuinte informam. O batimento de bancos de dados permite identificar inconsistências nas declarações. Há uma enorme distância entre inconsistência e fraude.

Leia mais »

Média: 4.7 (21 votos)