Coronavírus: Pacote contra coronavírus pode atingir R$ 1 trilhão, segundo Guedes

Embora valor seja o maior já anunciado pelo governo, ministro da Economia não detalhou onde todos esses recursos serão aplicados

Foto: Alan Santos/PR (via fotospublicas.com)

Jornal GGN – O pacote de enfrentamento à crise criada pelo novo coronavírus pode chegar a R$ 1 trilhão, segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, em pronunciamento realizado no Palácio do Planalto. O valor é o maior já anunciado pelo governo.

Por traçar um gasto de R$ 1 trilhão durante a pandemia, Guedes disse ainda que o rombo das contas públicas pode chegar a 6% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil neste ano.

Guedes não detalhou como os recursos serão empregados, mas ressaltou o impacto de uma das medidas já anunciadas pelo governo nessa conta: o benefício de R$ 600 aos trabalhadores informais. O custo da medida chega a R$ 98 bilhões.

Outras projeções efetuadas envolvem o direcionamento de R$ 88 bilhões em auxílios para os estados e municípios; R$ 51,2 bilhões no programa de proteção ao emprego, que assegurou o pagamento do seguro desemprego aos trabalhadores que tiverem o salário reduzido durante a pandemia; R$ 36 bilhões com a linha de crédito que vai financiar a folha de pagamento das pequenas e médias empresas nos próximos dois meses; e R$ 3 bilhões com a ampliação do Bolsa Família durante a pandemia do Covid-19. As informações são do jornal Correio Braziliense.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Coronavírus: Estado de São Paulo registra 6.999 casos em 24 horas, um recorde

3 comentários

  1. Patife farsante só fala o deficit publico dos USA é 110% do PIB de dezena de Trilhões com SELIC zero pois lá Banco não faz agiotagem e dinheiro é meio de troca não fim em si mesmo pela usura. Tivesse dignidade é vergonha na cara pedia as contas e ia embora para o diabo que o carregue antes que o povo de revele e queira linchar ele e Bozo em Praça Pública.

  2. É gente! O custo é diretamente proporcional ao número de pessoas que necessitam. Se algo tivesse sido feito por esses trabalhadores antes, menos pessoas iriam precisar agora. É melhor entregar o dinheiro que é público para a população do que nas mão de bancos privados, assim como está sendo feito pelo governo federal sem tanto espanto ou alarde.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome