Invasores deixam embaixada da Venezuela após 12 horas

Homens uniformizados apoiadores do opositor Juan Guaidó invadiram o local por volta das 5h desta quarta-feira (13)

Cerca de 300 apoiadores do presiden Nicolás Maduro permaneceram durante todo o dia em frente à embaixada protestando contra a invasão / Erick Gimenes

do Brasil de Fato

Invasores deixam embaixada da Venezuela após 12 horas

por Erick Gimenes

Militantes do deputado autoproclamado presidente Juan Guaidó se retiraram voluntariamente da embaixada da Venezuela em Brasília, por volta das 17h30, após mais de 12 horas de invasão. Eles saíram por trás do prédio da embaixada, escoltados pela Polícia Militar.

A decisão foi tomada depois de horas de negociação entre Tomás Silva, representante dos militantes, e Maurício Correia, representante do Itamaraty.

Logo que souberam da saída, centenas de apoiadores do governo de Nicolás Maduro, que se aglomeravam em frente à embaixada, comemoraram com gritos a favor da democracia e da soberania da América Latina.

O encarregado de negócios da embaixada em Brasília, Freddy Efrain Meregote Flores, representante do governo venezuelano no país, agradeceu a solidariedade dos apoiadores brasileiros que estiveram no local e exaltou a vitória contra o ataque sofrido (Foto: Erick Gimenes)

“Quero agradecer, em nome do meu presidente, legitimamente constituído, como é o presidente Nicolás Maduro Moros, à solidariedade do povo brasileiro. Hoje, eficazmente, conseguimos reverter o ataque por uma turma de pessoas que é inimiga do processo bolivariano que se dá na Venezuela”, declarou o embaixador Freddy Efrain Meregote Flores, após a saída dos invasores.

Edição: Rodrigo Chagas

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Esquinas Calientes: Geopolítica do bairro venezuelano

1 comentário

  1. Só existe uma razão para que os invasores não tenha sido detidos para identificação e depoimentos.
    As autoridades brasileiras não precisam.
    Porque não interessa ou porque sabem de tudo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome