As microesculturas de Willard

Do Portal Luis Nassif

Por Paulo Gurgel Carlos da Silva

Do Blog EntreMentes

Willard Wigan dedica-se a uma arte minúscula. Suas esculturas são tão pequenas que, muitas vezes, elas são apresentadas no buraco de uma agulha. Literalmente.

Ele trabalha minuciosamente até tarde da noite, quando as vibrações de tráfego são mínimas e seu pulso é mais lento, e assim ele pode esculpir com menos tremores nas mãos.

“Tudo começou quando eu tinha cinco anos de idade”, disse ele. “Eu comecei a fazer casas para as formigas, porque eu pensava que eles precisavam de um lugar para morar. Então, eu lhes fiz sapatos e chapéus. Era um mundo de fantasia para o qual eu escapava. E foi assim que minha carreira como microescultor começou.”

Suas ferramentas incluem um pincel formado a partir de um pelo da parte de trás de uma mosca morta.

O trabalho deste artista já foi aqui divulgado na postagem Microesculturas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora