O fim da aventura pós-soviética de Pedro Parente, por Luis Nassif

Foto: Agência Brasil

Por Luis Nassif

Encontrei pela ultima vez Pedro Parente meses atrás, em uma padaria dos Jardins. Aparentava ar cansado e estava a caminho do hospital. Nos cumprimentamos formalmente.

Conheci-o, e bem, no governo Fernando Henrique Cardoso, substituindo Clóvis Carvalho na Casa Civil. Era, de longe, o técnico mais preparado. É injusto taxá-lo de “pai do apagão”. Na verdade, coube a ele coordenar a Câmara que tentou resolver o imbróglioinfernal criado por FHC, com a desregulamentação do setor elétrico, que promoveu um choque tarifário similar ao que Parente tentou reeditar com o petróleo agora.

Historicamente, grandes funcionários públicos se tornaram executivos de grandes grupos econômicos. Nenhum mal nisso. Durante muito tempo, Banco do Brasil e Itamarati tiveram os melhores quadros técnicos da República. Muitos deles passaram a servir o setor privado sem perder a perspectiva de país.

Não foi o caso de Parente.

Sua atuação na Petrobras teve um mérito inegável: serviu para expor as vísceras de um modelo de corrupção público-privado que, nos tempos modernos, só encontra paralelo no que aconteceu na ex-União Soviética – e, antes disso, com o setor elétrico brasileiro.

Por aqui, a descontratação da energia das hidrelétricas significou uma explosão nas tarifas, tirando completamente a competitividade de setores relevantes da economia. Depois, a privatização para um bando de aventureiros internacionais, que abriam empresas em paraísos fiscais e tomavam financiamentos amplos do BNDES, dando como única garantia as ações das empresas privatizadas. Aliás, esse saque consumou-se no caso Celmar, adquirido pela Equatorial – do grupo Lehman – já no governo Lula. O resultado foi a crise de 1999, obrigando o país, como um todo, a pagar pela corrupção instalada no governo FHC.

Leia também:  Financial Times: investidores estrangeiros se afastam do Brasil, por Cesar Locatelli

Na Petrobras, a ação de Parente foi mais escandalosa. Elevou os preços dos derivados para viabilizar a importação e criar uma capacidade ociosa nas refinarias, de maneira a comprometer seus resultados e facilitar a venda.

Para uma empresa sem problemas de crédito no mercado, passou a queimar ativos usando o falso argumento de que a Petrobras estaria quebrada. Teve participação ativa na mudança da legislação do petróleo, ajudando a enterrar todos os investimentos feitos na indústria naval.

A estratégia de desmonte da Petrobras, no entanto, mostrou suas limitações. Era o gerentão, capaz e fazer andar um projeto desde que o CEO lhe desse as referências. Quando coube a ele montar a estratégia, o resultado foi o desastre, que não apenas desmascarou a corrupção soviética instalada no país, como acabou de vez com a farsa de Michel Temer.

E ainda deixou rastros que, em algum momento, deflagrarão investigações do Ministério Público. E sem poder recorrer à vara de Curitiba, de seu amigo Sérgio Moro.

 

 

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

88 comentários

  1. Nassif é um otimista

    Nassif é um otimista incorrigível. Prova disso são as duas linhas do último post. Há uma lei pétrea invisivel no Brasil que diz que tucano e os que ajudaram a ferrar o país nunca vão se dar mal. Azeredo é apenas a exceção que confirma a regra. Parente nunca pagará por seus erros, provavelmente morrendo num apê caro de NY, enquanto Lula sairá só morto da prisão de Curitiba. 

    • Azeredo

      Azeredo está num quartel  dos Bombeiros, prédio tombado pelo patrimônio Histórico e com todo conforto, a 1 kim de casa de onde recebe refeiçoes e toda mordomia além de visitas a qualquer hora e de qualquer pessoa que queira.

      Ele não está numa prisão, apenas fazendo um retiro espiritual com toda proteção dos militares mineiros. Milhares de mineiros com vida precária e vítimas de violência gostariam de estar no lugar dele

      • Sim, no papel Azeredo e Lula

        Sim, no papel Azeredo e Lula estão presos. MAs, como ele é tucano, sua prisão é só pra inglês ver rs 

  2. A moita de Serra e a CPI da Petrobrás.

    Para mim parente era a moita atras daqual Serra se escondeu todos esse tempo.

    Sozinho ele não tinha cacife para se sustentar na petrobras, nem em nome do partido.

    A Petrobras tornou-se um curral do Serra.

    Este já deve ter outro nome para indicar para o posto.

    O Serra é a eminencia parda das petroleiras e o parente seu testa de ferro.

    É bastante curioso e sintomático, que o senador ficou sumido durante toda a crose dos caminhoneiros e ninguem o procurou.

    O que defenestrou Parente não foi os caminhoneiros apenas, mas principalmente a CPI da Petrobras, que está a caminho ou pode esfriar agora.

    Vamos ver se o Serra assina, se a CPI anda ou se dá para tras agora, com a asida de panrete.

    A meu ver, agora é que tinha que alavancar a CPI.

    Parente é bode na sala, retirado em troca da paralização da CPI.

  3. Cartas de Pasárgada…

    Aqui ao lado de duas das meninas do sabonete Araxá (a terceira foi até a venda comprar querosene para as lamparinas), eu estou estupefacto com o sincericídio nassifiano, ei-lo:

    (…)Historicamente, grandes funcionários públicos se tornaram executivos de grandes grupos econômicos. Nenhum mal nisso. Durante muito tempo, Banco do Brasil e Itamarati tiveram os melhores quadros técnicos da República. Muitos deles passaram a servir o setor privado sem perder a perspectiva de país.(…)”

    A pergunta é:

    De qual país ele (Nassif) fala?

    Sim, o trecho acima é só uma (dura e cruel) confissão daquilo que já sabemos: o capital captura o Estado e o Estado serve ao capital.

    ‘Tá soda ler esse blog em alguns dias!

    Mas o suprassumo foi colocar esses senhores proxenetas do bordel mercadista na categoria “funcionário público”, ao lado de adjetivos de grandeza.

    É um sonoro tapa na cara de todos nós, funcionários públicos (os de verdade) que sustentamos com nossos esforços o serviço público e ao público, levando a culpa de tudo, sendo esfolados e tratados como vilões do equilíbrio fiscal.

    Só para embarcar no que disse Nassif: 

    O Banco do Brasil e os “seus grandes funcionários” construíram um país onde o crédito concentrou renda nas mãos de latifundiários-grileiros, enquanto a pequena economia familiar (sim, aquela que produz 80% do feijão, 70% dos ovos e talvez quase 90% do leite) virou quase atividade criminosa!

    O Itamarati e seus “grandes bambis” nos legaram uma síndrome de vira-latas que só foi possível demover com a coragem anti-diplomática de Celso Amorim e do outsider Marco Aurélio Garcia. 

     

    Se queria dar uma espinafrada (merecida) no mercado-boy parente, não precisava lamber  tanto antes.

    Mas aí eu estaria pedindo demais, estaria querendo que Nassif deixasse de ser…Nassif.

    Tudo bem. Fazer o quê?

     

    • Que tal estas duas:
      “Aliás,

      Que tal estas duas:

      “Aliás, esse saque consumou-se no caso Celmar, adquirido pela Equatorial – do grupo Lehman – já no governo Lula.”

      “o resultado foi o desastre, que não apenas desmascarou a corrupção soviética instalada no país,”

      • A emenda e o soneto.

        Primeiro, uma horrorosa capitulação ideológica para associar o ocaso soviétivo com o modelo de corrpução capitalista que se entranha no aparto de Estado e se serve dele, o que se aprofundou no modelo pós-URSS, com Yeltsin e agora, com Putin e as máfias e oligarquias russas encravadas no desmonte do setor de energia e bélico.

        Depois, a noção equivocada que o saque do Estado se deu de forma pior agora.

        Nada, a malta do psdb, da qual parente é prócer, ainda não explicou a privataria da década de 90.

        “Grandes funcionários públicos” foi demais.

        Deixa para lá, Jossimar, não se incomode com minhas ranzinices.

  4. Esse canalha teria que ser

    Esse canalha teria que ser investigado pelo MPF, mas isso já é querer demais. Parece que dessa vez a direita se ferrou e a globo ficou com a brocha na mão. Por vias tortas os caminhoneiros fizeram um grande favor ao Brasil.

  5. *

     

    Não basta trocar o nome, é preciso pensar a Petrobras para o povo brasileiro, diz FUP

     

    Leonardo Fernandes, do Brasil de Fato

     

    (…) Para a diretora da FUP, Cibele Vieira, apesar da vitória, não basta mudar o nome de quem preside. É preciso uma mudança substancial na política de gestão da estatal. “A gente considera uma grande vitória das mobilizações, da greve de alerta. Agora, não adianta nada vir outro e continuar fazendo a mesma coisa. O que a gente quer é alguém que volte a pensar a Petrobras para o povo brasileiro. Não adianta colocar outra pessoa e manter o preço atrelado ao preço internacional”. (…)

     

    https://www.brasildefato.com.br/2018/06/01/nao-basta-trocar-o-nome-e-preciso-pensar-a-petrobras-para-o-povo-brasileiro-diz-fup/

     

     

  6. Não sejamos tolos. Pedro

    Não sejamos tolos. Pedro Parente foi vitorioso na sua tarefa.

    Deve estar sendo festejado por todos os que ganharam muito com sua política. E não foi o povo brasileiro.

    Não basta comemorar a saída de Pedro Parente. Não é a primeira vez que ele fode com o país.

    Seria preciso uma boa e profunda investigação para se comprovar quem realmente ganhou e quem perdeu.

    Outros Pedro Parente estão por aí na espreita, doidinho pra assumir e completar o ciclo.

    • Ele mesmo, depois desses sete

      Ele mesmo, depois desses sete meses sabáticos, estará pronto para voltar. E voltará. Com mais poderes ainda. Alguém duvida?

  7. Saida
    Antes de mais nada desculpas pelos termos, mas e bem ilustrativo.
    No futebol quando alguem joga ruim a torcida fala: pede para cagar e sai!!!
    O Parente (nao meu) cagou tudo e depois pediu para sair.
    O unico que nao pode atender a torcida e o Temer, esse tem que ficar, ate o fim, fazendo cagadas o cargo.
    Quero saber se vao devolver os roubos, venda (doacao) dos ativos da Petrobras.

  8. Sai um Parente,entra
    Sai um Parente,entra outro.
    Está família é grande demais.
    Agora,além de exigir a mudança da política de preços, é preciso a instalação de uma CPI para verificar o tamanho do assalto ao bolso dos brasileiros e também quem ganhou com isso,inclusive com o sobe e desce da bolsa de valores.

  9. É simples, se tem psdb tem
    É simples, se tem psdb tem crise, caos, desabastecimento e prejuízos multimilionários.
    O psdb fez a Petrobras perder centenas de bilhões em valor de mercado, parou o Brasil, outra centena de bilhões em prejuízos.
    Escolas e universidades paradas, doentes sem atendimento, vários setores paralisados. Animais mortos, inflação a caminho..

    A dica é, nunca mais votem 45!

    • Aventuras Oligarquicas é melhor

      Reflefe melhor os ideologismos dos neoliberais de araque depois da queda do regime Soviético

  10. Aquele que entrar no lugar do

    Aquele que entrar no lugar do Parente deve dar um fim à política idiota de aumentos diários, mudando a periodicidade para mensal, por exemplo. Essa alteração é para acalmar a população. Como o André Araújo já disse, os contratos de petróleo não são reajustos com periodicidade diária. O repasse imediato das variações era apenas uma forma de gerar mais uns milhões para o caixa da Petrobras, repassando imediatamente aumentos para o faturamento que só iriam mesmo se refletir nos custos, alguns meses depois.

    O que realmente impacta nos preços absurdos dos combustíveis é a troca, cada vez maior, do refino local para a importação de derivados, além do alinhamento dos preços do petróleo extraído internamente com os valores internacionais, quando na verdade, a extração nacional custa menos da medade do valor internacional do barril.

    E essa política, não vai mudar.

     

  11. Sinal de que vai ter que

    Sinal de que vai ter que regular as agências reguladoras que não regulam nada nesse modelo que foi feito para ficarem nas mãos do mercado.

  12. Regula quem?

    Sinal de que vai ter que regular as agências reguladoras que não regulam nada nesse modelo em que foram feitas para ficarem nas mãos do mercado.

    • É uma coisa que jamais

      consegui entender e aceitar é como as agências reguladoras, só trabalham para o bem  de quem deveriam fiscalizar. Depois descobri que é pq elas fazem parte dos “Conselhos” das agências. Como agora ficamos sabendo que no Conselho da Petrobras estavam presentes as grandes petroleiras multinacionais. Inclusive um conselheiro, acho que representante da Schel , havia pedido demissão do cargo , dias atrás.

      E agora podemos ter a certeza de que o governo golpista é comandado pelo PSDB , e o Temer não passa de um bocó colocado lá para aguentar as pancadas dos insatisfeitos.

      • Lenita
         

        as empresas reguladoras são o que deveriam ser mesmo:  cabrito tomando conta da horta.

        Ou você acha que uma empresa ia comprar uma estatal  sabendo que o governo poderia impedi-la de  ter lucros exorbitantes  explorando o povo?

        É um acordo de cavalheiros – a empresa finge que presta um serviço a contento para  a população e o governo por obrigação legal, através da agência  reguladora, finge que fiscaliza o serviço.

        Mas, para que não haja descontentamento das partes o governo  sempre nomeia  agentes das  próprias empresas para administrar a agência reguladora de seu setor.

         

  13. A queda dele, porém, não

    A queda dele, porém, não basta. Pedro Parente tem que ser julgado dentro de uma jaula pelo estrago que fez ao país, com direito a transmissão ao vivo pela TV. Ele é o Mikhail Khodorkovsky brasileiro e merece ser tratado com o mesmo rigor que o modelo russo em que se inspirou.

    Uma coisa é certa, Nassif. Cada nóia irá chorar a decapitação do Pedro Parente por onde mais sentir falta dele. As velhotas neoliberais (Mirian Leitão entre as tais) irão ter incontinência urinária. Os mocinhos travestidos do mercado estão com diarreia aguda.

  14. O Brasil deixou de ser alguma

    O Brasil deixou de ser alguma coisa parecida com uma nação.  Se fosse apenas parecido, esse vigarista do parente ficaria preso até morrer.

  15. Cumplicidade

    Usando o mesmo argumento que certos procuradores costumam usar, tenho plena convicção de que o MPF, ao assistir impassível à dilapidação do patrimônio da União (maior acionista) na Petrobrás, foi por omissão cúmplice da bandalheira. Ou o fato de que ela era comandada por tucano  impedia o MPF de agir, por alguma determinação divina?

  16. Nassif esta confundindo

    A era soviética  com  a esbornia de Ieltsin, pós-Polianismo de Gorbachev. Na era soviética, como na China de hoje , elementos desse naipe o destino era certo: o Paredon.

    Mas aqui no Brasil, como cantava o filósofo Kid Vinil  

    Tem gente que já nasce com a vida abençoada!

    Se perde um Ministério, sempre pinta uma Embaixada! 

    https://www.letras.mus.br/kid-vinil/1302249/

     

     

     

  17. Aconselho prudência. A saída
    Aconselho prudência. A saída desse senhor da cadeira da Petrobrás resolve metade do problema, resta saber quem será seu substituto. Se o cretino do Planalto escolher o Gustavo Franco como novo presidente da estatal terá trocado seis por meia dúzia.

  18. Adeus, parente do coiso.

    Vá chorar suas lágrimas no colo dos acionistas de Wall Street, para quem você trabalhava.  Não te queremos por aquí, já causastes muitos prejuízos aos brasileiros. Aproveita e leva Temer e Serra contigo.

    • mm

      Pagaremos pelo excesso mas leve ainda marun, maia,padilha,angorá,jucá, moro, gigi,aecio, alquimia,doria, cármen e o coroné.

  19. CEOs? Precisamos de Mais Ermírios, Feffers,… – Não Financistas

    CEOs, atualmente, saem Prontos de uma Forminha de Empada.

    Tudo igual…

    Passei por Welchs (GE), Immelts (GE), Archibalds (B&D), …

    Todos, Adeptos do “Shareholders Value Ideology – Criadores de Valor para os Acionistas”, e, Todos, Destruidores de Empresas…

    O Mundo (entenda-se, os Consumidores Inclusos) mudou?

    Sim, estamos mais Plugados (Ohhh…).

    Plugados para saber QUAL É, e onde tem, a Melhor Balada, a Melhor Cerveja, o Melhor Presunto, a Melhor Picanha…

    Estamos Plugados e, Desesperadamente, queremos estar ligados Emocionalmente a uma Empresa, a uma Marca Confiável.

    “Tem no Posto Ipiranga”, assim como tem na Pequena Mercearia do seu Zé…

    A Petrobrás Abandonou o seu Freguês.

    Trocou pelo “Mercado”…

    A Brahma criou um “0800” para o Bebedor de Cerveja tirar suas Dúvidas (teve Medinho de Proclamar, “Fazemos a Melhor Cerveja de Milho do Brasil”, rs…???)

    A Heineken se “Contenta” com a “Água, Malte e Lúpulo, e Nada Mais”.

    A Ambev Perde Mercado a Olhos Vistos.

    Põe a Culpa na Crise.

    Os Jornalistas Econômicos Acreditam.

    Talvez o Lemann, também (Afinal, não se tem Notícia que o CEO da Ambev tenha sido Demitido, depois dessa Propaganda).

    Agora, gastam Milhões para Anunciar a Mudança da… Tampinha (que Abre Redondo)”.

    A Ambev deveria Comprar uma Consultoria do nosso Rui Daher que diria:

    “Porra, seus Bostinhas”, queremos, Só, Cerveja Boa…”.

    Os Talentos/MBAs deveriam frequentar os Botecos do Rui, não os da Vila Madalena ou Manhattan.

    O Império Lemann está Ruindo e, nem o “Melhores e Maiores da Exame” vai conseguir segurar.

    Leia: 

    http://www.valor.com.br/empresas/5552781/formula-que-levou-lemann-e-3g-ao-topo-esta-sob-pressao

    “Fórmula que levou Lemann e 3G ao topo está sob pressão” (Valor de 31/05/19)

    Se o que o Artigo fala que o Lemann pensa, for Verdade, o cara tá bem por fora da Realidade do Brasil e dos USA.

    São Todos Financistas…

    A mesma Receitinha para um “Turnaround”…

    Carimbos…

    Quem viu a Fórmula Galeazzi, sabe o que o Maciel fará.

    E, assim foi com o Parente.

    Surpresas com CEOs?

    A Última Novidade foi o Rial ter Assumido o Lado B, o de Homem-Aranha…

    Você acha que o Parente, de forma Previsível, fez Estragos na Petrobrás (e, no Brasil)?

    Espere até ele Assumir a BRF/Sadia.

    Ainda Bem que o Presunto pode ser Estocado (o Tipo Parma, é Claro).

    Então, Não teremos uma Crise como a dos Combustíveis…

    Mas, INICIALMENTE, as Ações BRF (Sharehoders, lembra-se?) vão Subir.

     

  20. Boris Yeltsin

    É uma desgraça só.

    Imaginem que nós estamos vivendo a era Boris Yeltsin.

    Lá como cá a CIA teve participação decisiva para sucatear as estatais com a ajuda dos gangster da máfia russia.

    Aquí não é diferente em nada.

    Quando é que vamos ter o nosso Putin?

  21. Aos tribunais

    É preciso levá-lo aos tribunais para responder por todos os prejuízos causados ao Brasil. Este cara é um crápula entreguista que junto com a sua gangue PMDB/PSDB, não teve a menor piedade com a população desamparada. Desmontou uma empresa que levou mais de sessenta anos para ser erguida e desenvolvida, um patrimônio um símbolo da nação brasileira. Eu não minimizo isto. Qual o castigo para este elemento?

  22. O fim da aventura pós-soviética de Pedro Parente

    -> Aparentava ar cansado e estava a caminho do hospital.

    não lhes basta adoecer um país inteiro e toda sua população, sua obsessão de destruição é tão compulsiva que destroem a si mesmos.

    são os adoradores do Deus dinheiro, os fundamentalistas do Capitalismo como Religião.

    {- Millenium é a atual doutrina dos Proprietários da Humanidade: neo-fascismo, capitalismo como religião, zumbificação, anomia, Admirável Mundo Novo, Big Brother, Big Data, robótica, engenharia genética, nanotecnologia, singularidade científica, anti-Cristo…}

    alguns os denominariam de reptilianos, Illuminati, etc… nosotros retrucaríamos que a invasão alien já ocorreu desde a Revolução Industrial, quando começaram girar vorazmente os moinhos satânicos do Capitalismo.

    uma permanente Contra-Revolução Zumbi, quem em menos de 200 anos arrastou todo o planeta a uma hecatombe ecológica.

    o Capital se autonomizou. mesmo seus gestores mais disciplinados não passam de escravos. workaholics que pouco, ou nada, desfrutam de suas fortunas acumuladas. tão somente servem compulsivamente a seu Senhor, a Ele sacrificando toda sua energia vital.

    para aqueles que pretendem sobreviver, a mudança de paradigmas deve ser brutal, profunda e continuada.

    nenhum tempo pode ser mais perigoso para se viver, do que na queda de um Imperium.

    tudo está apenas começando. ou à beira de se acabar…

    .

      •  Por terem certeza de que
         Por terem certeza de que Bolsonaro será eleito, o gerelato de pijama resolveu dar um tempo na intervenção.Com o golpe o Brasil virou isso.Parabéns Globo, por trazer das trevas essa gente “honesta”

        http://rvchudo.blogspot.com/

      • A corrupção na ditadura militar era desenfreada….e abafada…

        “(…) Não abriram o bico com os papéis do Departamento de Estado norte-americano que revelavam os assessinatos políticos e não vão abrir com a descoberta de papéis  mantidos até agora em segredo pelo Reino Unido falando em corrupção justamente numa atividade militar: a contratação da construção de fragatas para a Marinha brasileira.

        http://www.tijolaco.com.br/blog/como-afunda-facil-o-discurso-da-ditadura-sem-corrpupcao/

      • Ah, vá, recurso batidíssimo

        Ah, vá, recurso batidíssimo que só funciona com criança: dizer um monte de abrobrinhas, torcer as próprias ideias na expectativa de que quem o ouve também ficará com as ideias torcidas e, no meio da fala inserir frases que contenham um “porto seguro” da lógica – “a ‘direita’ vencerá”, por exemplo – não apenas não engana mais ninguém como desacredita o próprio orador para além do que está sendo dito. E mais: com o tempo tende a deixar o próprio orador “zuretão e ranzinza”, demente babador.

        Bobo é quem acha que os outros são bobos.

        • “… não engana mais ninguém …”

          Quem dera. Alguém imaginava que o parlamento brasileiro fosse capaz de uma coreografia como aquela do impeachment? E a febre da intervenção? A globo comunista? O Presidente Lula num cativeiro da OTAN aos 72 anos por atividade subversiva no exercício da presidência da república? Não, esse pensamento “bobo” vem de muito e foi longe. Uma geléia teórica alimentou processos e embalou movimentos reais. Derrubaram o governo, demoliram a constituição, a república, a federação, comprometeram os poderes e removeram o chão da economia nacional. O que esse pensamento tem de excêntrico para o campo progressista tem de pervasivo no conservador.

          O fio dessa narrativa encontra correspondência em realidades típicas do antigo eixo militar Brasil-EUA que pareceram em algum momento superadas. A persistência desse pensamento no Brasil como lente de análise geopolitica, após a doutrina americana de Engajamento Global (sole superpower, full spectrum etc), do já distante ano de 1996, não é apenas preocupante, nem simplesmente grave, seria um desastre estratégico em si. Vendo até onde ele foi, puxa, que resultado. Nos braços da OTAN.

          Agradeço a Spin GGNauta a indicação do link à privataria tucana.

          As imagens de 64. Quando aconteceu eu morava na barriga de uma telegrafista dos correios. Ela me diz aos 80 que código morse não se esquece.

           

           

  23. Humm… “Prenda os suspeitos de sempre”

    Na “home”, soviética; aqui, pós-soviética… Mas a corrupção dos ideais e práticas soviéticos se deu através de capitalistas como Boris Yeltsin… Sim, corrompeu o estado (vertendo-o do atendimento ao povo ao atendimento a interesses privados, ainda que de parcela do povo) virou Capitalismo. Liberou a iniciativa privada para decidir o que fazer com recurso público, virou Capitalismo.

    Parente nada mais foi que um capitalista infiltrado no estado, não é isso?

    “A culpa é sempre do PT” ou coisa assim?

    • A imagem que ilustra o post é enigmática

      A imagem que ilustra o post é inigmática, parece um bêbado – decerto embriagado pelo Deus Mercado –  passa-nos a impressão de que ele Parente diminui sua face até torná-la invisível ou irreconhecível:  um mascarado..,????…….máscara  pega bem para mercenário, não para estadista….

      Sobre pós-soviético…

      Banco de sócio de Parente recebeu 2 bi….

      https://jornalggn.com.br/noticia/banco-de-socio-de-parente-recebeu-r-2-bilhoes-da-petrobras-diz-jornal

      [video:https://www.youtube.com/watch?v=QI2SKRk8SNs%5D

      São Paulo, quarta-feira, 25 de outubro de 1995
       

      Tão rindo do quê?

       

      CLÓVIS ROSSI

      SÃO PAULO – Pensei que fosse só Fernando Henrique Cardoso que se divertisse com a função de presidente da República. O “affaire” de anteontem entre Boris Ieltsin e Bill Clinton demonstra que deve ser um costume universal achar a maior graça mesmo nas piadas mais sem graça.
      Está bem que Ieltsin é chegado a provocar cenas hilariantes (para os não-atingidos), como ocorreu na semana passada com o beliscão inopinado em duas funcionárias.
      Bem que Marília Gabriela comentou anteontem que, se é assim em público, imagine-se o que não ocorre quando se fecham as portas de seu gabinete no Kremlin.
      Assim que a moda dos processos por assédio sexual chegar à Rússia (e vai chegar, pode crer, como chegaram o MacDonald’s e todas as demais quinquilharias hoje transformadas em totens do “american way of life”), Ieltsin não resistirá um mês no poder.
      Mas, pelo menos, o beliscão tinha lá sua graça pelo inesperado, o que qualquer artista de circo aprende no primeiro dia de aula. Agora, a piadinha sobre a imprensa, convenhamos, provocaria, nos mortais comuns, um mero e fugaz risinho, mais de afago no convidado do que propriamente de graça.
      E não é reação corporativa, não. Conheço um monte de piadinhas sobre a imprensa e sobre jornalistas que realmente fazem rir e representam merecido castigo aos inúmeros defeitos dessa raça.
      Mas dobrar-se de rir, até chorar, só porque Ieltsin disse que a imprensa é “um desastre” ficou ridículo, profundamente ridículo.
      Freud talvez explique. Clinton deve achar a mesma coisa, mas o ambiente do politicamente correto que o cerca o impede de usar a rude franqueza de seu colega russo. Acho até que, se estivessem na mesma sala todos os cento e tantos convidados para a festa dos 50 anos da ONU, Ieltsin sairia carregado em triunfo.
      Nesse ritmo, David Letterman, Jô Soares e o pessoal do Casseta e Planeta estão com o emprego garantido pelo resto da vida.
      Afinal, são de fato engraçados, ao passo que Clinton, Ieltsin e cia. conseguem ser apenas patéticos, mesmo que se desconsidere o fato de que são pagos para governar, de preferência bem, e não para se divertir com besteiras. 
       

      http://www1.folha.uol.com.br/fsp/1995/10/25/opiniao/5.html

       

  24. Parente foi pior que o bêbado

    Parente foi pior que o bêbado Boris Yeltsin, o pós-soviético

    A Globo e CIA conseguiram  destruir o Brasil

    Globo trata como gênio um sujeito que levou a Petrobras a perder R$ 126 bilhões em uma semana. Por Kiko Nogueira

    https://www.diariodocentrodomundo.com.br/globo-trata-como-genio-um-sujeito-que-levou-a-petrobras-a-perder-r-126-bilhoes-em-uma-semana-por-kiko-nogueira/

     

    “Não haverá qualquer interferência na política de preços da companhia. Ivan Monteiro é a garantia de que este rumo permanece inalterado”, prometeu Temer.

    https://www.esmaelmorais.com.br/2018/06/michel-temer-mantera-os-criminosos-aumentos-abusivos-da-petrobras-assista/

  25. O fim da aventura pós-soviética de Pedro Parente

    Ivan Monteiro é um dos Palocci’s Boys do BB, muito embora em si mesmos sempre tenham sido uma confraria, desde seus tempos de menudos estagiários.

    vindos dos tempos de FHC, a cada degrau mandaram às favas os escrúpulos, para galgar a hierarquia sempre fazendo o que seu chefe mandar. se for de sua conveniência, são capazes de lentamente torturar a própria mãe até a morte.

    burocratas medíocres, ostentam vaidosamente títulos e diplomas, mas seu currículo de realizações é prova incontornável de sua incompetência prática de gestão.

    espécimes legítimas de PTucanos, foram os capatazes encarregados pelos governos Lula e Dilma para manter o ambiente profissional no BB como um inferno, herança maldita de Collor e FHC.

    com o Golpe de 2016, continuaram servindo ao novo senhor. e após Bendine ter sido atirado nas masmorras da Lava Jato & Associados, os demais certamente estão mais dóceis do que nunca.

    ao se vender a alma ao diabo, o parangolé é nunca ter certeza se de fato a compra foi fechada. é o tipo do negócio que exige renovação diária.

    foi assim que o Brasil, e todos nós, acabamos no abismo sem fundo no qual continuamos a despencar.

    .

    • “espécimes legítimas de

      “espécimes legítimas de PTucanos, foram os capatazes encarregados pelos governos Lula e Dilma para manter o ambiente profissional no BB como um inferno, herança maldita de Collor e FHC.”

      Não perde uma oportunidade de alfinetar o PT, Lula e Dilma, mesmo que para isto seja preciso contar mentiras.

      É exatamente por este motivo que não gosto do pçol. É um partido que não sabe direito onde está e por isto serve de cavalo de tróia da direita golpista.

      Sobre o ambiente profissional do BB nos governos do PT tenho certeza absoluta de que foi muito diferente dos tempos de FHC e do pós golpe.

      Sempre convivi com bancários do BB e da CEF e  sei que foi totalmente diferente.

      Os governos Lula e Dilma também cobravam metas? Sim, não é errado cobrar metas por parte de quem paga o salário. Qual empresa sobrevive sem metas e objetivos?

      Além disso, nos governos do PT estes bancários não ficaram cinco anos sem aumento salarial. Tiveram ganhos reais que ajudaram a recompor em parte o poder de compra perdido nos anos FHC.

       

  26. Folgo em saver que a
    Folgo em saver que a corrupção “sovietica” na Petrobras começou só recentemente. Nos governos anteriores, a corrupção era brasileirona mesmo.

  27. “O que prometi, foi entregue”

    Quando soube dessa noticia ontem, fiquei um momento pensando que se uma greve dessa proporção pode levar um governo à lona, o que não faria uma greve geral parando o Brasil por uma semana? Não seria essa a revolução mais poderosa que um povo pode fazer face a governantes tiranos? 

    E o papel da imprensa nessa greve que se mostrou mais uma vez leviano e manipulador? Até quando a população brasilera vai tolerar que a imprensa, que deveria ser um pouco a sua voz, trabalhe claramente contra os interesses da nação e em prol apenas de seus patrões?

    Acho que essa aventura mercadista-ortodoxa ( a pressa é tanta) na qual embarcaram todo o Pais, vai nos levar, quem sabe, aos antipodes daquilo que a banca nacional e internacioal esperam transformar o Brasil.

    Parabéns aos caminheiros e aos petroleiros que tiveram coragem de começar um movimento num Pais que parece engessado em suas contradições.

     

     

  28. Se fosse num governo petista

    Se fosse num governo petista aí, sim, o “brioso” Ministério Público já estaria de pau em cima.

    A Petrobras, sua gestão e destino, é mais que assunto de governo: é de Estado. Resguardar prerrogativas econômicas de minoritários é tanto ético como legal. Mas há um limite. E estes são exatamente os interesses de uma Nação que tem nos combustíveis fósseis um insumo estratégico. Talvez só encontre concorrentes no setor elétrico e de abastecimento d’água. 

    Por um perspectiva mais ampla, esses últimos impasses envolvendo os ditos “caminhoneiro” e demissão do presidente da Petrobras se não eram previstos, eram mais que previsíveis. A nomeação de Pedro Parente para a Petrobras foi mais um lance nesse jogo do pós-golpe parlamentar, qual seja, o retorno da sanha privatista e por consequência o enfraquecimento das jóias da coroa: Petrobras, Caixa e BB.  

    Quando a “presa”(estatais), por qualquer motivo, encontra-se “ferida” aí é o momento certo para dar o bote final. O processo nada tem de sutil. Em nome do que seja, se intervem nas mesmas sob a égide de certos pressupostos: reengenharia, reestruturação, competitividade, eficácia, hipossuficiência econômica-financeira, e para o presente contexto no que tange à petrolífera, desmandos na gestão(corrupção).

    Foi o que aconteceu no Banco do Brasil nos meados da década de 90. O ímpeto neoliberal do governo FHC impôs uma reestruturação no banco muito acima do suportado por uma corporação com dois séculos de cultura oeganizacional e operacional. Claro que o excesso de ênfase escondia a própria inviabilização da estatal. Felizmente, face às reações firmes, o perfil institucional não foi modificado.  

  29. Pão e Circo

    Nassif: é aí que você peca.

    Mesmo que um Promotor desavisado resolva levantar o veu da roubalheira do trio PSDB/DEM/PPS na Petrobras (e adjacências) você acredita que vá levar a alguma coisa? Esse coitado, quando muito, vai pro ostracismo. Nem o officeboy do seu gabinete consegirá aumento ou promoção. Vai pro limbo do funcionalismo.

    Em outra hipótese, vamos supor que a grande mídia esteja sem assunto e resolva atiçar (pra venda duns comerciais), que Verdugo de piso ou da Corte embalará criança? Os de farda (principalmente aqueles do sul) mandarão recado pra não mexer nos seus. E não mexendo nos deles, que bandidos sobrarão? Podem até botar um ou outro bode expiatório. Mas é disfarce, pra enganar a povalha. Nisso são mestres.

    Pode deixar o rastro que for. Pode até ter praticado o famoso 171. E daí? É modelo comum nos Poderes da Nação. Inclusive, na caserna, que os sustenta e ampara. Viu o discurso do chefe?

    Não vão nem precisar se socorrer com o Verdugo dos Pinhas…

  30. franciscopereira neto
     
    O
    franciscopereira neto

     

    O grupo do What’sapp

    De onde se esperava, não saiu mesmo.

    Fiquei por um bom tempo analisando cautelosamente o andamento da paralisação dos caminhoneiros. Poderia ser uma cilada.

    Vi de tudo.

    Na grande mídia a condenação de pronto.

    Bem, nesse caso, se eles são contra eu sou  a favor.

    Nas mídias alternativas, grupos de caminhoneiros sendo cooptados por ruralistas da UDR no RGS, defendendo intervenção militar. Pontos contra. Aproveitadores usando a mão do gato. Bando de safados.

    Mas na maioria dos pontos de paralisações dos caminhoneiros, a luta se resumia única e exclusivamente para os seus interesses mais do que justos. Estavam e ainda estão pagando para trabalhar, por isso a invasão à Brasilia no próximo domingo.

    Agora, neste momento Pedro Parente caiu, pedindo demissão. Pontos para o movimento.

    Conversei com alguns caminhoneiros e fiquei perplexo, admirado pelo grau de comunicação deles via grupos no What’sapp.

    O governo ficou atabalhoado porque não tinha uma única liderança comandando o movimento.

    Que isso sirva de exemplo para as esquerdas.

    O movimento foi deflagrado e se espalhou como rastilho de pólvora.

    Pegou o governo, as elites e a classe média de surpresa e eles selecionavam o que lhes interessavam: difundindo os maus exemplos de grupelhos que aparelharam grupos de caminhoneiros à favor da intervenção militar.

    A essas alturas, com o bater de cabeças do governo, vi no movimento oportunidade única de derrubar esse governo corrupto e ilegítmo.

    As esquerdas ficaram de fora, apenas alguns parlametares do campo progressista se arriscaram a defender o movimento, botando a cara à tapa.

    Mas os candidatos à presidência do espectro centro esquerda e esquerda ficaram na moita só esperando o desenrolar do movimento, temendo (opinião minha) a queda do presidente ladrão e não saber o que poderia acontecer com a posse do Rodrigo Maia. Pontos contra, pois o governo tinha ido à lona.

    O que mais me espantou foi declarações de caminhoneiros convocando a população a aderir ao movimento dizendo simplesmente que o desabastecimento de combustíveis nas cidades era motivo suficiente para a população parar também, não indo trabalhar, pois tinham justificativas mais do que justas.

    Mas não foi isso o que aconteceu.

    Vi filas e filas de automóveis parados em postos de gasolina esperando por horas, só porque alguém informou que em determinado posto iria chegar combustíveis.

    Eu vi. Quem eram eles.

    Classe média sem vergonha. Aquela que gosta de levar vantagem em tudo. E os cominhoneiros se ferrando nas estradas.

    Os esquerdistas ou progressistas de escritórios, de gabinetes ou de suas casas devem muito a esses brasileiros heróicos, pois estes sim, estão sofrendo com essa política de desmonte da Petrobras.

    Vi poucos, muito poucos caminhoneiros fazerem discusrsos políticos com conhecimento de causa.

    Ai eu faço a seguinte pergunta:

    Onde estavam os defensores da Petrobras estatizada?

    Nos seus gabinetes, escritórios ou em casa?

    Por que não foram nos diversos pontos de concentrações de caminhoneiros parados, e lá, dar apoio pessoal e instruí-los, informá-los que só a redução do preço do diesel não resolveria o problema?

    Me parece que ainda dá tempo, mas a classe média está preocupada em estocar alimentos.

    —————————————————————————————————————-

    Ontem salvei este video:[video:<iframe src=”https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fdepmarcomaia%2Fvideos%2F2206539762694848%2F&show_text=0&width=476″ width=”476″ height=”476″ style=”border:none;overflow:hidden” scrolling=”no” frameborder=”0″ allowTransparency=”true” allowFullScreen=”true”></iframe>

    —————————————————————————————————————-

    Hoje leio no Uol essa matéria: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2018/06/02/como-o-whatsapp-mobilizou-caminhoneiros-driblou-governo-e-pode-impactar-eleicoes.htm

    Select ratingRuimBomMuito bomÓtimo ExcelenteRuimBomMuito bomÓtimoExcelente

     

  31. franciscopereira neto
     
    O
    franciscopereira neto

     

    O grupo do What’sapp

    De onde se esperava, não saiu mesmo.

    Fiquei por um bom tempo analisando cautelosamente o andamento da paralisação dos caminhoneiros. Poderia ser uma cilada.

    Vi de tudo.

    Na grande mídia a condenação de pronto.

    Bem, nesse caso, se eles são contra eu sou  a favor.

    Nas mídias alternativas, grupos de caminhoneiros sendo cooptados por ruralistas da UDR no RGS, defendendo intervenção militar. Pontos contra. Aproveitadores usando a mão do gato. Bando de safados.

    Mas na maioria dos pontos de paralisações dos caminhoneiros, a luta se resumia única e exclusivamente para os seus interesses mais do que justos. Estavam e ainda estão pagando para trabalhar, por isso a invasão à Brasilia no próximo domingo.

    Agora, neste momento Pedro Parente caiu, pedindo demissão. Pontos para o movimento.

    Conversei com alguns caminhoneiros e fiquei perplexo, admirado pelo grau de comunicação deles via grupos no What’sapp.

    O governo ficou atabalhoado porque não tinha uma única liderança comandando o movimento.

    Que isso sirva de exemplo para as esquerdas.

    O movimento foi deflagrado e se espalhou como rastilho de pólvora.

    Pegou o governo, as elites e a classe média de surpresa e eles selecionavam o que lhes interessavam: difundindo os maus exemplos de grupelhos que aparelharam grupos de caminhoneiros à favor da intervenção militar.

    A essas alturas, com o bater de cabeças do governo, vi no movimento oportunidade única de derrubar esse governo corrupto e ilegítmo.

    As esquerdas ficaram de fora, apenas alguns parlametares do campo progressista se arriscaram a defender o movimento, botando a cara à tapa.

    Mas os candidatos à presidência do espectro centro esquerda e esquerda ficaram na moita só esperando o desenrolar do movimento, temendo (opinião minha) a queda do presidente ladrão e não saber o que poderia acontecer com a posse do Rodrigo Maia. Pontos contra, pois o governo tinha ido à lona.

    O que mais me espantou foi declarações de caminhoneiros convocando a população a aderir ao movimento dizendo simplesmente que o desabastecimento de combustíveis nas cidades era motivo suficiente para a população parar também, não indo trabalhar, pois tinham justificativas mais do que justas.

    Mas não foi isso o que aconteceu.

    Vi filas e filas de automóveis parados em postos de gasolina esperando por horas, só porque alguém informou que em determinado posto iria chegar combustíveis.

    Eu vi. Quem eram eles.

    Classe média sem vergonha. Aquela que gosta de levar vantagem em tudo. E os cominhoneiros se ferrando nas estradas.

    Os esquerdistas ou progressistas de escritórios, de gabinetes ou de suas casas devem muito a esses brasileiros heróicos, pois estes sim, estão sofrendo com essa política de desmonte da Petrobras.

    Vi poucos, muito poucos caminhoneiros fazerem discusrsos políticos com conhecimento de causa.

    Ai eu faço a seguinte pergunta:

    Onde estavam os defensores da Petrobras estatizada?

    Nos seus gabinetes, escritórios ou em casa?

    Por que não foram nos diversos pontos de concentrações de caminhoneiros parados, e lá, dar apoio pessoal e instruí-los, informá-los que só a redução do preço do diesel não resolveria o problema?

    Me parece que ainda dá tempo, mas a classe média está preocupada em estocar alimentos.

    —————————————————————————————————————-

    Ontem salvei este video:[video:<iframe src=”https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fdepmarcomaia%2Fvideos%2F2206539762694848%2F&show_text=0&width=476″ width=”476″ height=”476″ style=”border:none;overflow:hidden” scrolling=”no” frameborder=”0″ allowTransparency=”true” allowFullScreen=”true”></iframe>

    —————————————————————————————————————-

    Hoje leio no Uol essa matéria: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2018/06/02/como-o-whatsapp-mobilizou-caminhoneiros-driblou-governo-e-pode-impactar-eleicoes.htm

    Select ratingRuimBomMuito bomÓtimo ExcelenteRuimBomMuito bomÓtimoExcelente

     

    • Quem ganhou com Isso

      QUEM GANHOU COM ESTA PARALIZAÇÃO

      OS COITADOS DOS CAMINHONEIROS9NAO AS GRANDES TRANSPORTADORAS) QUE TAMBÉM OS EXPLORAM QUE NO DECORRER DO ANO SE TUDO CORRER COMO QUEREM GANHARAO 12% NO MAXIMO SOBRE O PREÇO DIESEL.

      OU NÓS,POVO BRASILEIRO QUE IREMOS PAGAR A CONTA.

      QUEM LUCROU COM A QUEDA DO VALOR DA PETROBRAS.

      COMO A PARALIZAÇÃO DOS PORTOS 

      QUAL O REAL PREJUIZO AO PAIS E SEU POVO.

      QUANTOS BILHOES FORAM JOGADOS NO LIXO

      • Um lixo

        Me admira e fico lisongeado por ter recebido um réplica, apesar da montagem do meu comentário ter ficado um lixo.

        Mas vamos ao texto que é o que interessa.

        Quem é que ganha com a paralisação dos caminhoneiros?

        O teor do meu texto não abordou esses aspecto, até porque para lhe responder, a pergunta mais correta que você deveria fazer seria: “quem ganha com as políticas desse governo corrupto e ladrão”?

        O que eu quis dizer com o meu comentário foi o grau de organização dos caminhoneiros autônomos via WhtsApp.

        Com esse desgoverno são só os caminhoneiros que estão perdendo?

        Essa categoria tiveram a coragem para brigar pelos seus direitos, e se organizaram de maneira exemplar, principalmente para calar a boca dos letrados, intelectuais que ficam com mimimi nas redes sociais e não tiram a bunda da cadeira para fazer acontecer.

        A sua pergunta, quem perde?

        Todos nós.

        “Qual o real prejuízo ao país e seu povo”?

        Ora meu caro, porque você não faz essa pergunta ao presidente ladrão?

        Quantos bilhões esse ladrão despejou para o Congresso para rejeitar por duas vezes a cassação do seu mandato?

        E vem você colocar a culpa nos caminhoneiros?

        Acho que você é um daqueles que citei que estão preocupados em estocar comida em casa.

        Dai concluo que o meu comentário teve sentido, pois pelo menos um teve coragem de vestir a carapuça.

  32. “E ainda deixou rastros que,
    “E ainda deixou rastros que, em algum mosmento, deflagrarão investigações do Ministério Público. E sem poder recorrer à vara de Curitiba, de seu amigo Sérgio Moro.”

    Du-vi-do.

    Qual coxinha do direito vai se mexer contra o “mercado”? Frequentam os mesmos restaurantes, as mesmas academias, viajam para os mesmos lugares…É a mesma cabecinha; a mesma ignorância de Sociologia, Historia e Filosofia.

    As exceções estão completamente acovardadas, com medinho de serem chamadas de “petistas”.

    Nem daqui a 50 anos, em alguma outra “comissão da verdade”.

  33. O mercado

    Entrevista com

    David Zylbersztajn

    Como o sr. avalia a saída de Pedro Parente da Petrobrás?

    “O Brasil não aprende. A gente acabou de ver qual o resultado de uma empresa com interferência política, com controle de preços, com subsídios. Pode-se mexer, eventualmente, na questão de periodicidade (dos reajustes de preço nos combustíveis), mas a lógica é a que qualquer empresa do mundo usa, de alinhar os preços aos preços internacionais. Era isso o que o Pedro estava fazendo. Foi isso que fez com que a Petrobrás reduzisse sua dívida, se transformasse em uma empresa viável. Empresa viável não é só para o acionista, mas também para fazer parcerias, investimentos, ter custo de capital menor. Estava em uma trajetória impecável de recuperação. “

    https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,o-maior-erro-e-voltar-a-usar-a-petrobras,70002334337

    • David Zylberstajn e Phillipe Reichsthul

      Esta é a dupla que durante o governo de FHC transformou a Petrobrás em noticiário de vazamentos de petrleo,  e não contentes com isto terminaram por  ter em sua gestão o afundamento de uma plataforma oceânica com a morte de vários petroleiros. Reichsthul gerindo a Petrobras e Zylberstajn tentando a todo custo privatizá-la.   Agora depois da cortina de fumaça da Lava Jato, voltaram   na figura de Parente. Parente comprometeu o refino e hoje o país importa 80% dos seus derivados. Vendeu poços de petróleo a preço de banana, e barris de petróleo a preço de coca-cola.  Fragmentou a companhia, que hoje ao invés de investir em petróleo presta contas à bolsa de Nova York .  E neste momento aparecem na imprensa estas pessoas  recitando o mantra de que estão defendendo o liberalismo economico, a competitividade e os padrões de mercado

      Um mercado curioso onde não vale a lei da oferta e da procura, mas apenas vale o que os especuladores da bolsa falam em nome de acionistas.  A um suspiro de alguém a Petrobras perdeu bilhões . Os bilhões perdidos nada tem a ver com o petroleo, ou com a companhia, mas o sobe desce de ações, sem dúvida enriquece muitos. E esta figura ousa falar em fazer parcerias, investimentos e custo de capital menor.  É um palavrório para boi dormir, e para os  economistas crentes .Se  fossem sérios  não estariam partindo a companhia e  vendendo aos pedaços, sem sequer uma estratégia, a não ser o do barateamento  da Companhia para se fazer a  privatização.  Afinal do objetivo das gestões anteriores de se tornar o país  auto sustentável em petróleo, a gestão  Parente nos levou a uma dependencia  de 80% no refino . Me parece que como sempre estas figuras estão a serviço dos Deuses do Mercado, que são apenas alguns e detestam competição.

  34. Editorial da Folha de

    Editorial da Folha de hoje

    “Nos últimos dois anos, durante a gestão de Parente, empreendeu-se um esforço bem-sucedido para tirar a Petrobras do fosso ao qual fora atirada por uma combinação de investimentos tresloucados, corrupção generalizada e represamento populista de preços.”

  35. Um corsário moderno a serviço da coroa.

    Não se pode jamais colocar um  cuidador de grandes fortunas para gerenciar o que era a segunda petroleira do mundo. Só uma mídia comprometida com o  assalto, poderia fazer de Parente alguém com competência para dirigir uma Petrobrás. Parente foi competente em fragmentar a empresa , vender poços de petroleo, entregar nossa tecnologia, aumentar  o foco  sobre as corrupções que sem dúvida existiu, mas foi num montante muito abaixo do que o que a companhia perde num dia de especulação das bolsas.  Se o mercado baixa os valores de uma companhia, apenas porque o seu CEO  se retira, é porque o mercado não entende nada de petróleo, mas sim de especulação.

    Uma campanha midiática, faz soar as trombetas do inferno, para o período de Lula e Dilma,  onde a companhia fez a maior descoberta de petroleo  ( pre-sal) e desenvolveu uma tecnologia  que é única.  A mídia se calou sobre os interesses perversos do mercado, durante o periodo onde os preços do petróleo, cairam sem nenhuma explicação plausivel. Agora querem justificar um aumento e depois uma queda devido as entreveros entre Irã  e Trump. Como se durante todo o período quando  o petróleo teve o preço mais baixo, o Oriente Médio estavisse em calmaria. Isto jamais aconteceu. Siria e Iraque conflagrados, parece que não elevaram os preços.  Pura especulação para destruir o óleo de Xisto, a Venezuela e o pre-sal.  Mas o pre-sal se saiu bem com um preço de 9 dolares o barril, devido a tecnologia desenvolvida. Mas tudo isto desaparece neste país onde a cada duas palavras temos que falar o nome de algum juiz. Aliás Lava Jato é apenas uma cortina de fumaça que tirou o foco do país, destruiu nossas instituições, enquanto que os vendilhõess do Mercado, que virou Templo , destruiam vendiam e entregavam nossos bens. Hoje na mídia se fala do problema para os acionistas e abstratos investidores  com a saida de Parente. Falam que mudanças na política, seria desastroso. Na verdade o que se tem é pura especulação e muitas dúvidas  quanto aos saborosos negócios (negociatas) que estavam planejadas para serem feitas com Parente.  A gestão de Parente, não foi um desastre por incompetência, ou ingenuidade. O desastre da gestão Parente, foi devidamente planejado junto como este golpe que aí está. A gestão de Parente vem  junto com os  mesmos movimentos  que levaram a uma PEC do orçamento, com o que queriam colocar o Estado Brasileiro numa camisa de força. Frases ideológicas, paralisaram completamente os investimentos num país onde os empresários e marginalmente  os políticos vivem do estado. Mas sabemos que sem o estado , estes empresários vendem suas empresas e vão morar em Miami.   O desastre de Parente é o mesmo que fez do Almirante Othon o primeiro preso da Lava Jato. Othon e a eletro nuclear sempre foram o foco de muitos interesses  do tal mercado. Imaginem o país com uma industria de refinamento de Urânio. Isto não poderia jamais ser aceito pelo Império.  Parente cumpriu parte do que prometeu a seus chefes.Numa rapidez impressionante fez um acordo antes mesmo de ser pedido, para pagar uma fortuna  de bilhões de dolares  a acionistas. E para isto serviu-se do discurso lava jateiro.

    Se quiserem saber de Parente: follow the money. E veremos que tudo que foi averiguado na Lava Jato é como dizem os maiores interessados ” just peanuts”,  isto é migalhas  diante do que foi roubado pela gestão fraudulenta que se instalou na Petrobrás.  Quando um dia se fizer o balanço, veremos todos estes ideologos do mercado, e das tais políticas realistas, tentando explicar o inexplicável.

    E como saída final de Parente, a Petrobrás, ( pasmem) quer o sequestro dos bens do ex presidente Lula. E quem vai julgar o pedido :    o Verdugo de Curitiba.

    E enquanto isto na Caverna do Jaburu  a criatura acaricia seu anel, o “precious”

    • “E como saída final de
      “E como saída final de Parente, a Petrobrás, ( pasmem) quer o sequestro dos bens do ex presidente Lula. E quem vai julgar o pedido :    o Verdugo de Curitiba.”_________________________________________ Fora paises como EUA e seus satélites tipo Arábia Saudita, Inglaterra, México, os demais são alvos de cobiça internacional por terem petróleo e, ao mesmo tempo, colocarem em prática, políticas de defesa da soberania e do interesse nacional: Rússia, Venezuela, Irã…._________________________________________________ O Iraque, face ao Partido Baath, secularista, tentou manter-se como pais não conseguiu, como também não conseguiram: Libia, Nigéria…_________________________________________ A desgraça que se abateu sobre o Brasil foi o fato de Lula ter descoberto o pré-sal,….além disso, Lula tentou reforçar a indústria da defesa para a proteção das placas de pré-sal…..claro que a rapinagem não o deixará em paz: nem depois da morte…._______________________________________________ As forças ocultas não dormem no ponto…._________________________________________ A ousadia de Lula desencadeou a guerra híbrida contra o Brasil__________________________________ https://josecarloslima.blogspot.com/2018/03/a-ousadia-de-lula-desencadeou-guerra.html Os traços foram uma forma de resolver o problema da desformatação_______________________________________________________________________________

  36. Desmonte da Petrobras

    Se houvesse um Parente na União Soviética ele seria fuzilado! O problema da Petrobras se chama PRIVATIZAÇÃO!

    A política neoliberal pretende transformar o Brasil num imenso campo exportador de commodities e importador de penduricalhos, espelhinhos e bebidas para felicidade do imenso povo tupiniquim!

  37. brasil, o maior país católico…

    Enquanto isso, a tal operação que diz que lava, mas na verdade todo mundo sabe que faz o contrario, abafa a corrupção das privatarias tucanas, tanto de ontem como do pós golpe.

    E no tal de supremo, têm o despachante de plantão, para descaradamente impor a lei dos ladrões no país.

     

  38. Facil , Facil

    Não sou Economista nem pretendo ser mas não creio em “Midas” . O Brasil ja teve o seu “Eiky Batista”, que no governo do PT/PMDB era anunciado como tal,tudo que tocava virava ouro.Este senhor,Pedro Parente,não difere muitos deste tal, não obstante ter este outros “interesses” que talvez um dia venha a tona.Vc comandar um “Monopólio” por si só ja lhe dá uma vantagem imensuravel sobre qualquer outro.Poder implementar sua “filosofia” também é por demais facilitada ,quando esta,no caso a Pretobras vem de uma derrocada extrema,implantada por “Bandidos”.Creio que muita coisa ainda virá para abastecer este assunto.Mas quem pagou o preço como sempre foi o “Povo Brasileiro” tão festejado quando se fala que o “Petroleo é Nosso”.Pergunto Nosso de quem.Do povo é que não é.

    • Se você se basear nos números

      Se você se basear nos números, verá o quanto a politica de Lula fora acertada….e continuou assim até meados de 2014, quando a nossa assassina classe dominante optou pelo golpe…

      Quanto a pagar o pato, os patos de outrora agora engolem sapos da FIESP e, claro, o Golpe deu ruim para todos nós, exceto para o 1%

      Nada a ver comparar Pedro Parente com Eike Batista, qual cargo mesmo Eike Batista assumiu no governo Lula? Nenhum, tendo sido apenas um empresário no qual Lula apostou em sua geopolítica e bem sucedido comércio exterior detonados por essa agressão imperialista….quanto aos erros de Eike, isso acontece com nos paises mais avavnçados do mundo, nos EUA,  houve o caso Eron e tantos outros….só que eles não usam tais processos para levar o pais à falência, como fizeram os lavajateiros…em uma semana  resolvem tudo, sem escandalo na midia, sem fechar empresas, ou seja, sem prejudicar os americanos.

      O BNDES como banco público de fomento e de apoio ao desenvolvimento nacional  obteve grandes lucros com tais politicas de expansão das empresas nacionais, além da projeção do Brasil no exterior.

      Para se ter uma idéia, a Odebrecht ganhou licitação nos EUA e construiu o aeroporto de Miami e era assim em todos os continentes com Embraer e outros empresas brasileiras, o que deixou o Império de cabelos em pé e deu no que deu….você repete o discurso dominante, entendo…saia dessa bolha,,,,sugestão de fontes de informação: Tijolação, Cafezinho, Vi o Mundo, GGN, Paulo Henrique Amorim, Mauro Santayana também é ótimo,,,,cara é bem vasta a rede na qual você poderá se informar de forma correta….grande abraço….

       

      ..no governo Dilma não passava de 20% e o Brasil caminhava 100% em termos de autosuficiência, isso se a máfia midiático penal não tivesse usado um processo para derrubar o governo e implementar as politicas exigidas pelo imperialismo…o que o povo brasileiro precisa é saber o que é imperialismo e defesa do interesse nacional…de nosso interesses e não dos americanos, nuruegeses, ingleses…sim, na lógica da geopolítica tem que ter cooperação na área econômica e outras áreas, mas da forma como Lula fazia:  fortalecendo nosso pais e as empresas nacionais e não como o Golpe passou a fazer a partir de 2016….

       

      EUA assumem controle de 83% da importação brasileira de óleo diesel.

      https://www.ocafezinho.com/2017/07/18/eua-assumem-controle-de-83-da-importacao-brasileira-de-oleo-diesel/

      A ousadia de Lula desencadeou uma forte agressão imperialista contra os interesses do povo brasileiro

      https://josecarloslima.blogspot.com/2018/03/a-ousadia-de-lula-desencadeou-guerra.html

       

      há blogs e mais blogs, como este que acessei ontem pela primeira vez

      http://www.robertomoraes.com.br/

       

      Estou reunindo postagens sobre imperialismo

       

      https://spinimperil.blogspot.com/

       

  39. Parente – Um Poço de Contradições

    Nada mais perigoso do que um cidadão que reune inúmeras qualificações:

    – Técnico competente: conhecedor profundo dos meandros do funcionamento do mercado de capitais.

    – Escroque descarado: impiedoso na dilapidação das empresas e riquezas do seu país. Neste aspecto tão, ou mais, nojento que os políticos e empresários que roubam merenda de escolas, remérios de hospitais e recursos de obras públicas.

    – Ignorante em economia popular: Ter a ousadia de supor que a economia do país poderia funcionar com aumentos de combustíveis diários.  Reeditando nosso período de hiper inflação onde ninguém era capaz de estabelecer um custo para seus produtos e serviços. Neste aspecto foi a nossa sorte e oportunidade, que não devia ser perdida, de acabar com o assalto das elites às nossas possibilidades de Desenvolvimento.

  40. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome