Fornecedora de oxigênio ao AM sinalizou colapso na semana passada

White Martins diz ter informado governo do Amazonas sobre iminente falta de oxigênio na semana passada

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A White Martins Gases Industriais do Norte Ltda., responsável pelo fornecimento de oxigênio para a rede hospitalar do Amazonas, afirmou nesta sexta-feira (15/01) que o governo estadual já estava informado de que não teria condições de atender a demanda pelo insumo na semana passada devido ao aumento de internações por covid-19.

Informações do portal UOL mostram que o consumo diário de oxigênio no Amazonas saiu de cerca de 30 mil metros cúbicos em 30 de dezembro para perto de 60 mil em 8 de janeiro, e chegando aos atuais 76,5 mil metros cúbicos — e o prognóstico é de crescimento. A demanda durante o pico da primeira onda, registrada entre abril e maio de 2020, chegou a 30 mil metros cúbicos em 30 dias.

O volume de consumo é bem superior à produção local da White Martins, que é de aproximadamente 28,2 mil metros cúbicos, segundo dados apresentados ao Comitê de Resposta Rápida – Enfrentamento Covid-19, formado por representantes de governos municipais, estaduais e federal.

Tal comitê só foi instalado no dia 12 de janeiro, com o início da cooperação com outros estados para a transferência de pacientes e a busca de novas alternativas para trazer oxigênio. E a empresa ressalta que o grande obstáculo é justamente o transporte, que exige condições especiais.

 

 

Leia Também
Brasil envia aeronave protagonista na logística contra a Covid-19 para treino nos EUA
Governo Bolsonaro aumenta imposto de importação de oxigênio
Caos em Manaus: Polícia apreende 33 cilindros de oxigênio escondidos em caminhão
Promotor afirma que as pessoas estão ‘sufocando’ em Manaus
Caos em Manaus: Autoridades amazonenses pedem transferência de 60 bebês prematuros
Para Maia, caos no Amazonas é fruto da “agenda negacionista”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora