GGN Covid: lockdown e vacinas seguram crescimento de casos e óbitos

Em óbitos per capita na média de 7 dias, Rondônia lidera com 14,8 mortes por 100 mil habitantes, seguido do Distrito Federal, com 13 por 100 mil, e Mato Grosso, com 12,4 por 100 mil.

Jornal GGN – Foram relatados 2.027 óbitos no dia 22 de abril, completando 383.502 vidas perdidas para a pandemia de Covid-19. No entanto, os números demonstram também um início de queda, que pode estar relacionada à vacinação e ao lockdown imposto por alguns estados. Na média de 7 dias, houve 11,6% de queda, e menos 8,5% na média de 14 dias. No entanto, na média de 28 dias há um crescimento de 13,1%.

O maior crescimento na média de óbitos foi no Ceará, com 66,7%, seguido do Acre, com 29,3%. Em óbitos per capita na média de 7 dias, Rondônia lidera com 14,8 mortes por 100 mil habitantes, seguido do Distrito Federal, com 13 por 100 mil, e Mato Grosso, com 12,4 por 100 mil.

O número total de casos relatados no país é de 14.167.973, sendo 45.178 ocorreram no dia 22 de abril. Com esta marca diária, a média de 7 dias fica em 60.185. A média semanal caiu 9,8%, a de 14 dias caiu 4,3% e a média de 28 dias tem uma queda de 21,9%.

O Ceará fica com o maior crescimento de média de casos, com 63,4%, seguido pelo Maranhão, com 29,9%. Ceará também lidera a média per capita, com 445,5 casos por 100 mil habitantes, seguido por Rondônia, com 323,3 casos por 100 mil.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora