CPI da Covid vai investigar conexão de Flávio Bolsonaro com hospitais militares no RJ

Comissão vai recrutar agentes da Polícia Federal e selecionar consultores para apurar ligações entre senador e indicações de cargos

Flávio Bolsonaro, senador. Foto: Reprodução

Jornal GGN – A CPI da Pandemia vai designar agentes da Polícia Federal e designar consultores para investigar supostas irregularidades em hospitais federais do Rio de Janeiro. O foco é apurar os contratos e a gestão de tais unidades, além de buscar conexões do senador Flávio Bolsonaro (Patriota) com a indicação de cargos para os hospitais federais e com organizações sociais da área.

Segundo reportagem do jornal O Globo, a linha de investigação foi traçada após o depoimento do ex-governador do Rio, Wilson Witzel, que já foi aliado da família Bolsonaro, mas cuja relação tem sido conflituosa desde setembro de 2019.

A CPI também obteve informações sobre uma suposta relação do filho do presidente Jair Bolsonaro com o empresário Edson Torres, que chegou a confessar a participação em esquemas de corrupção no sistema de saúde do Rio. Além de apurar os negócios de Torres, o colegiado vai investigar se diretores nomeados com a indicação de Flávio Bolsonaro cometeram alguma irregularidade em suas gestões

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome