As obras de Akira Kurosawa

Em 06 de setembro de 1998, Akira Kurosawa nos deixou. Um gênio do mundo da sétima arte. Um cineasta marcante com importantes obras, dentre elas a poética ‘Yume’. ‘Uma vez eu tive um sonho…’ esse é o começo dessa sua significativa obra, tanto sobre os aspectos técnicos quanto visuais. Com mais imagens do que diálogo, o filme divide-se em oito histórias distintas, mas unidas pelo mesmo tema, sonhos verdadeiros que o cineasta teve em momentos diferentes de sua vida. O domínio de Kurosawa da cor é extraordinário em cenas que retratam o absurdo da guerra, a beleza da natureza, a necessidade de preservar nosso meio ambiente e a morte como a última estação de uma viagem. Em ‘Yume’, o grande mestre ensina que as pequenas coisas da vida são mais importantes. Viva cada dia, carpe diem, mas sem medo, já que a vida segue sem nós, como um rio.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Entre o lixo psíquico digital e a censura na Internet no documentário "The Cleaners", por Wilson Ferreira

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome