PNADT mostra o envelhecimento da população brasileira

Entre as pessoas ocupadas, houve também crescimento da faixa de 60 anos ou mais, que passou de 5,2% para 6,3%.

Agência Brasil

Percebe-se um envelhecimento relativo na Força de Trabalho, o que pode refletir a insuficiência da Previdência oficial. De 2013 a 2022, o percentual de pessoas com 60 anos ou mais aumentou de 5,3% para 6,5%, enquanto os jovens de 14 a 17 anos cairam de 3,4% para 2,2%,

Entre as pessoas ocupadas, houve também crescimento da faixa de 60 anos ou mais, que passou de 5,2% para 6,3%. Chama atenção a queda de participação das faixas mais jovens. De 18 a 24 anos houve queda de 14,3% para 11,6%.

As duas últimas faixas de idade são as que mostram crescimento no item Desocupados + Fpra da Força de Trabalho. No caso dos mais de 60 anos, há um salto de 18,3% para 23,5%

Provavelmente a tabela acima reflete o envelhecimento da população brasileira. Entre os Desocupados (que procuram emprego) a participação da faixa com 60 anos ou mais passou de 0,1% para 0,3%.

“Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente. Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador