Bolsonaro parabeniza polícia por massacre em Jacarezinho

Defendendo a polícia o ato violento, para o presidente da República, lamentar as 27 vítimas fatais do episódio é "uma grave ofensa ao povo"

Foto: Reprodução/Carta Capital (via pt.org.br)

Jornal GGN – Sem nenhuma menção à morte das 27 pessoas na operação policial do Jacarezinho, na última quinta (06), o presidente Jair Bolsonaro decidiu homenagear e parabenizar a Polícia Civil do Rio de Janeiro, que cometeu o massacre violento.

“Parabéns à Polícia Civil do Rio de Janeiro!”, esclamrou o presidente da República. A operação, amplamente criticada por todas as entidades de direitos civis do Brasil, defensoria pública e por todo o mundo, trouxe um balanço deplorável balanço de 27 civis mortos na comunidade da zona norte do Rio. A atuação considerada “execução arbitrária” pela Defensoria é alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal (STF).

Jornais do Brasil e mundo também noticiaram a tentativa da polícia de limpar os vestígios dos assassinatos, obstruindo possíveis investigações de excessos. Neste sábado (08), tentando omitir o massacre, a Polícia Civil divulgou os nomes dos mortos, após grande pressão, mas classificando-os como “criminosos”. Além dos civis, o inpetor da polícia André Leonardo de Mello Farias também morreu na operação.

Defendendo a polícia o ato violento, para o presidente da República, lamentar as 27 vítimas fatais do episódio é “uma grave ofensa ao povo que há muito é refém da criminalidade”.

“Ao tratar como vítimas traficantes que roubam, matam e destroem familías, a mídia e a esquerda os iguala ao cidadão comum, honesto, que respeita as leis e o próximo. É uma grave ofensa ao povo que há muito é refém da criminalidade. Parabéns à Polícia Civil do Rio de Janeiro!”, escreveu.

Bolsonaro ainda homenageou o policia morto: “”Nossas homenagens ao Policial Civil André Leonardo, que perdeu sua vida em combate contra os criminosos. Será lembrando pela sua coragem, assim como todos os guerreiros que arriscam a própria vida na missão diária de proteger a população de bem. Que Deus conforte os familiares.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora