Força Nacional e PMs ocupam Esplanada

Foto Agência Brasil

Jornal GGN – Desde os primeiros minutos deste dia 30 de junho, um dia de greve geral, a Esplanada dos Ministérios está fechada. A interdição começa na Rodoviária do Plano Piloto, no sentido do Palácio do Planalto. A intenção é impedir a entrada de manifestantes. Policiais militares montaram cordões de revista nos acessos de pedestres ao local, tentando reprimir a entrada de qualquer coisa que possa servir como arma.

São 2.600 policiais militares e 400 homens da Força Nacional. Os PMs cuidam da área central da cidade e a FN faz a segurança patrimonial dos ministérios. No Congresso Nacional foram suspensas as visitas e o acesso à Câmara e ao Senado só é permitido a parlamentares, servidores e credenciados.

A CUT-DF (Central Única dos Trabalhadores do Distrito Federal) informa que pelo menos 13 categorias aderiram ao movimento, e a adesão do transporte público deve impactar no DF, com 100% dos ônibus e trens do metrô parados.

O juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal Cível do DF, ontem determinou que, no mínimo, 30% da frota dos ônibus e metrô deveriam ser mantidos em circulação, mas a determinação não está sendo cumprida. O juiz fixou multa de R$ 2 milhões para cada sindicato que descumprir a ordem.

Os bancários também aderiram à greve e as agências do DF estão fechadas, com funcionamento somente do autoatendimento.

Com informações da Agência Brasil

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. vai melar..

    .. falando da greve, acho que vai melar.. as pessoas entregaram os pontos.. isso é muito mais perigoso do que parece.. os movimentos sociais cansaram.. estão abertas as portas da convulsão social..

  2. Alerta na República de Ali Babá

    Nassif: esse militar golpista e chefe da inteligência e contraespionagem nacional só perde em armação para o Bruxo (Golberi). Veja que beleza de manobra está fazendo agora, quando os arruaceiros da esquerda e do Povão buscam desestabilizar o governo que ele conseguiu implantar (com a ajuda inclemente do Judiciário).

    Desta feita resolveram abandonar a tática do ineficiente ministro da Defesa e seu par na Justiça. A caserna na rua pegou mal. Aquilo deu muito na cara.

    Agora o pessoal do quartel fica enrustido na multidão, atiçando, como fazia o Cabo Anselmo. Lembra? É melhor e mais eficiente. Deixa essa de dar borrachada por conta dos meganhas estaduais. A grande mídia, cúmplice e partícipe, fica diluida em notas esportivas, de todas as modalidades. Até de lançamento de cuspe…

    Dizem que ele é da ala RioCentro. Só que não sente clima para repetirem a façanha, agora com mais sucesso. A bomba no colo daquele hoje coronel da reserva (quis matar operários e anda ganha dindim e medalhas por conta disso) foi um fiasco. Mas, desta vez agiram com cautela.

    Os estaduais selecionados dizem são do temido Esquadrão Caveira, que não vai ser nem preciso desovar o presunto no Paranoá. O golpe continua militar, com os da Armada na rua, à paisana.

    O cara é um gênio em estrategia e política. De primeira linha…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome