Manifestações dentro e fora da Câmara pedem #ForaTemer


Manifestações são feitas em São Paulo – Foto: Mídia Ninja
 
Jornal GGN – O quorum mínimo de votação da denúncia por corrupção passiva contra Michel Temer foi obtido pouco mais das 12h desta quarta-feira (02). Mas antes mesmo dos partidos anunciarem orientações para que os deputados concluíssem a discussão, em movimento dos governistas de agilizar os votos, manifestações eram realizadas dentro e fora da Câmara dos Deputados.
 
Dentro da Câmara, os atos já eram feitos 30 minutos após o início da sessão plenária. Nos corredores da Câmara, deputados da oposição traziam faixas e cartazes e gritava “Fora, Temer!”, e outras palavras de ordem, como “Diretas já, o povo quer votar”. 
 
https://www.youtube.com/watch?v=VQFNmHqJjPs width:700 height:394
 
Em seguida, deputados da base retrucaram com gritos de “Lula na cadeia” e o tumulto seguiu. “Essa passeata está reunindo os deputados da oposição todos unidos em um grande movimento. Hoje será o dia da derrota de Michel Temer e nós temos certeza que o povo brasileiro vai melhorar de vida”, dizia esperançoso o líder do PT na Câmara, Carlos Zarattini.
 
Do lado de fora, a população foi às ruas em São Paulo, por um ato convocado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) e movimentos sociais ligados à oposição. Já às 7h da manhã de hoje, manifestantes fizeram um barricada de fogo para interditar a rodovia Régis Bittencourt, em seus dois sentidos, na altura da região de Taboão da Serra.
 
A via foi liberada uma hora depois, com dois quilômetros de lentidão no sentido a Curitiba e outros quatro no sentido São Paulo. A rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, também foi paralisada. Manifestantes fizeram uma barricada na altura do quil^metro 23 e a via foi liberada somente às 8h desta quarta.
 
Já na região de Bonsucesso, em Guarulhos, a rodovia Presidente Dutra foi alvo dos protestos, com manifestantes carregando faixas e palavras de ordem, liberando a via as 7h30 desta manhã. Da mesma forma, a estrada do M’Boi Mirim foi interditada no sentido centro, por volta das 8h.
 
Ao todo, foram pelo menos três acessos à capital paulista interditados pelas manifestações contra a possível absolvição de Michel Temer na Câmara dos Deputados, na votação que é realizada hoje.
 
Abaixo, registros nas redes sociais sobre as manifestações:
 
 
 
 
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Sílvio Costa com seu

    Sílvio Costa com seu Português pernambucano que muitos da elite não aceita, foi contundente em dizer o que se passa dentro da Câmara num dia como esse, com parlamentar se queixando a um ministro hoje exonerado só pra votar, porque não vira seu nome no D.O. 

    Por não ser brucutu como todos que atingem Lula e o PT, Sílvio não disse o principal: que estava diante de alguns grandes canalhas, prostituídos, fazendo daquele Plenário uma zona de raparigas das antigas que abrem as pernas por qualquer dinheiro, independente de serem pais e avós, e de não enxergarem agora o mal exemplo que estão dando às novas gerações.

    Tendo Moro incentivado nesses dias os anti-petistas do Congresso a serem mais convincentes nos seus votos de hoje, por ser amigo de Michel, a maioria dos discursos dos Temistas foi recheada de ataques a Lula e ao PT, por falta de argumento para defender o desavergonhado emponderado como se fosse um deus.

  2. Estes vagabundos que tomaram

    Estes vagabundos que tomaram o poder através de golpe não sairão de lá por bem.

    Com certeza estão arquitetando uma maneira de se manterem por lá durante muito tempo, seja cancelando eleições, seja dando o golpe do parlamentarismo ou outra golpe qualquer. O fato é que não sairão de lá.

    A não ser que tomemos vergonha na cara e os coloquemos para fora aos pontapés. Isto serve para o presidente, seus ministros, deputado, senadores, stf, grande parte do judiciário, etc

    Vamos esperar até quando?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome