O fracasso das manifestações pró-Lava Jato

 
Jornal GGN – O resultado das convocatórias a favor da Operação Lava Jato foram manifestações esvaziadas pelas capitais do Brasil, neste domingo (26). Movimentos como o Vem Pra Rua e Brasil Livre, os mesmos responsáveis pelos atos de impeachment contra Dilma Rousseff, tentaram reunir multidões em 130 cidades, mas o cenário foi na contramão de suas expectativas: a mínima adesão.
 
Os cálculos na capital paulista ficaram por conta apenas dos organizadores, que estimaram positivamente 15 mil pessoas. As fotografias, entretanto, não parecem comprovar os números. A Polícia Militar sequer quis fazer a contagem de público.
 
Jornais trataram de fazer algumas contas. Belém e Manaus, por exemplo, não conseguiram juntar nem cem pessoas, segundo reportagem da Folha de S. Paulo. Em Brasília, onde a PM esperava um mínimo de 100 mil pessoas, foram 630 manifestantes a favor da Lava Jato reunidos na Esplanada dos Ministérios pelo Movimento Vem Pra Rua. 
 
Com a surpresa, para a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, o volume de manifestantes na capital brasileira foi quase o mesmo do efetivo deslocado para fazer a seguran~ca da manifestação. 600 policiais e seguranças para cuidar de 630 manifestantes.
 
Porto Alegre e Recife tiveram, supostamente, 5.500 pessoas, mas os dados novamente foram os divulgados pelos movimentos organizadores. No Rio de Janeiro, preferiram não informar quantos compareceram no protesto.
 
Acompanhe algumas fotos:
 
São Paulo:
 
 
Rio de Janeiro:
 
 
Belém:
 
 
Brasília: 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora