Alguns fatos sobre os hábitos sexuais

Sugerido por Luiz Eduardo Brandão

Do Diário do Centro do Mundo

As percepções versus as realidades no sexo

Fabio Hernandez

Engraçado como no sexo as coisas são exatamente o que parecem ser.  Um artigo no site americano The Daily Beast compilou uma série de pesquisas sobre hábitos sexuais.  Vou adiantar algumas das principais conclusões para os debates:

a) Você acha que pessoas que bebem e fumam fazem mais sexo que as demais? Acha mesmo? Pois é exatamente isso. Bebida é afrodisíaco e cigarro, embora não seja, revela que a pessoa é mais propensa a correr riscos.  Quem fuma e bebe é 200% sexualmente mais ativo do quem não faz nenhuma das duas coisas.

b) Todo mundo é levado a crer que quem frequenta missas faz menos sexo que os ausentes. Pois uma pesquisa mostra que é isso mesmo. Carolas têm 31% menos sexo que os demais.  O sentimento religioso de culpa inibe o desejo.

c) Você pensa que negros são mais ativos que brancos? Hahaha. São mesmo. Um estudo mostra que ele fazem sexo com uma frequência 8% maior.

d) O pensamento convencional diz que artistas e poetas são mais abertos sexualmente. Pois então. Fique sabendo que são mesmo. Uma pesquisa mostrou que artistas e poeta têm 233% a mais de parceiros sexuais que os demais ao longo da vida.

e) Homens com 70 anos são mais ativos que as mulheres de 70. É a impressão que temos todos, não é? Pois bem. É a realidade. Os setentões, segundo um estudo, são 215% mais ativos sexualmente que as setentonas.  A menopausa faz as mulheres se sentir fisicamente feias, ao passo que os velhotes ainda acham que têm algum amor a dar.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome