A proposta Fiesp-IEDI

Do Projeto Brasil

Ontem publiquei no blog o convite para participar do lançamento de um estudo feito pela FIESP e IEDI: “Brasil na busca do crescimento econômico”. Infelizmente não pude comparecer pois estava no Fórum de Debates Projeto Brasil sobre indústria militar. Nossa equipe de reportagem acompanhou a divulgação do trabalho e fez umlevantamento dos principais pontos .

O conjunto de medidas tem como principal objetivo promover altos índices de crescimento para os próximos anos. Entre as medidas propostas estão:

1- Câmbio em patamares competitivos, com dólar a R$ 2,50;
2- Redução dos cargos comissionados no governo, gerando economia de 0,2% do PIB;
3- Reajuste salarial zero nos próximos dois anos para o funcionalismo;
4- Adoção previdenciária de uma síntese de propostas do IPEA, FIPE e INDG, com redução de gastos de até 0,8% PIB;
5- Nova gestão de ativos, que preservaria até 0,75% do PIB;
6- Revisão de contratos e novos mecanismos de gestão como compras eletrônicas, poupando até 1,1% do PIB;
7- Queda da taxa de juros para níveis internacionais, de 6%. A medida resultaria em economia de 2,7% do PIB.

As mudanças apresentadas pelo estudo teriam como principais conseqüências queda da dívida pública para 33,7% em 2010, crescimento acima de 6% a partir de 2008 e investimentos federais estáveis em 3,2% do PIB a partir de 2010. Para que as medidas surtam efeito, os economistas prevêem crescimento mundial sustentado superior a 4%.

Cenário de continuidade
Para FIESP e IEDI, caso as medidas não sejam levadas em consideração nos próximos anos, o crescimento teria médias de 3,2%, a dívida pública chegaria a 55,6% em 2012 e a capacidade de investimento federal se estabilizaria em 0,5% do PIB.

Veja aqui o estudo da FIESP/IEDI que será apresentado ao Presidente Lula

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora