Os polos de universidade pública na periferia de São Paulo

Sugerido por Gão

Do blog Amigos do Presidente Lula

Haddad cria 18 polos de universidade pública na periferia de São Paulo

Nem é função constitucional da prefeitura cuidar do ensino superior, mas o prefeito Fernando Haddad, sem gastar quase nada e com muita engenhosidade está criando polos universitários de cursos semi-presenciais,  aproveitando espaços nas escolas municipais conhecidas como CEU’s (Centros Educacionais Unificados).

A decisão implanta já 18 polos de 31 previstos da Universidade Aberta do Brasil – um programa do governo federal de parceria com Universidades públicas.

Serão oferecidos cursos relacionados a administração pública, formação em áreas como Pedagogia, Letras, Ciências, Artes Visuais e Educação Física, além de especialização em línguas, atendimento a alunos com deficiência, informática e tecnologia, entre outros.
Segundo Haddad, a instalação da UAB em áreas periféricas da cidade representa uma mudança de cultura em São Paulo. “Nós vamos levar universidade onde não há nenhuma perspectiva de educação superior. Do lado de casa, a pessoa pode ir ao curso a pé, sem pagar e com a qualidade de uma universidade pública”, defendeu o prefeito.

E terá impacto na própria qualidade do ensino básico, já que objetiva a educação continuada de professores.

“Vamos oferecer ao magistério a oportunidade de prosperar em sua formação, mantendo um vínculo com uma universidade pública. Cada um destes polos terá a capacidade de mil a dois mil alunos. Isso significa dizer que nós poderemos ter 45 a 50 mil alunos nos nossos CEUs, nas regiões periféricas, transformando a realidade da cidade como um todo”, afirmou Haddad.

Os primeiros 18 polos da UAB em São Paulo serão nos Centros Educacionais Unificados:

1) Butantã

2) Jd. Paulistano

3) Vila Atlântica

4) Água Azul

5) Jambeiro

6) Pq São Carlos

7) Pq Veredas

8) Pq Vila Curuça

9) Meninos

10) Alvarenga

11) Campo Limpo

12) Casa Blanca

13) Cidade Dutra

14) Aricanduva

15) Pêra Marmelo

16) Rosa da China

17) Jaçanã

18) Quinta do Sol

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Espero que a helena chagas da

    Espero que a helena chagas da prefeitura de sp não espere o recomeço das aulas, em março, para informar devidamente a população sobre essa ação da prefeitura. Realmente impressiona a inércia da comunicação dos governos do PT. Com tanta coisa pra apresentar, ficam à mercê das “interpretações” distorcidas e escandalosas da mídia velha, o que lhe dá alguma sobrevida. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome