Caso João Alberto: Carrefour firma acordo de R$ 115 milhões para ações de combate ao racismo

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado até a morte por seguranças em uma unidade da rede de Porto Alegre, em novembro passado

João Alberto Silveira Freitas. | Foto: Reprodução

Jornal GGN – O Carrefour assinou nesta sexta-feira, 11, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no valor de R$ 115 milhões, que será destinado para ações de enfrentamento ao racismo, para reparar danos morais em relação a morte de João Alberto Silveira Freitas, homem negro assassinado em uma unidade da rede de Porto Alegre, em novembro passado.

O acordo foi firmado com o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul (MP-RS), o Ministério Público do Trabalho (MPT), a Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Sul (DPE-RS), a Defensoria Pública da União (DPU) e as entidades Educafro – Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes e Centro Santo Dias de Direitos Humanos

“Conforme o acordo, caberá ao Carrefour a adoção e execução de um Plano Antirracista a partir do estabelecimento de ações que vão desde protocolos de segurança, relações de trabalho, canal de denúncias, treinamentos para dirigentes e trabalhadores em relação a atos de discriminação e no que consiste ao racismo estrutural, compromissos em relação à cadeia ou rede de fornecedores, até a reparação de danos morais coletivos”, afirmou o MP-RS, em nota.

Do montante, R$ 74 milhões serão destinados a iniciativas como a oferta de bolsas de educação formal, R$16 milhões para projeto museológico, campanhas educativas e projetos sociais de combate ao racismo e R$ 10 milhões para projetos de inclusão social. 

O MP-RS ainda ressaltou que “as medidas estabelecidas no TAC não interferem nos demais compromissos públicos assumidos pelo Carrefour ou de reparação à família de João Alberto Silveira de Freitas”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome