Telebrás entrou no “jogo” da internet banda larga: é a concretização do PNBL

Governo credencia Telebrás para viabilizar PNBL e democratizar acesso a internet rápida
 
 
Segundo a edição impressa do Jornal Brasil Econômico de 23 de fevereiro, pág. 20, a Telebrás já começou a negociar o uso das fibras óticas das estatais do setor elétrico e da Petrobrás, para juntas tornarem real o PNBL, programa do governo federal para levar internet rápida a grande maioria dos brasileiros.

Segundo o presidente da Telebrás, Rogério Santana, “assim que for assinado o acordo da infraestrutura de fibra ótica com essas empresas não haverá mais impecilhos para que comecem as instaçlações de campo”.
A previsão é de atingir cerca de 1.060 municípios ainda em abril de 2011 e alcançar a meta de 4.283 municípios em 2014.

Telebrás obtém aval à venda de banda larga

“Esta é a autorização que faltava para a Telebrás legalmente começar a operar e cumprir as metas estabelecidas pelo Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Assim que for assinado o acordo de uso da infraestrutura de fibras ópticas do Sistema Eletrobrás e da Petrobrás não haverá mais empecilhos para que comecem as instalações de campo”, afirmou o presidente da estatal, Rogério Santanna

  
Leia a íntegra, clique aqui>>>

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora