Trump diz que EUA não sairão do Iraque até Bagdá pagar por base aérea no país

Além disso, Trump ameaçou impor sanções contra o Iraque como "eles nunca viram" caso Bagdá realize atos hostis contra os EUA. 

© REUTERS / Leah Millis

O presidente Donald Trump disse neste domingo (5), a bordo do avião presidencial, que as tropas norte-americanas só deixarão o Iraque se Bagdá pagar por uma base aérea dos EUA instalada no país.

Mais cedo, o Parlamento do Iraque aprovou uma resolução pedindo a retirada das tropas estrangeiras do país, incluindo as forças norte-americanas, que têm forte presença no território iraquiano.

“Nós temos uma base aérea extraordinariamente cara lá. Custou bilhões de dólares para construí-la, muito tempo antes de mim. Nós não vamos sair até que eles nos paguem por isso”, afirmou o presidente norte-americanos para jornalistas a bordo do Air Force One, segundo publicado pela agência Reuters.

Além disso, Trump ameaçou impor sanções contra o Iraque como “eles nunca viram” caso Bagdá realize atos hostis contra os EUA.

“Caso se verifique algum ato hostil, se fizerem algo que consideremos inaceitável, imporemos sanções contra o Iraque, sanções muito duras”, disse Trump.

O republicano também disse que a retaliação norte-americana fará as “sanções iranianas parecerem algo inofensivo”.

A tensão no Oriente Médio vem crescendo desde a morte do general iraniano Qassem Soleimani nos arredores de Bagdá, em bombardeio ordenado por Trump.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

7 comentários

  1. Nenhum país digno do nome vai mais querer base militar dos EUA seu território

    Só falta o Trump querer que paguemos a Base de Alcântara, quando exigirmos que os EUA caiam do Brasil.

  2. Os EUA são um país terrorista que precisa sofrer fortes sanções das demais nações do planeta. Chega de hipocrisia imperialista travestida de pragmatismo cúmplice.

  3. Mas é um energúmeno mesmo. Agora iremos saber quais países apoiam esse terrorista. Quando vejo comentários dos bolsomitos aplaudindo um terrorista desse e em rede Nacional sendo solidário ao véio da Havan por um pedaço de estatua queimada eu percebo que já estamos no apocalipse ( versão cristã do fim do mundo tem anjos, pragas divinas e um dragão satânico).

  4. Estes caras são um cancro!
    Por que não se limitam à sua terrinha? Por que não deixam o mundo em paz? Fiquem lá na sua “casinha de cerca branca”, comendo hamburguer e cultivando sua obesidade crescente, assim como o paquiderme que hoje os governa.
    No fundo tudo se resume a: quero “minha dinheirinha”!
    E quando falam em “sanções econômicas”, obrigam a parte do mundo que lhe é subserviente a sufocar o país que não aceita suas imposições. Prosseguem com suas ações insanas e covardes incitando os países vizinhos, normalmente governados por seres infames, a desenvolver atos hostis contra a nação que está sendo estrangulada pois, proclamam os EUA cinicamente: “o pobre povo (do país a ser hostilizado) passa por necessidades devido ao seu regime ditadorial” (não pelo bloqueio econômico).
    Sim, precisam de seus satelites pois sozinhos não representariam um grande problema, deixariam de ser um cancro para ser apenas uma infestação de chatos.
    Por fim, creio ser válido que os paises satélites tenham em mente que amanhã talvez sejam os oprimidos, pois o capitalismo, tal como hoje se apresenta, entende que a única tática de negociação possível é a GanhaxPerde, e que o mais armado irá ignorar todas as regras sempre que achar conveniente.

  5. Coitado de Donald Trump… O grande imperador branco racista não controla realmente o Iraque e o Afeganistão, mas ele acredita que ninguém notará a diferença entre Fake News e a realidade. Quando avançar sobre o Irã o US Army receberá duas merecidas punhaladas nas costas.

  6. Fica por conta da venda das armas nucleares, químicas e biológicas que inventaram para poder invadir o Iraque…
    ou então que cobre do Irã que saiu muito fortalecido com a invasão do Iraque

    a gente descobre que é pau-mandado de sionistas quando tudo passa a ser medido em dinheiro

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome