J. Carlos de Assis: Dilma reverte, na Globo, o massacre que iria sofrer

Devo me desculpar pelo que disse anteriormente sobre a inabilidade da Presidenta Dilma Roussef em matéria de comunicação de massa: ela deu um show de competência televisiva no Bom Dia Brasil da Globo, nesta segunda-feira, revertendo sobre a cabeça dos entrevistadores o verdadeiro massacre que estava preparado pela emissora para desqualificá-la politicamente.  O circo armado com Ana Paula Araújo e Chico Pinheiro, reforçado pelas baterias  de Miriam Leitão, caiu sob a própria lona numa capitulação forçada e sem graça.

É evidente que a presença de Miriam, supostamente competente em números, era para estraçalhar a Presidenta no meio de um cipoal de estatísticas enviesadas. Acostumada a manipular informações em artigos de jornal, sem o incômodo do contraditório, ela esbarrou numa serena exposição de fatos que a deixou simplesmente desarticulada. Quis passar ao telespectador a opinião absurda de que o Brasil se encontra em pior posição em matéria de crescimento econômico do que os países da Europa. Dilma fulminou seus argumentos.

É interessante notar que a Presidenta, em seu horário eleitoral, se torna às vezes cansativa quando desfila um grande número de estatísticas e dados numéricos. É da natureza dela, trazida de seu tempo quando devia comportar-se sobretudo como gerente. Na entrevista da Globo, contudo, quem colocou números na mesa foi a entrevistadora. Isso gerou uma controvérsia. E, como se sabe desde Platão, a dialética é esclarecedora. Confrontada com números falsos ou capciosos Dilma respondeu na ponta da língua com seus próprios dados, e a coisa toda funcionou a seu favor.

Leia também:  A resposta de Armínio Fraga, Tafner e Nery a Thomas Piketty e economistas da Unicamp

A Presidenta está muito bem informada sobre o que acontece na economia mundial. Rechaçou com números as alegações de que o crescimento do Brasil está num nível inferior ao da Alemanha.  Ela tem razão. O crescimento da Alemanha no segundo trimestre foi de 0,8%, na mesma faixa do Brasil. Isso, contudo, não é o mais importante. O significativo é que o crescimento econômico em toda a Zona do Euro foi de 0% no segundo trimestre, bem abaixo do Brasil. E, nos países individualmente, o ritmo nos últimos 12 trimestres tem sido o de contração em oito deles, e crescimento perto de zero em apenas quatro. No Brasil, até o momento, não houve contração trimestral.

A acusação de Miriam relativa ao emprego de jovens é outra tentativa de afirmação capciosa: ela não comparou as taxas de desemprego de jovens no Brasil ao desemprego nessa faixa etária de outros países, sobretudo na Europa. Jogou um número, 13,7%. Se tivesse acrescentado que o desemprego de jovens em países como a Espanha e Grécia chega a mais de 60% seria fácil concluir que a situação no Brasil é ainda tolerável. De fato, a situação mais grave de desemprego é quando atinge os adultos, os chefes de família. E, nessa faixa, a ocupação no Brasil tem batido recordes, com uma taxa de desemprego das mais baixas do mundo.

A boa performance de Dilma coloca em xeque um tipo de jornalismo tendencioso e agressivo que, sendo ele próprio um fenômeno de manipulação, tenta conduzir a campanha presidencial segundo suas próprias preferências. Isso está disseminado na mídia eletrônica, que opera sob concessão pública e portanto deveria ser mais discreta em manifestar preferências. É o jornalista que quer aparecer, quer brilhar e, no caso, servir aos gostos políticos do patrão sob o pretexto de informar ao eleitor.

Leia também:  Reforma da Previdência: brasileiro trabalhará mais e receberá menos

Ninguém quer um jornalismo subalterno nem absolutamente imparcial. Mas é essencial, para a democracia, um jornalismo honesto. Tenho suficientes décadas de jornalismo para aconselhar os mais jovens a seguir o exemplo dos entrevistadores da revista alemã “Der Spiegel”, para mim os mais competentes do mundo, que conseguem extrair tudo do entrevistado, com absoluto rigor profissional, sem, entretanto, pretender desqualificá-lo e agredi-lo.  Infelizmente, nossos entrevistadores de televisão estão seguindo por escrito o caminho dos paparazzi italianos!  

J. Carlos de Assis – Economista, doutor pela Coppe/UFRJ, professor de Economia Internacional da UEPB.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

85 comentários

  1. RERIUTABA 22/09/2014Presença
    RERIUTABA 22/09/2014

    Presença de médicos muda realidade da saúde

    Um ano atrás, os primeiros profissionais do programa Mais Médicos chegavam a Reriutaba. Hoje, sete cubanos trabalham no Município. Em todo o Estado, 1.008 médicos atuam pelo programa federal

    NOTÍCIA16 COMENTÁRIOS  FOTO: FÁBIO LIMAIsidro Rosales Castro e Wesley um ano atrás e agora. A pedido do O POVO, a cena foi refeita. A família é uma das acompanhadas pelo médico cubano em ReriutabaHILUXViaturas que não estavam sendo usadas vão a leilão, diz Cid(0)UNIVERSIDADES ESTADUAISConcurso público ainda é impasse entre Governo e docentes(0)EDITALPolícia Civil divulga concurso para preenchimento de 763 vagas(0)  

    Mariana Lazari

    ENVIADA A RERIUTABA

    marianalazari@opovo.com.br

    Mudanças dependem de tempo. Na saúde, para uma transformação mínima, só um ano pode não ser o suficiente. Porém, em Reriutaba, cidade a 309 km de Fortaleza, 12 meses conseguiram trazer à tona um ambiente de mais cuidado, mais atenção, mais cidadania. Esse é o período de atuação, no município, dos primeiros profissionais pertencentes ao programa federal Mais Médicos.

    Quando eles chegaram, O POVO esteve na cidade. Havia expectativa, desconfiança, dificuldades de compreensão da fala do casal cubano. Agora, um ano depois, a reportagem voltou a Reriutaba. Mais profissionais chegaram. E o que se viu foi que quando a generosidade e a boa vontade de uns se encontram com os mesmos sentimentos de outros, todos ganham – mesmo que o restante não seja perfeito.

    Sete médicos do programa federal trabalham hoje em Reriutaba. Todos são cubanos. Com isso, áreas que nunca tinham tido médico agora têm atendimento, conforme o secretário da saúde, Francisco José Cavalcante Lima Melo. Assim, aumentou a demanda por exames e medicamento, mais consultas foram realizadas. “Deu um salto gigantesco na saúde”, diz o secretário.

    O “salto” é sentido por moradores como a dona de casa Rosa Maria de Assunção, 62. A localidade Riacho das Flores, onde ela e a família moram, nunca tinha tido médico. “Era muito ruim pra gente porque tinha que ir a Reriutaba pra ter atendimento. Agora, toda hora tem médico aqui”. Na unidade do local, a Pedro Florêncio Cardoso, atende o cubano Jorge Luís Baños Toirac, 47. Depois de missão comunitária na Venezuela, encontrou no Mais Médicos nova oportunidade de exercer a “medicina comunitária”, como diz. Veio para o Ceará. Encantou-se.

    “O que mais me impressionou foi o sentimento das pessoas. É uma gente simples, honesta. O ‘obrigado’ que dão é com o coração”, reconhece. Semanalmente, nas visitas domiciliares, encontra ouvidos atentos. Fala sobre amamentação, cuidados com a alimentação (já que hipertensão e diabetes são duas das doenças crônicas mais comuns na cidade). Assim, Jorge ensina. Porque ser médico é também ser professor.

    No local em que Isidro Rosales Castro atende, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Manoel Zeferino da Silva, na localidade do Oitizeiro, a satisfação também é sentida em qualquer conversa com pacientes. Isidro e a esposa, Esperanza Anabel Dans León, foram os dois primeiros médicos do programa a chegar a Reriutaba, em setembro de 2013. “Nunca nenhum médico tinha pedido exame de mamografia”, lembra a dona de casa Maria das Dores Pereira da Silva, 45, paciente de Isidro.

    Um ano atrás, O POVO esteve na casa de Maria de Fátima Silva, 60, na comunidade Quandu. O neto dela, Wesley, acabara de nascer e fora examinado por Isidro. As consultas seguiram nestes 12 meses, e o vínculo do médico com a família é visível a cada sorriso dele provocado pelas brincadeiras do menino. “Melhorou muito pra gente. Antes só tinha enfermeiro. Era difícil vir um médico aqui”, celebra a avó – orgulhosa da saúde de Wesley, “a alegria da casa”.

    Apesar da melhora causada pela chegada dos médicos, a saúde ainda tem carências em Reriutaba. Na unidade em que trabalha Isidro, falta dentista para o consultório novo e equipado. Segundo o secretário da saúde, o Município espera a conclusão de concurso público para preenchimento das vagas ali e em outras UBSs da cidade. Pelo menos três serão convocados. 

    Mudanças

    Eliecer Ricardo de la Torre chegou em dezembro a Reriutaba. Sabe que a cidade ainda apresenta problemas na saúde (exames, por exemplo, só podem ser feitos em Sobral). Mas reconhece empenho na tentativa da gestão de melhorar a rede. “Ainda faltam mais médicos, mas mais ou menos toda a população da cidade é assistida”. A unidade em que ele trabalha, a UBS Raimundo Capistrano de Castro, está em uma casa improvisada enquanto nova sede é erguida. Mas nada é empecilho para o trabalho dele. Porque saúde pode se construir em qualquer lugar. 

     

    A diretora da UBS em que trabalha Eliecer, Maria Lúcia Martins Lemos, é toda elogios para o médico. “Tem gente que diz que eles estão ensinando o médico brasileiro a não ter preguiça. Paciente que chega aqui não volta pra casa sem atendimento porque ele não deixa voltar. Muitos só querem ser atendidos pelo cubano”, comenta. Um profissional brasileiro, que não faz parte do Mais Médicos, integra a equipe do posto. É o único médico de fora da ação federal a trabalhar na atenção básica do município.

     

     

    • Emocionante a imagem do médico com seu paciente

      A gente não vê no quarteto fantastico da imprensa nem na rede globo nem uma grande matéria sobre Os Mais Médicos: como estão, as dificuldades, as realizações, as transformações. Sempre que se fala algo é com viés negativo e muito superficial. Eh uma lastima termos uma imprensa tão pueril. 

  2. O jornalismo da globo

    É uma falta de educação total. Se dirigem desrespeitosamente ao entrevistado, querem falar e aparecer mais do que o entrevistado, são grosseiros e, além de tudo, muito ignorantes, pois só leem a eles mesmos.

    • Em resumo é isso: são uns mal

      Em resumo é isso: são uns mal criados incompetentes. Mas o Brasil tem essas particularidades: basta ter dineiro que nada mais importa.

      Acho até que em muitos casos pra ganhar bem é imprescindível ter esses predicados, afinal o empregador precisa de alguém para fazer o serviço sujo.

      E são arrogantes. Eles realmente acreditam que são os gênios da raça e que a dilma é só um poste do lula sem qualquer visão política; uma mera gerentona.

      Caíram do cavalo de novo.

  3. Bom Dia Bestaiada

    Hoje, com o Aécio, no Bom Dia Bestaiada, foi totalmente diferente de ontem com a Dilma. Sai da tela os 3 pitbulls e entram 3 ovelhinhas sorridentes e cordiais para entrevistar o cacique de Ipanema. Nenhuma pergunta que o tenha feito corar, nada que o tirasse do papel de garoto propaganda com texto decorado. Aécioporto passou longe, lá em Minas. Uma coisa ficou evidente para o telespectador: o Aécio, assim como a Osmarina, só tem casca, é oco por dentro. Os dois são teleguiados por apoiadores vorazes. Vida longa à Dilma!

  4. Parecia o velho Maluf dando

    Parecia o velho Maluf dando entrevista. Perguntavam banana, ele respondia abacaxi.

    Vamos ver a performance dos outros, que, logicamente, será muito, muito pior!!!

    • Deixe explicar melhor pra vc

      O problema se resolve quando vc souber o quq é uma laranja e o que é um abacaxi.

      Talvez daqui a algumas décadas,pois é um tema bem “complexo”.

  5. Vão acabar inventando o

    Vão acabar inventando o Jornalismo Paralelo. Ou Jornalismo Virtual. Ou Jornalismo 100% Puro. Aquele que prescinde absolutamente de fatos e dados. E, quem sabe, até de público….

  6. A mídia se desmoraliza por

    A mídia se desmoraliza por ela mesma.

    Não é à toa a queda dos índices de audiência.

    Quem não conhece Dilma e a forma concentrada e de oposição da mídia ao PT¨é que pode entrar na manada dos que dizem que a comunicação é falha.

    A omissão dos feitos do governo e a forma de “desqualificá-la politicamente” ao PT por parte da mídia não permite que nehum partido de esquerda, sobretuto o PT, tenha boa comunicação.

    Aos poucos a verdade aparece

  7. Por que a Globo não

    Por que a Globo não disponibiliza para tal entrevista u bom jornalista? Tem que ser três. Aí, os três falam ao mesmo tempo, cad um reforçando o que o outro disse, numa estratégia clara de desestruturar Dilma. Esta, no entanto, pra variar, decidiu ir às entrevistas com a cara limpa, bem acomodada na cadeira, e até sorrindo. Isso deve mexer muito com os jornalistas, sem contar que a cada pergunta as repostas são rápidas e contundentes. Se fosse um jogo, poderíamos dizer que Dilma ganhou de lavada. Aliás, como ganhou de lavada Garotinho, na entrevista dada a uma jornalista no Rio de Janeiro. A Globo não vai muito bem nesta campanha.

    • hhhehehe, realmente o

      hhhehehe, realmente o “programa eleitoral” da globo caiu muito desde que começou a campanha. Estão com sérias dificuldades de comunicação.

      Vamos ver o que vão aprontar na reta final. O Farol da Alexandria já sinalizou que é pra “dramatizar”, ou seja, fazer mais chacrinha com o caso da petrobrás…

      Acho que a munição está acabando…

  8. Acho que não foi a mesma entrevista que vi…

    Acho que não vimos a mesma entrevista, a que eu vi foi uma candidata despreparada, tentando impor numeros de sua cabeça, totalmente irreais…. Os Petistas, devem admitir que a candidata que tem é muito ruim….

  9. “A boa performance de Dilma

    “A boa performance de Dilma coloca em xeque um tipo de jornalismo tendencioso e agressivo …”

     

    Adorei ler sua matéria, retratou meus pensares e concluires acerca da entrevista

    no ninho das venenosas.

     

    Grata!

    • A propósito, quem teria 

      A propósito, quem teria  colocado em cheque o silêncio desse “tipo de jornalismo”,  sobre os  assuntos convulsivos recentes envolvendo os principais concorrentes de Dilma?

  10. Sabe qual é a melhor resposta

    Sabe qual é a melhor resposta para este jornalismo rasteiro?Dilma na frente nas pesquisas. Não é a Dilma que os está desqualificando, é o eleitor brasileiro que não acredita nas “verdades” deste jornalismo patronal, lesa-pátria, tendencioso e corrompido.

    • Gostei dos qualificativos!

      Gostei dos qualificativos! Vou adotar! 

      Patronal, lesa-pátria e corrompido!

      De mim não levam um çentavo. Assisto esporte e futebol, mas jamais. Informação, opinião e anunciantes, dessa gente não quero um caco!

  11. Dilma versus globo

    Não foi entrevista. O jornalismo da globo está cada vez mais rasteiro. Aliás, o trio veja, globo e folha, agora o estadão parece que está nas mãos da globo, todos alienados. Ainda bem que tem netmídia alternativa, para quem não é abduzido por esses lixos midiáticos.

  12. A desinformação criminosa

     

    A verdade:

    Só na campanha de 2014, os Correios distribuiram 134 000 panfletos eleitorais sem chancela — em Minas Gerais. O cliente foi o PSDB”

    triste coleção de denúncias sem base real, destinadas a criar fatos políticos capazes de prejudicar o governo Dilma na reta final do primeiro turno

    Vivemos uma era de impunidade — na mídia meus amigos.

    A busca permanente do escândalo é um sintoma claro de fraqueza política, acima de tudo. Em vez de debater ideias de um panfleto, o que faz parte do processo democrático, o máximo que os adversários do governo conseguem no momento é tentar usar a mídia para questionar como ele foi distribuído. Fraco, né?

    Paulo Moreira Leite

  13. Na entrevista pela manhã no

    Na entrevista pela manhã no telejornal da Globo, mesmo com a bola dada para chutar em gol e sem o “incômodo” de perguntas sobre o aeroporto de Cláudio, Aécio só conseguia dizer frases vazias. Perguntado como resolveria alguns dos problemas levantados pelos entrevistadores, respondia com “eu acredito”, “estamos estudando”, ou seja, incapaz de aprofundar-se em qualquer tema relevante para o país. Comparado com Dilma, parecia um menino que fugiu da escola. Aécio ainda poupou Marina, talvez já de olho numa composição de segundo turno, mostrando que o desejo de ser presidente já passou e em seu íntimo quer mesmo é voltar para a vida de playboy carioca.

     

    • Armadores

      Quer dizer que não perguntaram sobre os aécioportos? E sobre o Clésio Andrade também não?E sobre a censura imposta pela mana também não?E sôbre a prisão do Carone também não? E sobre o mensalão tucano também não?E sobre a invasão da Universidade no Rio também não?E sobre a censura a mais de sessenta blogueiros também não?E sobre a amizade com os Perrela também não? Ou seja, foi mais uma reunião entre o compadrio.

    • Pois é Assis, as leituras

      Pois é Assis, as leituras serão várias- depende do leitor. O normal é que quem vai a um blog está procurando, na grande maioria das vezes, seus pares. O chato é quando se comenta qualquer coisa que contraria um ou outro, saem te rotulando- quando não “elogiando”- como te conhecessem a fundo. 

  14. …..mal ( ou mau ) intencionado……voce decide…

    J.

    Acho que vimos outro  programa não o  comentado por voce.

    Voce tem direito a ter suas preferencias.

    Eu Tambem.

    Só não pode nos taxar de ignorantes e mal informados.

    O Brasil  merece coisa melhor que esse seu comentario

    • Parafraseando o sábio Mlillôr

      Parafraseando o sábio Mlillôr Fernandes: “Em dúvida não duvide”  No presente caso, se você, Seu Lineu;  viu o prograama, leu o texto, entendeu seu conteúdo e mesmo assim,,está acusando o seu autor de nos taxar de ignorantes e mal informados, você está mal intencionado; por conseguinte, você é mau.

  15. …..mal ( ou mau ) intencionado……voce decide…

    J.

    Acho que vimos outro  programa não o  comentado por voce.

    Voce tem direito a ter suas preferencias.

    Eu Tambem.

    Só não pode nos taxar de ignorantes e mal informados.

    O Brasil  merece coisa melhor que esse seu comentario

  16. A presidenta usa de excelência p/ manter a educação e o respeito

    Traga números precisos e incontestáveis sobre o aumento do índice de flatulência das vacas prenhes e tente destruir a política pecuária e ambiental do governo.

    Evidentemente, o que que se precisa discutir aí não é o índice, mas a (des)qualidade e mediocridade da pergunta.

    Se o entrevistador continuar nesta linha, aí é a (des)qualidade do medíocre entrevistador.

    E que fique com o mico quem pagar por ele.

    Presidenta: eles não merecem! 

    Só fico na dúvida se seu exemplo é mais eficaz do que desmascará-los, pois sabemos que (anti-)torcedor não pensa…

    (anti-)Torce.

    Mas exemplo, tanto bate que impregna!

  17. Como digo, o maior cabo

    Como digo, o maior cabo eleitoral do PT é a oposição, incluindo a grande imprensa, não conseguem elaborar um projeto justo para o povo do país, só pensam em agradar as “elites” do brasil dos estadusunidos. Garantir oseu lucro mesmo que o país va para o buraco.

  18. assis, concordo
    mas tem outro

    assis, concordo

    mas tem outro detalhe, eleitor nao partidarizado esta olhando para decidir, de um lado dilma mostra conhecimento e dominio do brasil e fora dele (ja deu pra perceber que usa tanto dados e nomes dos agentes, tanto dos eua como europa) contra uma marina que é visivel e risivel o seu conhecimento sobre economia, metaforas biblicas para uma candidata como de 2010 onde nao tinha chance e ninguem queria se indispor para ter votos no 2 turno e para um publico de voto de protesto, servem,,,, para dirigir o pais, NAO, isso claramente reverteu tendencia,,,,

     

  19. é inegável que dilma saiu-se

    é inegável que dilma saiu-se muito bem nessa entrevista com os trogloboditas…

    os entrevisadores gaguejam como

    se fossem aqueles primitivos que

    não conseguem emitir uma frase coerentre,

    um raciocínio convincente que possa enfim

    informar ao público sobre a questão

    principal: a ecolha de um candidato

    à presidencia de um país que

    já é o sexto ou o quinto maior do mundo .

    não é um país de brincadeiras.

    cresceu, distribuiu renda, criou vinte milhões d empregos nestes úçtimos doze anos…,.

    ao contrário dos paíse de onde

    esses trgloditas querem retomar o

    neonliberalismo que só desemprega e

    deixa o  poder político nas maõs dos

    finanncistas dos grandes

    interessses capitalistas

    que só querem nos ferrar.

    se não houver um contaponto a

    estes vorazes interesses, estamos danados.  

     o brasil nãopode, por desejos primitivos

    ou que só ineressam aos grandes grupos financeiros internacionais, ser depreciado a toda hora.

    talvez aí esteja o x da questão.

    a globo deprecia o país. parece que

    quer aniquilá-lo como potencia emergente,

    como país indpoendente que quer

    competir com os outros, mas não destruí-los.

    é impressionante como os tres

    entrevistadores interromperam a presidente

    com essas emanaçõees primaciais

    trogloditas tipo…

    mas presidenta…

    e ela continuava corajosamente.

    sabe-se que o troglodita só começou a emitir frases completas quando alinhou o queixo com a estutura do corpo humano.

    por isso acho que esa comparação

    com os trogloditas mostra a  realidade d

    e como foi o comportamento dos tres entrevistadores.

    gaguejantes, repito.

    como ag lobo é um entulho autoritário

    que atrapalha o desenvolvimento da democracia brasileira,

    é preciso que haja um envolvimento da sociedade

    para que mais vozes  posssam

    participar da emissão de opiniões no

    sistema de comunicação do país.

    é impossível e inacreditável que o

    regime democrático dependa

    somente da opinião de seis famílias

    retrógradas para receber informações

    congeladas no tempo da obscuridade mais tacanha.

    ainda bem que temos os blogs chamados

    sujos da internet para que haja

    um contraponto inteligente e salutar

    para que essa ampliação de vozes

    se torne com o tempo realidade.

  20. Já passou da hora de assumir

    Já passou da hora de assumir as fragilidades da Dilma em vez de culparem os entrevistadores. Os repórteres seguiram o mesmo crtério com o Aécio, que também foi péssimo. Essa é a sorte da Dilma, seus adversários também são fracos. Sorte dela e azar nosso, pois não temos nenhum candidato a altura do cargo de Presidente da Republica, não é a toa que depois da saída do Lula o país começou a patinar. Corre o risco dela jogar fora todo legado o que o PT construiu. Infelizmente politica vitrou fla x flu, onde o coração fala mais alto e a razão se perde. 

    • Fla Flu da Fifa

      Comparar debates e exposições de ideias a um reducionismo “fla x flu”  já faz tempo que se tornou um confortável fla x flu para quem foge, ou teme ou não se dispõe, ou não tem saco para sustentar debates e exposições de ideias.

      Sem contar que o Fla x Flu já deixou de ser clássico de alguma importância no futebol brasileiro há mais de quatro décadas.  

  21. Aécio, tal como a Marina,

    Aécio, tal como a Marina, também dá pra trás (epa!) .

    Prometeu aos sindicalistas em SP que iria mexer no Fator Previdenciário e, hoje no Mau Dia Brasil, voltou triunfalmente para trás. ” Não foi bem isso que eu disse…  eu disse que iremos estudar, etc. etc.” .

  22. Dilma reverte…

    Mais 30 dias de horário eleitoral e o “abaixismo midiático” iria todo por água abaixo; mesmo em SP, onde êsses messias da informação estão transformando vinho em água. 

  23. Decididamente vi outra entrevista….

    Achar que a economia brasileira não vai mal, ou é o paraíso da propaganda eleitoral é autismo.

    • Dizer que a economia do país

      Dizer que a economia do país está no fundo do poço trata-se, ou de muita má fé e/ou mau-caratismo, ou trata-se de um mero néscio.

  24. P/ favor, alguém poste o vídeo aqui !

    Perdi. Por um motivo ou outro, tempo, preguiça, visita ou leitura rapidíssima no blog ou neste post-títulom, há visitantes e participantes que não procuram pelo Google ou pelo Youtube. Um link por aqui seria muito prático (e rápido para acessarmos). Sugiro.

    • Entrevistas

      definitivamente não dá para ficar escutando esses repórteres pseudo-intelectuais da Globo. São uns estrumes. Não fazem uma pergunta produtiva, somente agredindo a presidente. E pensar que uma boa parcela da população não enchegar isto. Deus me acuda….

      • O PIB alemão e a crise

        O PIB alemão e a crise europeia

        Altamiro Borges
        A todo-poderosa Alemanha parecia imune à grave crise econômica que assola a Europa e os países ricos.

        Parecia. Os dados oficiais mais recentes, divulgados pelo governo alemão, mostram o resultado da ortodoxia fiscal imposta pelo governo da chanceler Angela Merkel aos demais países da zona do euro, entre eles Portugal, Irlanda, Grécia e Espanha: a Alemanha termina o ano com a economia andando para trás no último trimestre de 2012 (PIB negativo de 0,5%), fechando o ano com pífios 0,7% de crescimento do PIB e que, em 2013, poderão se traduzir num crescimento ainda menor, de 0,4% (a previsão inicial era de 1,6%).

        O otimismo em relação à Alemanha estava ancorado no desempenho do país nos últimos anos, que se recuperou da recessão de 2009 (queda no PIB de 5%) crescendo 4,2% em 2010 e 3% em 2011. Mas os sinais de 2012 revertem o otimismo e parecem indicar que a crise chega às terras germânicas.

        A Alemanha é, depois da China, o maior exportador mundial. Mas seus clientes estão afundados em dívidas, uma crise da qual não conseguem sair desde que submetidos ao forte e persistente garrote manuseado pela chanceler Angela Merkel e sua dogmaticamente ortodoxa equipe econômica, que impõe as regras do grande capital e da especulação financeira aos países em crise.

        O esforço para socorrer o grande capital volta-se – os dados mostram – contra os governos “salvadores” dos grandes bancos e corrói justamente as bases de sua aparente prosperidade: o mercado de metade das exportações alemãs são justamente os países da zona do euro, onde a crise é aprofundada justamente pelas imposições de Berlim. A informação de que o setor exportador responde por um terço do PIB alemão reforça esta conclusão calamitosa: este é o setor mais atingido pela crise, empurrando o PIB para baixo.

        O resultado da imposição de políticas de austeridade (os ajustes que o jornal espanhol El País apelidou de austericídio) é conhecido. Os brasileiros e os latino-americanos pagaram, nas décadas de 1980 e 1990 (de hegemonia neoliberal), o alto preço do retrocesso econômico, do desemprego, do empobrecimento, da afronta à soberania nacional e do aprofundamento da desigualdade social, período em que os ricos ficaram cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres.

        Esta é a situação atual dos países ricos da Europa, dos EUA e do Japão. Neles, a crise e seu enfrentamento com o receituário da ortodoxia financeira resultam nas mesmas mazelas que afligem o povo e os trabalhadores, decorrentes da estagnação econômica. Para este ano, o Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê a permanência da crise e seu séquito de males para os mais pobres. Segundo aquele organismo, a zona do euro crescerá apenas 0,2% em 2013.

        Encontrar o caminho do crescimento é o desafio para os países ricos. Há especialistas preocupados segundo os quais urge reordenar a economia. E apostam na busca de um caminho que concilie os ajustes ortodoxos (cortes de despesas dos governos e arrocho salarial, sobretudo) com medidas que possam fomentar o crescimento econômico e assim, minorar os efeitos recessivos.

        Não vai dar certo. A crise e a salvação dos grandes bancos e das grandes fortunas é um poço sem fundo que favorece apenas aos muito ricos, distribuindo o preço da especulação financeira para o conjunto da população.

        A própria ONU reconhece isso e, no relatório “Situação e Perspectivas da Economia Mundial 2013”, recentemente divulgado, afirma que “apesar dos esforços terem sido significativos, especialmente na zona do euro, a combinação de austeridade orçamentária e de políticas monetárias expansivas teve um êxito desigual na hora de acalmar os mercados financeiros e menor êxito teve na hora de fortalecer o crescimento econômico e a criação de emprego”. Para a ONU há um “grave risco de uma nova recessão” e ele exige que os governos tomem medidas de combate ao desemprego.

        O preço do salvamento dos bancos é alto demais, mostram dados divulgados em 2011 pelo Levy Economics Institute, de Nova York, que inclui entre seus dirigentes um peso pesado como o economista Joseph Stiglitz, da Universidade de Columbia (NY). Até então, já haviam sido gastos US$ 29,9 trilhões (quase duas vezes o PIB dos EUA!) em recursos do governo para salvar os bancos e as instituições financeiras. Como o PIB dos EUA corresponde a cerca de 24% do PIB mundial, pode-se concluir que a salvação dos banqueiros e especuladores norte-americanos correspondeu a quase metade (45,6%) de toda a riqueza produzida no mundo em 2012!

        Na Europa, esse poço sem fundo consumiu um volume de recursos igualmente assustador. Dados da Comissão Europeia mostram que, contando apenas os gastos dos governos, e excluindo os empréstimos do Banco Central Europeu, o volume de recursos empregado para a salvação dos bancos e dos especuladores chegou a 5,1 trilhões (algo como 40,3% do PIB da União Europeia).

        Até quando os povos vão continuar consentindo no pagamento deste preço extorsivo, que salva o grande capital ao preço do emprego, da saúde, da educação, das aposentadorias e demais benefícios sociais que são cada vez mais confiscados em benefício da especulação financeira? Postado por Miro às 18:18

         

  25. 7 x 1

    Foi uma goleada de 7 x1 x1 x1 porque foram três que apanharam simultaneamente, e tanto, que reagiram indignados com a surra que levavam. Surra na casa do anfitrião. 

    Senhores economistas, a desonestidade intelectual da sra miriam merece uma análise, coitada. Ela se dedica a selecionar em um enorme elenco de boas notícias aquelas más, se cerca de dois ajudantes com cola na mão e apesar disso leva uma surra, a segunda, da Dilma. Dá pena!

    Se não fosse por nada, só esta surra nos globetes valeria meu voto na Dilma. Sabe tudo e bate na globo.Sem falar no ótimo governo.

  26. ENTREVISTA DE DILMA NO MAU DIA BRASIL

    Fulminante! Como um raio certeiro, Dilma fulminou  Miriam Leião, Ana Paula e Chico Pinheiro.  o regime inqusitório de volta à TV não conseguiu queimar quem eles achavam ser a bruxa má da história. Dilma nocauteou os três, com competencia, conhecimento e sabedoria. 

  27. A performance da PRESIDENTE,

    A performance da PRESIDENTE, candidata Dilma em publico, nao eh nem de perto boa, talvez tenha melhorado em relacao a si mesma, tropecou nos numeros em desacordo com a realidade, o que nao eh novidade nos candidatos do ParTido. A sua alegada ignorancia quanto aos assuntos da Petrobras tambem sao peculiaridade do mesmo partido, e, se levada em conta (a ignorancia) lhe confere a inabilidade de gerencia e a inaptidao para cargos administrativos. Por favor parem com esse “presidenta”, esse cargo nao existe, a menos que ela tenha sido quando adolescenta uma estudanta incompetenta.

    • De onde você tira esta ideia

      De onde você tira esta ideia de que os dados apresentados pela Miriam Leitão estão corretos? O histórico de apresentação e interpretação de dados por esta senhora é o pior possível.

      Mas o pior de tudo é as pessoas ainda darem credibilidade a alguém que vem pregando o caos há 12 anos, errando em 90% de suas previsões catastróficas. Vou repetir…Miriam Leitão não tem credibilidade alguma para merecer que os dados que apresenta sejam tomados como referência para qualquer discussão.

    • PRESIDENTA, SIM SENHOR!
      Como troll o sr. é muito desinformado! Ou melhor, deve se informar na revista veja ou na globo, né não?Já que o sr. não tem estudo suficiente estudo para saber o que fala, sugiro a compra de um bom dicionário, é baratinho.

    • Os inúteis em seus comentários

      Caro desinformado Silvio Lima. Você acredita que Dilma não conhece a Petrobras, será? Leia parceiro, pois Dilma foi integrante do Conselho de Administração da Petrobrás enquanto Ministra de Minas e Energia, ou seja conhece e conhece bem a Petrobras, sendo esta empresa a maior do Brasil. Outra coisa, procure no dicionário e verás que “Presidenta” é sim um cargo assumido por uma representante do sexo feminino, ou seja ídem a “Presidente”. Tem muita gente que comenta sem conhecimento de causa.

  28. alguém avise com antecedência quando houver entrevistas

    1, 2, 3, 5 dias de antecedência (quem souber e mais de perto acompanhar) sugiro que divulgue diariamente por aqui em posts recentes. Com destaque, até porque o Blog declarou claramente por Dilma.

  29. Estranho…

    Bom, me estranha dizer que a Dilma se saiu bem numa entrevista que ela só não errou o n;umero do partido dela, rs… me perdoe a ironia, mas as entrevistas não são para massacrar e não acredito que tenha sido a intenção da Globo, uma vez que a mídia depende demasiadamente do governo (como autorizador de funcionamento e como anunciante). Enfim, acho vergonhoso ter uma representante que erra números básicos que qualquer pessoa do meio saberia, ou ao menos deveria ter a humildade de reconhecer o desconhecimento sobre o assunto. A humildade de um governante é essencial para que o sucesso como estado seja alcançado.

  30. A Dilma dá de lapada nas costas dos jornalistas.

    Não é só nessa entrevista não, é em todas. Acostou, o reio come nos lombos.

  31. Manipulação…
    Eu daria outro titulo a essa matéria. “Manipulação”.
    Pra quem não se da ao trabalho de assistir a entrevista antes de ler essa matéria pode ser ate possível oq se diz aqui.
    Mas pra quem vê a entrevista antes de ler qualquer opinião (q é o correto e deveria ser feito sempre) v q essa matéria é uma tentativa frustrante de defender o indefensável.
    A candidata (a entrevista não foi com a presidentE e sim com a candidata Dilma.) não da solução nenhuma para nenhum dos problemas apontados pelos jornalistas. Apenas foge dando a sua interpretação para os números.
    Pq não é o fato de dar e saber os números e sim de forma conjunta analisarmos como devem ser analisados.
    A campanha de Dilma é baseada no ataque aos oponentes e na tentativa de maquiar uma situação econômica preocupante.
    Ate agora não vi a candidata apresentar nenhuma solução para nenhum dos problemas enfrentados por nos brasileiros. Por nos, pq pra mim quem guarda 150.000,00 reais em casa pra despesas variadas, não esta nem ai pra situação atual e futura do nosso pais.
    Alias, a promessa q vai esperar pra ver oq vai dar lá fora…. Esperar pra ver como a situação vai evoluir???? Fiquei MUITO preocupado com isso. A final ate onde vai meu humilde conhecimento o governo é que tem q agir para a economia reagir…

    Não acompanhei a entrevista dos outros candidatos e não tenho noção de como eles vão se sair.
    Mas a Dilma se saiu muuuito mau na minha opiniao .
    Meu voto não tem dono ainda.
    Mas cada dia mais fica longe da Dn Dilma.

  32. Deflação

    Com essa entrevista da Dilma eu aprendi que é deflação quando o índice está igual ou abaixo de 2%. Se saiu muito bem a candidata, é verdade.. 

  33. entrevista da Pres. Dilma

    Sr. J Carlos de Assis, recebeu quanto para mudar sua opinião sobre a candidata Dilma, sim pq falar que ela deu banho nos entrevistadores, só recebendo propina !!!!!

  34. Botou pra f….!

    É isso aí Presidente… não tem mais essa de ficar nas cordas para um bando de jornalistas incompetentes e safados. Parte pra cima pq nosso governo fez muito e fará ainda mais e melhor. Parabéns!!!

  35. Arrasou na matéria

    Dilma, realmente arrasou nessa entrevista! Só não vê quem é cego ou realmente não entende nem de política, muito menos de economia

  36. Comentário do assunto acima

    Mirian Leitão, conhecidada do povo pelo levantamento em numeros, mas pecou, nos numeros divulgados. E a Globo, pra sair da saia justa a qual foi enquadrada,  jornalista Ana Paula, colocou uma desculpa muito sem graça e sem convencimento. É Dilma de novo com a força do povo.

  37. Reportagem com a Presidente Dilma no bom dia brasil.

    A  PRESIDENTE DILMA DEU UMA AULA  DE ECONOMIA AOS ESTREVISTADORES DO BOM DIA BRASIL DA REDE GLOBO E FEZ OS ENTREVISTADORES FICAREM NERVOSOS COM OS CONHECIMENTOS DA ENTREVISTADA,POIS ARMARAM  UMA PONTARIA COM METRALHDORAS APONTA PARA A PRESIDENTE,POIS DILMA DESARMOU E COMBATEU O INIMIGO MAGNIFICAMENTE MOSTRANDO UMA VERDADEIRA POSTURA DE UMA CHEFE DE ESTADO E VENCEU O GIGANTE,SÓ COM UMA TACADA,POIS FOI UMA VERDADEIRA LUTA ENTRE GOLIAS GIGANTE E O PEQUENO DAVI,POIS MEUS PARABÉNS DILMA E POR ISSO QUE EU ME ORGULHO DE VOTAR EM UMA CÂNDIDATA COMO A PRESIDENTE DILMA.

     

    • pefeito

      Eruzalon, até a mim que sou partidário a tempos a presidenta me surpreendeu, se ja era partidário agora viei fã, ela está sim preparada, basta assitir às outras duas entrevistas

  38. Sapiência

    Do alto de sua sabedoria J. Carlos de Assis supostamente desce para fazer proselitismo  político partidário

  39. Gosto de ver uma boa análise

    Gosto de ver uma boa análise sobre o modelo de trabalho jornalistico utilizado em muitos veículos da imprensa brasileira, especialmente em períodos eleitorais! Vale a leitura não apenas para os estudantes e profissionais de comunicação, mas principalmente para todos nós que consumimos todas estas informações e notícias veiculadas na imprensa diariamente!

  40. A PIG em ação mais uma vez

    https://www.facebook.com/video.php?v=751139081616111&set=vb.100001600791078&type=2&theater , Esse pessoal da Globo, Veja,,,  PIG,  tentam de todas as formas desestabilizar  a candidata Dilma para que eles possam reproduzir na grande mídia a fim de emplacar o candidato deles. Para quem tem memória curta ou não viveu essa época. Em 1989 eles exibiram para todo o Brasil, no dia das eleições, sequestradores do Empresario Abilio Denis com camisetas do PT. Passada as eleições, o mal entendido foi corrigido, mas Color havia ganhado e o objetivo da PIG alcançado. Portanto, quem esta acima dos 50 anos sabe que esse pessoal age sempre de maneira tendenciosa. O jornal nacional, que já dominou a audiência e as mentes do povo, hoje tem apenas 20% e esta em queda. Mas o que eles temem? A reforma dos meios de comunicação, ou seja, a democratização dos meios  de comunicação. Mas como eles chamam essa reforma que já ocorreu na Europa, nos Estados Unidos, na Argentina, etc…?? O privilégio de meia dúzia de famílias usa o a palavra CENSURA para garantir os privilégios de sempre. Quando isso vai acabar??? Quem terá a coragem de libertar o país desse escravidão????

  41. Tentativa de massacre? Ou o aparelho partidário a funcionar?

    Escusado será dizer que este artigo foi escrito por um dos guarda-costas políticos de Dilma.

    Por outro lado, muitos dos comentários aqui postados denotam 1 de 2 coisas.

    1 – Estão a tentar defender o aparelho partidário. Do PT claro.

    2 – Falta de conhecimento de causa, do que é uma entrevista política.

    Faz parte do aparelho, tentar passar a imagem de que estava preparado um massacre à pessoa que feito de Presidente do Brasil. Menos cinismo.

    Convém não tentar esconder ou omitir que a Globo é talvez a TV do Brasil que mais depende de “apoios” estatais.

    Só por esse facto qualquer pessoa minimamente esclarecida percebe que a Direcção da TV Globo não iria permitir um “massacre” político a quem a “sustenta”, infligido por parte dos seus profissionais. Até porque é dessa forma que o PT através de Dilma, tebta assegurar o poder das instituições. Além de que qualquer jornalista político com o mínimo de preparo, encontra com facilidade 1001 argumentos para “massacrar” Dilma, apesar desta se ter formado em “expert” em se desviar/esquivar às respostas, acabando muitas delas por ficar sem esclarecer.

    Além disso, é de uma pobreza “Franciscana” as “gafes” que ela comete, em entrevistas e discursos, assim como a quantidade de pontapés que ela dá na gramática.

    Infelizmente os Brasileiros terão que se preparar para a grave depressão sócio/económica que se aproxima. E se Dilma “vencer” as eleições pior será.. A quem estiver a ler, daqui a um ano me dirão se tenho ou não razão.

     

     

    • Inocente

      cara, dasduas uma, ou você acredita no que estádizendo e por isso é muito inocente e não sabe de nada ou se faz de mnaluco e nos dois casos. acredita em mula sem cabeça, saci, lobisomem, vampiro, serra, alkmim e psdb. Cuidade barbosão virá te assombrar essa noite

  42. Não concordo

    Não concordo com a visão da matéria! Verdade sim que a Ana Paula, ficou foi muda! Sem coragem de fazer grosseria como fez com Aécio. Afinal, o cargo de presidente ( presidenta não adoto jamais) dá menor liberdade…otoridade é mesmo assim.

    Tanto ladrão na equipe !!!! Verdade que ela está na frente…ignorância  é uma doença que não tem cura.

    • algum parente lá ?

      para falar isso, você sem dúvida deveter algum parente lá, para saber e esse parente deve estar enchendo o bolso e não está dividindo contigo

       

  43. Jose Carlos de Assis- Dilma Dilma Revert, na Globo…

    Acusar o jonalista de receber propina não é comentário, é  grosseria e falta de educação.

    Voce criatura, pode discordar do jornalista, mas não acusá-lo de criminoso sem provas,  como fez  um certo ministro do stf ( hoje STF) tempos atrás. Já pensou se voce for “convidado” a depor sobre sua acusação? Vai requerer delação premiada? Caaaalma!

  44. Avaliação positiva do Dr. J. Carlos sobre a entrevista c/ Dilma

    Não me é surpresa, saber que a Globo bem como a revista Veja e um bando de jornalistas por ai cumpra um papel de guardião de ideias retógradas, pacem a construir opiniões distorcidas de inverdades dos fatos reais com inteções claras levados por intereces outros.

    No caso da entrevista à candidata a reeleição, presidenta Dilma, mulher preparada, muito bem informada dos mais diversos assuntos colocados com objetivos claros pretencioso de colocar a entevistada em saias curtas e em xeque, mas por motivos óbivios, estamos, nós brasileiros, muito bem representado no Palácio do Planalto e isso à 12 anos e com fé em Deus, dono da verdade e em nome da verdade, mais 4 anos haveremos de somar pra que esse projeto de recuperação do estado brasileiro se recupere das ações devastadora que assolou o país com o governo do tucano, FHC e sua turma, para que os brasileiros todos tenham mais e ainda mais oportunidade, esperança e espectativas de dias melhores dos que já estamos esperimentado a partir do governo do presidente Lula.

    Me dou por satisfeito por saber que há pessoas honestas e de bom senso capaz de reproduzir com clareza uma verdade…, em razão da análise do dr. J Carlos, tranquiliso-me em razão de ter combinado com a minha também avaliação de clareza e não por inclinação, quanto ao fato que ficou claro e evidenciou a armação dos entrevistador paraacom a entrevistada.

    A presidenta Dilma no meu entender, desrmou e desarticulou as raposas do jornalismo de elite, pago e muito bem pagos pra exercer e bem seus papeis de condução as massas com suas tendenciosas intenções…,mas tal é a capacidade da Dilma e interação com o fazer e não um faz de conta, assume as rédias do projeto de reconstrução desse pais com muita competencia, determinação e corage, corage de e pra enfrentar as raposas, uma elite burguesa, conservadora e reticente às transformações que venham atender o povo os quais sempre legado ao despreso e abandono durante séculos.

    Gostei muito dos seus comentários, me dou por satisfeito por ter tido a oportunidade de te-lo lido bem como combinado em opinião, no demais, continuar à lutar e não ficar apenas a esperar o resultado do dia 5 de outubro, porque esperar não sábio, quem sabe faz a hora, não espera acontecer, viva ao Brasil, viva ao projeto PT de reconstrução do nosso país, viva a Dilma e viva ao povo consciente que vão dar seu voto de novo pra reeleger Dilma por mais 4 anos. 

  45. J. Carlos de Assis: Dilma reverte, na Globo, o massacre que iria

    O quarto poder não pode sobrepujar os outros três, sua tarefa é apenas informar, as análises e pareceres ficam por conta do crivo da população. A partir do instante em que o quarto poder ganha poder de polícia, invistigador, perícia e juiz, etc.; devemos nos acautelar, pois estamos no caminho errado. 

    • Quarto poder é mera ficção. O

      Quarto poder é mera ficção. O que existe é o poder quase absoluto dos barões da mídia, que a manipulam ao seu bel interesse para  formar e dirigir a consciencia da população.

  46. PRESIDENTA DILMA NO bom dia BRASIL

    É certo que a rede globo não suporta a ascensão da classe C e D que com outros interesses não assistirão as porcaria da emissora. Classe C e D lotando acaqdemias indo ao cinema e teatro acaba com os ” pograminha ” da tv 

  47. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome