Qual é a sua proposta para a educação?

por Almeida

A edição do vídeo conseguiu até melhorar a “resposta”, na verdade a falta de resposta, na medida que eliminou trechos de “falas” desconexas, que não têm nada a ver com a pergunta e só piora a “resposta”. As “falas”, ou melhor dito, os zurrados, podem ser escutados aqui na íntegra

Impressionante é escutar aplausos da plutocracia presente e constatar que o capitalismo contemporâneo marcha para o descompromisso com a democracia liberal. O Brasil está se tornando um laboratório disto, assim como o Chile serviu de ensaio para as políticas neoliberais, a partir do golpe de 1973. Vão na direção de colocar mais uma vez um aventureiro na Presidência; assim como Jânio, como Collor, a farsa se repete. A ética desaba perante a razão pragmática da platéia, estão a anunciar abertamente: “Às favas… todos os escrúpulos de consciência”.

https://www.youtube.com/watch?v=tA71HTo7lMg

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Novo presidente do BB deve priorizar venda de ativos

10 comentários

  1. Aberração

    Este cidadão é uma aberração, um completo energúmeno. O fato dele possuir quase 1/3 das intenções de voto demonstra como nosso país é ignorante (o 2o do mundo, segundo recente pesquisa)…

    • Bolsonaro não tem 1/3 dos votos, é um espantalho que ………..

      Bolsonaro não tem 1/3 dos votos, é um espantalho que não ganhou vida.

      Diferentemente do caso do espantalho do Mago de Oz, Bolsonaro é um espantalho que não ganhou uma alma, ele não só parou nas pesquisas na intenção de votos, ele provavelmente já está em queda.

      O principal indício da queda de Bolsonaro são o pouco ânimo de seus apoiadores robôs nas redes sociais, o mais evidente e quantificável é no YouTube. Se analisarmos o forte do deputado no YouTube, onde ele possuiu diversos canais com aproximadamente 800 mil seguidores, a produção de conteúdo estagnou nestes canais e o número de visitas caiu francamente. Há inclusive nos canais mais diretamente ligados ao deputado uma inação imensa.

      Também a falta de fatos novos positivos sobre o candidato é imensa, estão repetindo coisas que não interessa mais ninguém, como o tal KitGay (???).

      O problema dele é que como dizia a minha avó: Saco vazio, não para de pé!

       

      • Temos de esvaziar ainda mais esse saco.

        É bom fazer desabar antes do segundo turno, por muitas razões. A começar pelo mal estar causado, tanto pelo assombro que representa, quanto pelo constragimento que grande parte do eleitorado experimentará, de ir às urnas de nariz tampado.

        Se ele passa, será preciso uma grande aliança para evitá-lo. Cai na área que ele joga, de ser o candidato do contra “tudo que está aí”, suas chances sobem e lhe proporcionará expressiva votação: se ganha, é tragédia antecipada; se perde, mas com números expressivos de eleitores, vira o líder da oposição à aliança que o derrotou, ao “tudo que está aí”, a tragédia fica suspensa, rondará o governo que tomar posse, qualquer vacilo…

        • Coloquei que Bolsonaro não tinha 1/3 dos votos foi…….

          Coloquei que Bolsonaro não tinha 1/3 dos votos foi antes da pesquisa do IBOPE, que deve cair ainda mais. Acho que ele deverá chegar em torno de 25% no máximo. Ele não cria nada de novo, logo perde os votos devido a facada e cai abaixo com toda a discussão sobre o fascismo.

  2. Olhando o vídeo na íntegra dá

    Olhando o vídeo na íntegra dá pra capturar melhor a resposta do candidato. A resposta é bem atrapalhada, mas basicamente defende o fim das cotas, provavelmente algum incentivo do governo pra garantir o “respeito” ao professor dentro de sala de aula, alguma coisa de meritocracia, uma melhoria no currículo escolar (aí já empurra automaticamente a questão da ideologia de gênero), e fala. corretamente ao meu ver, que qualquer política educacional de base precisa atentar para a capacidade financeira das prefeituras. Parece desconhecer completamente o papel do Senai mas acaba conseguindo se sair bem nesse ponto com o “aceito sugestões”. 

    Honestamente não achei tão ruim a resposta do candidato. Esperava pior.

    Mas sou mais Ciro, depois Haddad, depois os outros e, talvez se entrasse na cabine de votação num pau-de-arara, eu acabasse votando nesse cidadão aí.

    • A “resposta” na íntegra foi uma encheção de linguiça só.

      A impressão que fica é a de que preencheu a tripa com seu “recheio natural”. Jogou o sangue fora e fez o chouriço com a bosta. Falou merda a metro.

      Repetiu uma catilinária ideológica rasa, plena de teorias conspiratórias, do agrado da direita doidivana que infesta as redes sociais; uma fauna que reúne malucos da terra plana, criacionistas, olavetes, viúvas mumificadas da ditadura, i-aborrecentes conhecidos como bolsominions, roSqueiros decadentes e fracassados com velhas opiníões formadas sobre tudo, pornógrafos guardiões da moralidade, estalinistas senis ainda traumatizados pela queda do muro, enfim, a coxinhada desvairada.

      E dá-lhe a zurrar chavões de “ideologia de gênero”, “a culpa é do Paulo Freire”, “escola sem-partido”, sem deixar de fazer gracejo homofóbico, para parecer “engraçado”, e sem deixar de fazer referência à contenção e controle de “gastos”, pra bajular o besteirol neoliberal que dele se aproxima em fase de “namôro-casamento”, noutras palavras, foi o boçal escroto de sempre.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome