A estratégia de recuperação da Petrobras

De um especialista em recuperação de empresas:

1.    Separar o presente do passado. Montar um task-force para o passado e permitir os diretores de cuidar do presente.

2.    Resolver as pendências do balanço. Forçar a Price a dizer o que quer, negociar e obedecer.

3.    Separar a gestão de ativos não essenciais em uma Pessoa Jurídica diferente e operá-los como ativos à venda.

4.    Motivar a média gerência. Sob nova direção, há um enorme grupo de gestores capacitados a levantar os resultados da companhia.

5.    Enviar para dentro e para fora indicações fortes de austeridade.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Grupo Prerrô discute lawfare com Cristiano Zanin e Valeska Teixeira, advogados de Lula

97 comentários

  1. Oi?

    Levantar os resultados da companhia?

    Ela está à beira da concordata???

    Essas ações me lembram o que foi feito com a GM na época do famoso “Chapter 11” (Bancrupicity).

    Creio que sejam situações para lá de distintas.

  2. Viavel politicamente ??????

    O roteiro proposto pelo especialista é o comum em reestruturação de empresas, resumindo: cuidar da parte boa de imediato, separar o que é ruim, no momento, segregando estes ativos contaminados e contaminantes, que até podem ser negociados, substituir toda a diretoria operacional por gente preferencialmente “de dentro”, mudar todo o Conselho de Administração. 

     Tá, é um caminho, MAS em uma empresa que alem de petroleira estatal, é um cabide de empregos, alguns destinados a composições politicas, que é constantemente utilizada para gerar caixa ao governo, até mesmo contribuindo para o balanço de pagamentos ser positivo ( exportando plataformas fabricadas aqui, para Holanda, e as alugando de volta), creio que politicamente seria uma operação muito dificil.

      

    • Faça como o rabino

      Pense fora da caixa!

      Deixa o preço cair , compra tudo o que der, reestatiza o negócio e manda quem reclamar plantar bananas.

      • Com que dinheiro

          O Tesouro não tem dinheiro para recompra das ações, alem do que seria uma movimentação, que em um primeiro momento premiaria a especulação, elevando artificialmente o preço das ações, o que no caso dos ADRs listados na NYSE, daria em: 1. suspensão das negociações, congelando o preço ; 2. Processos judiciais ; 3. Liquidação antecipada dos outros papéis listados em Bolsa, como empréstimos, debentures etc..

           Caso existisse dinheiro para tal operação, e fosse do interesse da controladora, a União, as regras de mercado exigiriam um “Comunicado ao Mercado”, o qual estabeleceria um preço para as ações, com extensão aos minoritários ( tag alog ), o problema é que não tem dinheiro.

        • SABINADA inocente ou

          SABINADA inocente ou mal-intencionado !!!

          O Governo Brasileiro tem 400 BI em caixa, como resevas em dollar !! Além do mais, é só baicar a SELIC para 7%, como estava em 2012 quando começou o tiroteio contra DILMA, que àquela altura era mais popular que LULA, que sobra dinheiro para comprar essas ações e reestatizar a empresa, o que já deveria ter sido feito há muito tempo.

           

           

          “O BRASIL PARA TODOS não pasas na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SOENGAÇAO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

        • SABINADA inocente ou

          SABINADA inocente ou mal-intencionado !!!

          O Governo Brasileiro tem 400 BI em caixa, como resevas em dollar !! Além do mais, é só baicar a SELIC para 7%, como estava em 2012 quando começou o tiroteio contra DILMA, que àquela altura era mais popular que LULA, que sobra dinheiro para comprar essas ações e reestatizar a empresa, o que já deveria ter sido feito há muito tempo.

           

           

          “O BRASIL PARA TODOS não pasas na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SOENGAÇAO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

          • Imagine que o governo

            Imagine que o governo brasileiro resolvesse então usar as reservas cambiais ( nunca se viu isso em nenhum país, mas vamos lá) para recomprar ações.

            O que você imagina que aconteceria com o valor do dólar no “minuto seguinte ” ao anúncio?

            Dispararia e colocaria em cheque todo o programa de controle de inflação nacional e mais, em segundos, a dívida da própria Petrobrás e, de roldão, das demais empresas brasileiras dispararia também. Outros Bilhões de dólares das reservas seriam então gastos para conter o valor do dólar e garantir esses pagamentos.Como um dominó nossas reservais diminuiriam e um choque cambial se potencializaria.

             Enfim jogariamos o Brasil em uma crise cambial horrível e voltaríamos às funestas década de 80 e 90 onde o Brasil era um “coitadinho” internacional.

             

            Por favor, deixemos as reservas onde estão..para garantir nossa soberania como nação. Por favor arrume outro dinheiro para fazer esta operação.

          • Imagine que o governo

            Imagine que o governo brasileiro resolvesse então usar as reservas cambiais ( nunca se viu isso em nenhum país, mas vamos lá) para recomprar ações.

            O que você imagina que aconteceria com o valor do dólar no “minuto seguinte ” ao anúncio?

            Dispararia e colocaria em cheque todo o programa de controle de inflação nacional e mais, em segundos, a dívida da própria Petrobrás e, de roldão, das demais empresas brasileiras dispararia também. Outros Bilhões de dólares das reservas seriam então gastos para conter o valor do dólar e garantir esses pagamentos.Como um dominó nossas reservais diminuiriam e um choque cambial se potencializaria.

             Enfim jogariamos o Brasil em uma crise cambial horrível e voltaríamos às funestas década de 80 e 90 onde o Brasil era um “coitadinho” internacional.

             

            Por favor, deixemos as reservas onde estão..para garantir nossa soberania como nação. Por favor arrume outro dinheiro para fazer esta operação.

          • FO… -SE O DOLLAR !!! 
            Temos

            FO… -SE O DOLLAR !!! 

            Temos o Banco dos BRICS. Quem precisa de DOLAR !?!? Já passou da hora de dar BASTA nessa moeda padrão sem lastro.

             

             “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

          • FO… -SE O DOLLAR !!! 
            Temos

            FO… -SE O DOLLAR !!! 

            Temos o Banco dos BRICS. Quem precisa de DOLAR !?!? Já passou da hora de dar BASTA nessa moeda padrão sem lastro.

             

             “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

        • Dinheiro até existe

          http://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/divida-ativa-da-uniao-ultrapassa-r-1-trihao

          P { margin-bottom: 0.21cm; }P.western { }

          E tem muita gente de mercado que tem capacidade de montar a operação para a União (caso interesse, é lógico, mas como ve-se pela atual composição do ministério a opção é clara, agrademos à banca), evitando conflitos como 1,2&3. Todos sabem : o preço do barril não vai ficar em U$ 50,00 eternamente.

          Quanto a retalhar a Petrobras, isso foi tentado logo após 64, o marechal Ademar de Queiroz com forte sentido nacionalista enfrentou e derrotou a tese do ministro Roberto Campos, do Planejamento, que desejava dividir a Petrobrás em várias unidades autônomas.

          E afinal  esta virando (ou estão insistentemente tentando transforma-la em) uma “gata borralheira” de novo !

          “Quando a Petrobrás foi criada, em 1953, era a gata borralheira. Ninguém queria saber dela. As empresas internacionais de petróleo, as famigeradas e criminosas `sete irmãs` (Standard, Esso, Shell, etc), lançaram grande campanha no país para `provarem` que o Brasil não tinha petróleo. Presidente da Petrobrás e mais norte-americano do que a Coca Cola, Juracy Magalhães contratou um ex-geólogo-chefe da Standard Oil, o incrível Mister Walter Link, que produziu o `Ralatório Link` dizendo que o Brasil não “Quando a Petrobrás foi criada, em 1953, era a gata borralheira. Ninguém queria saber dela. As empresas internacionais de petróleo, as famigeradas e criminosas `sete irmãs` (Standard, Esso, Shell, etc), lançaram grande campanha no país para `provarem` que o Brasil não tinha petróleo. Presidente da Petrobrás e mais norte-americano do que a Coca Cola, Juracy Magalhães contratou um ex-geólogo-chefe da Standard Oil, o incrível Mister Walter Link, que produziu o `Ralatório Link` dizendo que o Brasil não tinha petróleo em terra e, se um dia aparecesse, só no mar, sem condições de ser explorado, por falta de tecnologia e dinheiro. Queriam guardar nosso petróleo para quando o deles acabasse. EPOPEIA: A Petrobrás, costurando com suas próprias linhas, e dinheiro apenas do Brasil, começou a pesquisar, perfurar, descobrir, extrair e refinar sozinha, a partir da Bahia. Uma epopeia de 60 anos, que começou com a campanha do `O Petróleo é Nosso`, iniciada em 1948, e chegou ao “Pré-Sal”.

          Na Bahia, no começou da década de 60, logo se formou um grupo de jovens engenheiros, geólogos, paleontólogos, que passaram a procurar petróleo no fundo do mar. E encontraram. Eles, os técnicos brasileiros. Ela, a Petrobrás. E vieram os campos das plataformas da Bahia, Sergipe, Rio Grande do Norte, depois Espírito Santo, Campos, Macaé, Santos, Tudo pesquisado, perfurado, descoberto, extraído pela Petrobrás. As empresas internacionais, diante da evidencia, passaram a dizer que a exploração era antieconômica.

          “VAMPIRAS”

          No governo Fernando Henrique, com petróleo no mar, alta rentabilidade e lucros crescentes nas contas da Petrobras, as “sete canalhas” apareceram para “participar”. A tecnologia da Petrobrás tinha sido aprovada, o petróleo descoberto pela Petrobrás e os campos demarcados também pela Petrobrás. A cama feita, estava na hora de pularem em cima.

          As “sete vampiras” promoveram outra forte campanha na “grande imprensa”, sempre aliada de qualquer gringo com dinheiro, desde Pedro Álvares Cabral. E acabaram com o monopólio da Petrobrás. Passaram a faturar, em condições iguais às da Petrobrás, o petróleo já descoberto.

          PRÉ-SAL

          De repente, estoura o “Pré-Sal”. Também estudado, pesquisado, descoberto,
          viabilizado pela Petrobrás. Elas pularam em cima na primeira hora. Exigiam “participar” nas mesmas condições anteriores de “concessão”. O governo, felizmente certo, disse o obvio: – “O Pre-Sal é uma situação diferente, excepcional. É uma riqueza que durará décadas de exploração.

          Logo, o sistema vai ser diferente. Não concessão, mas partilha”. Na “concessão”, as empresas estrangeiras exploram em pé de igualdade com a Petrobrás. Na “partilha”, a Petro-Sal comandará o processo em nome da União, a Petrobrás tem garantido um mínimo de 30% na exploração de qualquer campo e a União decide a aplicação do lucro. Esperem a guerra no Congresso e sobretudo na imprensa. Sempre ela. Agora, a gata borralheira virou uma bela prima. E todos eles primos.

          Sebastião Nery

          tinha petróleo em terra e, se um dia aparecesse, só no mar, sem condições de ser explorado, por falta de tecnologia e dinheiro. Queriam guardar nosso petróleo para quando o deles acabasse. EPOPEIA: A Petrobrás, costurando com suas próprias linhas, e dinheiro apenas do Brasil, começou a pesquisar, perfurar, descobrir, extrair e refinar sozinha, a partir da Bahia. Uma epopeia de 60 anos, que começou com a campanha do `O Petróleo é Nosso`, iniciada em 1948, e chegou ao “Pré-Sal”.

          Na Bahia, no começou da década de 60, logo se formou um grupo de jovens engenheiros, geólogos, paleontólogos, que passaram a procurar petróleo no fundo do mar. E encontraram. Eles, os técnicos brasileiros. Ela, a Petrobrás. E vieram os campos das plataformas da Bahia, Sergipe, Rio Grande do Norte, depois Espírito Santo, Campos, Macaé, Santos, Tudo pesquisado, perfurado, descoberto, extraído pela Petrobrás. As empresas internacionais, diante da evidencia, passaram a dizer que a exploração era antieconômica.

          “VAMPIRAS”

          No governo Fernando Henrique, com petróleo no mar, alta rentabilidade e lucros crescentes nas contas da Petrobras, as “sete canalhas” apareceram para “participar”. A tecnologia da Petrobrás tinha sido aprovada, o petróleo descoberto pela Petrobrás e os campos demarcados também pela Petrobrás. A cama feita, estava na hora de pularem em cima.

          As “sete vampiras” promoveram outra forte campanha na “grande imprensa”, sempre aliada de qualquer gringo com dinheiro, desde Pedro Álvares Cabral. E acabaram com o monopólio da Petrobrás. Passaram a faturar, em condições iguais às da Petrobrás, o petróleo já descoberto.

          PRÉ-SAL

          De repente, estoura o “Pré-Sal”. Também estudado, pesquisado, descoberto,
          viabilizado pela Petrobrás. Elas pularam em cima na primeira hora. Exigiam “participar” nas mesmas condições anteriores de “concessão”. O governo, felizmente certo, disse o obvio: – “O Pre-Sal é uma situação diferente, excepcional. É uma riqueza que durará décadas de exploração.

          Logo, o sistema vai ser diferente. Não concessão, mas partilha”. Na “concessão”, as empresas estrangeiras exploram em pé de igualdade com a Petrobrás. Na “partilha”, a Petro-Sal comandará o processo em nome da União, a Petrobrás tem garantido um mínimo de 30% na exploração de qualquer campo e a União decide a aplicação do lucro. Esperem a guerra no Congresso e sobretudo na imprensa. Sempre ela. Agora, a gata borralheira virou uma bela prima. E todos eles primos.

          Sebastião Nery

          Sds

          Paulo

  3. O remédio certo…

    … para o paciente errado.

    A crise é muito mais de imagem do que de resultados.

    É por isso que se demanda alguém com veia política e não técnica.

    E por este motivo os dois primeiros itens são bons. O restante é chover no molhado. O cara não sabe o que já rola na empresa.

    • Eis o ponto que quis atingir

      Eis o ponto que quis atingir no meu comentário mais abaixo.

      As ações são tipicamente para recuperação de empresas beirando ou em concordata.

      O que a Petrobrás sofre é desgaste de imagem, por parte de atores com propósitos para lá de dedutíveis.

      Fez muita falta um(a) presidente que defendesse a empresa com unhas e dentes e que partisse para a ofensiva.

      Graça Foster se acuou, se apequenou. Gabrielli, o ex-presidente, desempenhava muito mais o papel de defensor da estatal do que a atual e cambaleante presidente.

      Como em qualquer empresa (pública ou privada) a presidência cabe à uma pessoa, acima de tudo, política.

  4. A Petrobras vai muito bem

    A Petrobras vai muito bem obrigado. O resto é propaganda nazista do PIG. Isso tudo é o preço de não ter regulamentado a mídia em 2003. 

    • O prezado comentarista parece

      O prezado comentarista parece viver em outro planeta. A Petrobras sofreu roubo bilionário (!!!) com fins de enriquecimento ilícito e financiamento de partidos políticos, queda absurda no valor das ações, queda no rating das agências classificadoras, e o colega vem dizer que é propaganda do PIG, ainda por cima nazista? Entendo que querem censurar a imprensa brasileira, mas como vão censurar a imprensa internacional?

      • Prezado comentarista Caetano.

        Prezado comentarista Caetano. Nossa Petrobras vai sim muito bem obrigado. Mas o  PIG, PSDB e uns triadores da Pátria trabalham dia e noite para que ela seja vendida para a CHEVRON!!! percebeu ou vou ter de desenhar??? Abç

        • Não sei de qual desenho você

          Não sei de qual desenho você tirou a informação de que querem a venda da Petrobras à Chevron. Nunca vi político ou jornal apoiando a venda da empresa, nem o PSDB, frequentemente acusado de querer privatizá-la, o que não é verdade. E para nossa profunda tristeza, a Petrobras não vai nada bem. A empresa tem um corpo técnico de altíssimo nível, todavia a direção não está à altura. Um dos motivos é o aparelhamento desenfreado. Finalmente Dilma acordou, ou foi acordada, e vai trocar a diretoria, o que é fundamental, pois o que há de mais grave é a falta de credibilidade que ficou associada à empresa. E uma empresa que precisa de centenas de bilhões para investimento não sobrevive sem ela.

      • Caetano, caiu de preço porque

        Caetano, caiu de preço porque levaram em conta o preço do petróleo a US$50,00 o barril e não US$100,00 como era há seis meses atrás, isto diminui os lucros e a empresa cai de preço, quer que eu desenhe?

        • Prezado rdmaestri, discordo,

          Prezado rdmaestri, discordo, as ações da Petrobras cairam muito mais que as das outras petroleiras, infelizmente também para mim, que sou microacionista.

  5. Hora de comprar

    O Estado devia deixar o preço ir lá embaixo e sair comprando de quem não acredita.

    Reestatizar realmente a empresa. É uma questão de quem tem mais garrafa vazia para vender! Ai daqui a cinco qnos os dentes rangerão!

    • Que bobagem… O governo está

      Que bobagem… O governo está começando a fazer sacrifício para reduzir o deficit fiscal e vem alguém dizer em comprar o resto da empresa…

    • É parecido com o que o Putin

      É parecido com o que o Putin fez… Pena que a Dilma está anos-luz da sagacidade de um Putin…

  6. Neste exato momento:
    Dilma se

    Neste exato momento:

    Dilma se reúne com Graça Goster após decidir trocar comando na Petrobras

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/02/1584575-dilma-se-reune-com-graca-no-planalto.shtml

       Meses e bilhões de reais de prejuizo, Dilma ”foi convencida” a nudar a presudente da Petro.

               Essa é a Dilma: Demora uns trocentos anos e mais umas trocentas pressões pra tomar uma atitude,

            Por isso comprei uma lanterna, não pra encontrar uma pessoa honesta como Diogénes queria e nem pro apagão que vem por aí, mas pra iluminar os labirintos da cabeça da presidente.

                  Uma espéciie de Teseu e Minotauro.

             

  7. não sei se é possíve, lmas

    não sei se é possíve, lmas talvez recomprar ações,

    reestativá-la totalmente

    e indiarar alguém com visão política abrangente

    para responder à altura aos que querem destuir a empresa.

    travar o ombate decisivo, afinal….

  8. resolvi os problemas!!

    Chamar o Agnelli o gênio da Vale, entupir o pig de propaganda paga a cada momento, acatar todas as recomendações dos especialistas Sardenberg/Noblat/Leitão, Lobão pode?. Entergar ao tio sam chevron ao canudos, fechar as refinarias, comprar diesel e gasolina do tia sam.

    O tudo será supervisionado pelo experiente fhc, e promessa de mentiroso desta vez ele vai acertar.

  9. Caro Nassif e demais
    Se e

    Caro Nassif e demais

    Se e somente se, a Dilma dispensar a Graça, ela também dispensará muitos militantes. Agradará ao mercado, e o mercado ganhará, em dose dupla, com o fogo amigo dos militantes. Haverá uma debandada.

    Saudações

     

  10. Petrobras precisa estratégia de mercado

    O maior risco que corre hoje a Petrobras é o surgimento de algum maluco querendo reinventar a roda. Os programas de investimentos e operacionais da empresa vão muito bem. A empresa tornou-se a maior produtora mundial de petróleo entre empresas de capital aberto. O problema é que a Petrobras está isolada no plano geo-politico e é sabotada sistematicamente de dentro para fora . Falta um orgão de inteligência para atuar no mundo financeiro e nos mercados internacionais,onde a Petrobras tem sido ingenua e amadora.

    • Deixa de ser otário

      O que vai indo bem ?

      48 plataformas destinadas ao pré-sal paradas pela metade há um ano em Charqueadas no RS, sendo que o valor que já foi pago a IESA, que está falida, daria para fabricar umas 150 plataformas iguais.

      Se liga meu.

  11. Continuo achando um erro…

    … trocar o timoneiro. Mas vai aqui uma uma sugestão, caso D. Graça seja realmente lançada ao mar: Ciro Gomes presidente da Peroba (para a fúria dos petroleiros)! Pelo menos, é bom de briga, coisa que D. Graça realmente não é…

    • kkkk Seria ótimo mesmo !

      kkkk Seria ótimo mesmo ! Quebraria a cara de todo mundo kkk Mas não estou gostando da saída ela, não. Parece que a presidente está entregando a rapadura, fazendo o que a mídia sugere. Sei não !!!!

  12. Sou de opinião que o governo

    Sou de opinião que o governo deve recomprar as ações da Petrobras e, inclusive, oferecer a quem comprou na oferta pública (mas somente a quem o puder provar) o preço pago naquela ocasião, para neutralizar as ações, especialmente na justiça americana. Apesar de ser o meu caso, NÃO VOU VENDER.

    Quanto à gestão interna, complementando o item 3 do post, fazer uma revisão dos planjeamentos estratégico e de negócios, realizando as correções de volume e prazo da carteira de projetos que sejam necessárias.

    Estruturar um programa similar ao PROMINP para o setor de obras e construções pesadas e estimular a formação de consórcios de empresas de médio e pequeno porte capazes de substituir as empreiteiras. Ao contrário da nossa “querida” Eliane Cantenhêde, sou de oponião que foram elas que começaram a corrupção.

    Por outro lado, apesar de já admitir a saída de Graça Foster (mas não a de José Formigli), quero deixar bem claro que não podemos aceitar, de modo algum, a ida de algum similar a Joaquim Levy para esse cargo.

  13. Band News: Ações da Petrobras disparam na bolsa

    Alguém sabe me explicar o motivo? Eles, os “jornalistas” da Band, não explicaram.

  14. Eu digo há anos aqui que a
    Eu digo há anos aqui que a Petrobras precisa ser cindida porque não explora gás e nem nunca vai explorar.
    E o pessoal daqui só chama a ideia de entreguista.
    Nada como o tempo para a ficha cair…

    • Há anos que tu só fala

      Há anos que tu só fala besteiras, meu chapa !!

      A Petrobras é a 4ª maior produtora de Gás do mundo e acaba se passar a EXXON como produtora de Petróleo, que é a primeirona !!

      SILIGA !!

       

      “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

    • Há anos que tu só fala

      Há anos que tu só fala besteiras, meu chapa !!

      A Petrobras é a 4ª maior produtora de Gás do mundo e acaba se passar a EXXON como produtora de Petróleo, que é a primeirona !!

      SILIGA !!

       

      “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

    • Vem junto

       Athos,

       Não tem nada de ser entreguista, é a realidade, pois algumas provincias petroleiras nacionais, quando o petroleo sai, normalmente o de baixa densidade, junto com ele, sai gás, o qual em muitos casos é “queimado”, pois o custo de “crakealo” seria inviavel, mas em alguns poços é viavel economicamente – sai caro a separação – explora-lo, e vende-lo no “bruto”, para outros operadores, o que não se trata de entreguismo, é venda, tipo como a PBR faz há décadas, trocando oleo pesado, por oleo mais leve.

      • Vc não entendeu.
        A questão é

        Vc não entendeu.

        A questão é que o engenheiro da Petrobrás que resolver explorar gás, deve ser demitido por justa causa!

        Porque explorar gás da MENOS dinheiro que explorar óleo. Entendeu a questão?

        Não é questão de decidir isso ou aquilo. É questão de foco!

        Existem diversos campos de gás já descobertos e NÃO explorados. E não devem ser explorados pela Petrobrás mesmo, porém, deve ser explorado pelo Brasil.

        Só desocupe a moita!

  15. Neste momento há dois Brasis.

    Neste momento há dois Brasis. Um Brasil das páginas dos jornais e dos noticiário rádio televisivos, e o outro, o Brasil real que está a minha volta. No Brasil real, o filho da minha empregada, mulher negra, sem marido e pobre de não ter onde cair viva, está estudando engenharia. No Brasil real que eu acordo e vejo todos os dias, qualquer brasileiro, repito “qualquer” brasileiro pode fazer uma faculdade ou estudar um curso tecnico, graças ao Prouni, FIES, Pronatec, as mais de 300 escolas tecnicas federais criadas recentemente, etc…etc… No Brasil real só está desempregado quem quer. Aquí em casa, fiz uma reforma recentemente, e como filho de uma viuva que foi extremenete pobre eultimamente tem vencido na vida, gastei um orçamento de mais de 3 dígitos, e o ajudante de pedreiro que aquí trabalhou, se quisesse, poderia comprar um carro popular zero e pagar em suaves prestações a perder de vista, sem comprometer um terço de seus rendimentos mensais. Este é o Brasil real. Também no Brasil real, que vejo todos os dias, os supermercados estão abarrotados de gente com seus carrinhos lotados comprando de tudo e mais um pouco do que antes só via pela televisão.

    Com a Petrobras vale o mesmo raciocínio. A petrobras real produz mais 2.200.000 barris de petróleo por dia. É a maior, repito a maior produra de petróleo das empresas de capital aberto, e aí vc põem na conta a BP, Exxom, Chevron, etc…etc…Enquanto o ano passado (2013) a Crevron e a Exxom tiveram um recuo de produção de mais de dois dígitos a a nossa “destruída e incapaz” Petrobras cresceu sua produção na contra mão do mundo.

    Só um idiota, cai no conto do vigário que a mídia está vendendo.

     

    A verdade é que a riqueza não se transmite sem que haja resistência, luta e por vezes, não muito raro, que sangue seja derramado. Só uma criança, na sua pureza e inocência pensaria o contrário.

    Por fim, não tenham dúvidas que estamos diante de um duro e feroz embate de luta de classes. É um dircurso um tanto fora de moda, e diga-se de passagem não sou marxista, mas para mim, “é disto que se trata seu estúpido”.

  16. Neste momento há dois Brasis.

    Neste momento há dois Brasis. Um Brasil das páginas dos jornais e dos noticiário rádio televisivos, e o outro, o Brasil real que está a minha volta. No Brasil real, o filho da minha empregada, mulher negra, sem marido e pobre de não ter onde cair viva, está estudando engenharia. No Brasil real que eu acordo e vejo todos os dias, qualquer brasileiro, repito “qualquer” brasileiro pode fazer uma faculdade ou estudar um curso técnico, graças ao Prouni, FIES, Pronatec, as mais de 300 escolas técnicas federais criadas recentemente, etc…etc… No Brasil real só está desempregado quem quer. Aquí em casa, fiz uma reforma recentemente, e como filho de uma viuva que foi extremamnte pobre e ultimamente tem vencido na vida, gastei um orçamento de mais de 3 dígitos, e o ajudante de pedreiro que aquí trabalhou, se quisesse, poderia comprar um carro popular zero e pagar em suaves prestações a perder de vista, sem comprometer um terço de seus rendimentos mensais. Este é o Brasil real. Também no Brasil real, que vejo todos os dias, os supermercados estão abarrotados de gente com seus carrinhos lotados comprando de tudo e mais um pouco do que antes só via pela televisão.

    Com a Petrobras vale o mesmo raciocínio. A petrobras real produz mais 2.200.000 barris de petróleo por dia. É a maior, repito a maior produra de petróleo das empresas de capital aberto, e aí vc põem na conta a BP, Exxon, Chevron, etc…etc…Enquanto o ano passado (2013) a Crevron e a Exxon tiveram um recuo de produção de mais de dois dígitos a nossa “destruída e incapaz” Petrobras cresceu sua produção, na contra mão do mundo.

    Só um idiota, cai no conto do vigário que a mídia está vendendo.

     

    A verdade é que a riqueza não se transmite sem que haja resistência, luta e por vezes, não muito raro, que sangue seja derramado. Só uma criança, na sua pureza e inocência pensaria o contrário.

    Por fim, não tenham dúvidas que estamos diante de um duro e feroz embate de luta de classes. É um discurso um tanto fora de moda, e diga-se de passagem não sou marxista, mas para mim, “é disto que se trata seu estúpido”.

    • Mas é isto que esta turba
      Mas é isto que esta turba tacanha e mesquinha não perdoa! Sua empregada, seu pedreiro? “Quem essa gente pensa que é? Empresa Nacional que dá lucro? Absurdo. Temos que tirar o nosso quinhão; de preferência sem dividir com o Zé Povinho! Criar empregos numa cadeia extensa, e que acaba por beneficiar comunidades, locais distantes das grandes metrópoles, alimentar indústrias no Brasil? Para que? Importa esta riqueza estar em nossos bolsos e nada de revertê-la em saúde e educação; daqui a pouco esse pessoal vai achar que é gente e ainda vai inventar de exigir direitos!” É assim que as pessoas que compactuam com este assalto, com esta rapinagem, pensam! “Enquanto os pobres, incultos e humildes só serviam para nos servir, tudo bem. Mas agora estão colocando as manguinhas de fora. Vamos acabar logo com esta farra! ” Quanta ganância e safadeza! Estou entalada com tanta desfaçatez; e ainda proclamam-se patriotas a “combater a corrupção”!

      • Estou contigo e não abro,

        Estou contigo e não abro, Anna ! Penso exatamente como vc. E ando enojada desses trolls que entram aqui p/ irritar e tentarfazer o que todo o PIG faz. Mas o “Seo ” Nassif é democrático, né?

        • Lenita, se o Nassif lê o que
          Lenita, se o Nassif lê o que nós lemos, e escrevemos, então ele é mmmuuuiiiito democrático! Rsrsrs. Eu já abandonei a leitura de vários posts porque fica insuportável. Às vezes eu me lembro de uma brincadeira que fazia em relação ao Maluf: alguém perguntava a ele sobre o desvio de recursos de determinada obra e ele respondia: é, acho que vai chover amanhã! Assim se comportam alguns dos comentaristas aqui: fazem declarações que não tem relação com o post – normalmente aquelas frases prontas do Ideário; ou, na falta de argumentos, xingamentos; se você pergunta alguma coisa e insiste, fazem como o Maluf: vai chover amanhã. Quanfo estou de bom humor, relevo, acho graça; mas se é de alguém que reputo inteligente, lamento. Cansativo demais…

  17. Recuperar com propaganda na Globo?

    É de doer, a globo bate diuturnamente na Petrobrás e, qual não é a minha supresa e indignação, vejo uma senhora propaganda da Petrobrás na Vênus Platinada? Vá entender esse governo….

  18. Pelo visto, Graça cumpriu seu

    Pelo visto, Graça cumpriu seu papel de entregar a Petrobrás aos “home de mercado”. Nassif fez esse lobby já no fim de 2014, inclusive apontando nomes, como o de Landim e Meirelles. Serviço executado. Dilma irá entregar a Petrobrás para tentar se livrar da tentativa de impedimento?

      • Já eu indicaria o meirelles

        Já eu indicaria o meirelles para:

         

        SANAR A QUESTÃO DA ÁGUA JUNTO COM O AL KIMIM.

         

        Precisamos na PETROBRAS  de um NACIONALISTA: CONCEIÇÃO TAVARES!

      • Já eu indicaria o meirelles

        Já eu indicaria o meirelles para:

         

        SANAR A QUESTÃO DA ÁGUA JUNTO COM O AL KIMIM.

         

        Precisamos na PETROBRAS  de um NACIONALISTA: CONCEIÇÃO TAVARES!

      • Calma que o Leão é manso:
        (1)

        Calma que o Leão é manso:

        (1) Eu não disse que você indicou. Eu disse que você apontou. 
        (2) Quanto a Landim, ao que parece, você apontou e indicou. 
        (3) Quanto ao lobby: você não o desmente.

        E Graça cumpriu seu papel de desarticular a empresa e criar o caos.  

  19. Manifesto a favor da Petrobras

    No Conversa Afiada :  http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2015/02/03/manifesto-querem-se-apropriar-da-petrobras-nao-deixe/

     

    Amiga navegante copia manifesto que recebeu:​

    Por favor​,​ enviem adesão, nome, entidade, cidade, para Joao ​M​oraes​, da direção da FUP, Federação Única dos Petroleiros: 

    [email protected]
     

    DEFENDER A PETROBRÁS É DEFENDER O BRASIL

     

    Há quase um ano o País acompanha uma operação policial contra evasão de divisas que detectou evidências de outros crimes, pelos quais são investigadas pessoas que participaram da gestão da Petrobrás e de empresas fornecedoras. A ação institucional contra a corrupção tem firme apoio da sociedade, na expectativa de esclarecimento cabal dos fatos e rigorosa punição dos culpados.

    É urgente denunciar, no entanto, que esta ação tem servido a uma campanha visando à desmoralização da Petrobrás, com reflexos diretos sobre o setor de Óleo e Gás, responsável por investimentos e geração de empregos em todo o País; campanha que já prejudicou a empresa e o setor em escala muito superior à dos desvios investigados.

    A Petrobrás tem sido alvo de um bombardeio de notícias sem adequada verificação, muitas vezes falsas, com impacto sobre seus negócios, sua credibilidade e sua cotação em bolsa. É um ataque sistemático que, ao invés de esclarecer, lança indiscriminadamente a suspeita sobre a empresa, seus contratos e seus 86 mil trabalhadores dedicados e honestos.

    Assistimos à repetição do pré-julgamento midiático que dispensa a prova, suprime o contraditório, tortura a jurisprudência e busca constranger os tribunais. Esse método essencialmente antidemocrático ameaça, hoje, a Petrobrás e suas fornecedoras, penalizadas na prática, enquanto empresas produtivas, por desvios atribuídos a pessoas físicas.

    Ao mesmo tempo, o devido processo legal vem dando lugar ao tráfico seletivo de denúncias, ofensivo à consciência jurídica brasileira, num ambiente de obscuridade processual que propicia a coação e até o comércio de testemunhos com recompensa financeira. Na aparente busca por eficácia, empregam-se métodos que podem – isto, sim – levar à nulidade processual e ao triunfo da impunidade. 

    E tudo isso ocorre em meio a tremendas oscilações no mercado global de energia, num contexto geopolítico que afeta as economias emergentes, o Brasil, o Pré-Sal e a nossa Petrobrás.

    Não vamos abrir mão de esclarecer todas as denúncias, de exigir o julgamento e a punição dos responsáveis; mas não temos o direito de ser ingênuos nessa hora: há poderosos interesses contrariados pelo crescimento da Petrobrás, ávidos por se apossar da empresa, de seu mercado, suas encomendas e das imensas jazidas de petróleo e gás do Brasil.

    Historicamente, tais interesses encontram porta-vozes influentes na mídia e nas instituições. A Petrobrás já nasceu sob o ataque de “inimigos externos e predadores internos”, como destacou a presidenta Dilma Rousseff. Contra a criação da empresa, em 1953, chegaram a afirmar que não havia petróleo no Brasil. São os mesmos que sabotaram a Petrobrás para tentar privatizá-la, no governo do PSDB, e que combateram a legislação do Pré-Sal.

    Os objetivos desses setores são bem claros:

    – Imobilizar a Petrobrás e depreciar a empresa para facilitar sua captura por interesses privados, nacionais e estrangeiros;

    – Fragilizar o setor brasileiro de Óleo e Gás e a política de conteúdo local; favorecendo fornecedores estrangeiros;

    – Revogar a nova Lei do Petróleo, o sistema de partilha e a soberania brasileira sobre as imensas jazidas do Pré-Sal.

    Para alcançar seu intento, os predadores apresentam a Petrobrás como uma empresa arruinada, o que está longe da verdade, e escondem do público os êxitos operacionais. Por isso é essencial divulgar o que de fato aconteceu na Petrobrás em  2014:

    – A produção de petróleo e gás alcançou a marca histórica de 2,670 milhões de barris equivalentes/dia (no Brasil e exterior);

    – O Pré-Sal produziu em média 666 mil barris de petróleo/dia;

    – A produção de gás natural alcançou 84,5 milhões de metros cúbicos/dia;

    – A capacidade de processamento de óleo aumentou em 500 mil barris/dia, com a operação de quatro novas unidades;

    – A produção de etanol pela Petrobrás Biocombustíveis cresceu 17%,  para 1,3 bilhão de litros. 

    E, para coroar esses recordes, em setembro de 2014 a Petrobrás tornou-se a maior produtora mundial de petróleo entre as empresas de capital aberto, superando a ExxonMobil (Esso). 

    O crescente sucesso operacional da Petrobrás traduz a realidade de uma empresa capaz de enfrentar e superar seus problemas, e que continua sendo motivo de orgulho dos brasileiros. 

    Os inimigos da Petrobrás também omitem o fato que está na raiz da atual vulnerabilidade da empresa à especulação de mercado: a venda, a preço vil, de 108 milhões de ações da estatal na Bolsa de Nova Iorque, em agosto de 2000, pelo governo do PSDB. 

    Aquela operação de lesa-pátria reduziu de 62% para 32% a participação da União no capital social da Petrobrás e submeteu a empresa aos interesses de investidores estrangeiros sem compromisso com os objetivos nacionais. Mais grave ainda: abriu mão da soberania nacional sobre nossa empresa estratégica, que ficou subordinada a agências reguladoras estrangeiras. 

    Os últimos 12 anos foram de recuperação e fortalecimento da empresa. O País voltou a investir em pesquisa e a construir gasodutos e refinarias. Alcançamos a autossuficiência, descobrimos e exploramos o Pré-Sal, recuperamos para 49% o controle público sobre o capital social da Petrobrás. 

    O valor de mercado da Petrobrás, que era de 15 bilhões de dólares em 2002,  é hoje de 110 bilhões de dólares, apesar dos ataques especulativos. É a maior empresa da América Latina.

    A participação do setor de Óleo e Gás no PIB do País, que era de apenas 2% em 2000, hoje é de 13%. A indústria naval brasileira, que havia sido sucateada, emprega hoje 80 mil trabalhadores. Além dos trabalhadores da Petrobrás, o setor de Óleo e Gás emprega mais de 1 milhão de pessoas no Brasil.

    É nos laboratórios da Petrobrás que se produz nosso mais avançado conhecimento científico e tecnológico. Os royalties do petróleo e o Fundo Social do Pré-Sal proporcionam aumento significativo do investimento em Educação e Saúde. Este é o papel insubstituível de uma empresa estratégica para o País.

    Por tudo isso, o esclarecimento dos fatos interessa, mais do que a ninguém, aos trabalhadores da Petrobrás e à população brasileira, especialmente à parcela que vem conquistando uma vida mais digna.

    Os que sempre tentaram alienar o maior patrimônio nacional não têm autoridade política, administrativa, ética ou moral para falar em nome da Petrobrás. 

    Cabe ao governo rechaçar com firmeza as investidas políticas e midiáticas desses setores, para preservar uma empresa e um setor que tanto contribuíram para a atração de investimentos e a geração de empregos nos últimos anos.

    A direção da Petrobrás não pode, nesse grave momento, vacilar diante de pressões indevidas, sujeitar-se à lógica dos interesses privados nem agir como refém de uma auditoria que representa objetivos conflitantes com os da empresa e do País.

    A investigação, o julgamento e a punição de corruptos e corruptores, doa a quem doer, não pode significar a paralisia da Petrobrás e do setor mais dinâmico da economia brasileira.

    É o povo brasileiro, mais uma vez, que  defenderá a empresa construída por gerações, que tem a alma do Brasil e simboliza nossa capacidade de construir um projeto autônomo de Nação.

    Pela investigação transparente dos fatos, no Estado de Direito, sem dar trégua à impunidade;

    Pela garantia do acesso aos dados e esclarecimentos da Petrobrás nos meios de comunicação, isentos de manipulações;

    Pela garantia do sistema de partilha, do Fundo Social e do papel estratégico da Petrobrás na exploração do Pré-Sal;

    Pela preservação do setor nacional de Óleo e Gás e da Engenharia brasileira.

    Defender a Petrobrás é defender o Brasil – nosso passado de lutas, nosso presente e nosso futuro.
     

  20. A meu ver uma empresa que

    A meu ver uma empresa que valia 15 BI em 2002 e que estava a um passo de ser afogada na bacia das almas da PRIVATARIA TUCANA, e que recebeu investimento e desenvolveu tecnologia nos “governos PETISTAS”, que achou o PRÉ-SAL e que hoje vale uma 10 mais do que isso, pelo menos, e que hoje paga em impostos o correspondente a 75% do PAC, e cuja cadeia procutiva responde por 13% do PIB não precisa ser rexcuperada coisissima alguma !!

    O que precisa ser recuperado (se é que isso é possível) é a total falta de escúpulos e de pudor das nossas elites entreguistas OFFSHORE, que no afâ de apear o PT do poder não se importam um mílimetro em destruir a economia do BRASIL e entregar aos gringos a nossa JÓIA DA COROA mais reluzente, o nosso bilhete da loteria premiado, a PETROBRAS e o PRÉ-SAL.

    SÓ SOBRE O MEU CADÁVER !!!

    FORA MALDITOS COXINHAS LEWINSKYANOS !!!

    VIVA O BRASIL !! 

    VIVA A PETROBRAS !!!

     

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  21. A meu ver uma empresa que

    A meu ver uma empresa que valia 15 BI em 2002 e que estava a um passo de ser afogada na bacia das almas da PRIVATARIA TUCANA, e que recebeu investimento e desenvolveu tecnologia nos “governos PETISTAS”, que achou o PRÉ-SAL e que hoje vale uma 10 mais do que isso, pelo menos, e que hoje paga em impostos o correspondente a 75% do PAC, e cuja cadeia procutiva responde por 13% do PIB não precisa ser rexcuperada coisissima alguma !!

    O que precisa ser recuperado (se é que isso é possível) é a total falta de escúpulos e de pudor das nossas elites entreguistas OFFSHORE, que no afâ de apear o PT do poder não se importam um mílimetro em destruir a economia do BRASIL e entregar aos gringos a nossa JÓIA DA COROA mais reluzente, o nosso bilhete da loteria premiado, a PETROBRAS e o PRÉ-SAL.

    SÓ SOBRE O MEU CADÁVER !!!

    FORA MALDITOS COXINHAS LEWINSKYANOS !!!

    VIVA O BRASIL !! 

    VIVA A PETROBRAS !!!

     

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  22. Vale vai para o buraco, Petrobrás sobrevive forte à crise
    Faço uma aposta de que a perda da Vale esse ano será muito maior do que a da Petrobrás.

  23. Mais uma armação tucana com enredo do PIG
    O tucano Paulo Costa foi colocado na direção da Petrobrás por FHC, época que queriam vender a empresa por 15 bilhões, menos que seu faturamento. O doleiro trambiqueiro tucano Youssef é amigo íntimo de Álvaro (esqueci 6 milhões) Dias e começou sua carreira de sucesso lavando dinheiro para demotucanos. A operação está levando em consideração apenas a delação de tucanos instruídos por tucanos. Tudo acontece em um QG tucano no Paraná, com delegados tucanos e justiça tucana. É de se estranhar que nomes tucanos não apareçam com empreiteiras e envolvidos tão próximos à corja do psdb.

    • JAMAIS a venda do controle da

      JAMAIS a venda do controle da PETROBRAS foi cogitado porque os dois PND, do Governo Itamar e do Governo FHC EXCLUIRAM TAXATIVAMENTE a Petrobras de qualquer hipotese de privatização. Bast ler as duas leis.

  24. Vamos ver se vcs. entendem

      A analise do especialista é a solução comum para empresas que necessitem “reduzir frente” ou diminuir a exposição a perdas, que é: direcionar toda expertise, os melhores funcionários, os investimentos, para a “parte boa” ( viavel de imediato ), e quanto as partes contaminadas e/ou deficitárias, serem tratadas separadamente, se houver interessados vende-las.

       Quanto ao “delirio” da “recompra das ações ordinárias ou total reestatização”, é rizivel, uma piada de mau gosto, simplesmente inviavel, pois o dinheiro para esta operação viria de onde ?, não seriam adquiridas apenas as ações, aqui ou no exterior, mas teriam que ser renegociados ou pagos, todos os 15 papéis de divida ( financiamentos e debentures – os PBR….) vendidos  no mercado, interno e externo, antecipando vencimentos, em alguns casos que vão até 2020, alem do que, seria uma tremenda besteira, os especuladores, até eu me incluo, teriam orgasmos, os papéis subiriam, artificialmente, no primeiro minuto que o mercado soubesse que o Tesouro brasileiro estava entrando de comprador, ou a idéia de recompra a preço de origem – é proibido – a não ser que a PBR faça um “tag-alog” reverso ( tem que pagar o mesmo vlr. por ação para todos ).

  25. Petrobras recebe prêmio. Não deu na Globo

    Petrobras recebe maior prêmio mundial da indústria de petróleo e gás 

    Petrobras recebe maior prêmio mundial da indústria de petróleo e gás 

    Fonte: http://www.vermelho.org.br/noticia/258264-1

    Em meio a ataques sórdidos e interesses escusos, em uma das piores campanhas movidas contra a estatal – a Petrobras recebeu nesta terça-feira (3) um comunicado de que foi vencedora, pela terceira vez, do prêmio OTC Distinguished AchievementAward for Companies, Organizations, and Institutions – em reconhecimento ao conjunto de tecnologias desenvolvidas para a produção da camada pré-sal.

     

    Gráfico produção

    O recente recorde de produção de óleo na camada Pré-Sal, de 713 mil barris diários de petróleo, obtido em 21/12/2014, demonstra a robustez das tecnologias aplicadas.

    As conquistas da Petrobras

    Secundo o blog Fatos e Dados da estatal, esse prêmio é o maior reconhecimento que uma empresa de petróleo pode receber na qualidade de operadora offshore. Ela já o recebeu em 1992, “por conquistas técnicas notáveis relacionadas ao desenvolvimento de sistemas de produção em águas profundas relativas ao campo de Marlim” e pela segunda vez, em 2001, “por avanços nas tecnologias e na economicidade de projetos de águas profundas, no desenvolvimento do campo de Roncador.”

    Na carta em que comunicou à estatal brasileira esta premiação pela terceira vez, o presidente da Offshore Technology Conference (OTC), Edward G. Stokes, destaca: “Este prêmio é um reconhecimento das conquistas notáveis, significativas e únicas alcançadas pela Petrobras, e das grandes contribuições para a nossa indústria (óleo e gás offshore). O comitê de seleção (da OTC) ficou extremamente impressionado com esta nomeação. As conquistas que a Petrobras fez na perfuração e produção desses reservatórios desafiadores são de classe mundial. A indústria aprendeu muito a partir das informações compartilhadas pela Petrobras sobre o Pré-Sal nos artigos e sessões apresentados na OTC. Nós todos nos beneficiamos do seu sucesso.”

    A Petrobras vai receber o prêmio em maio próximo, em Houston (EUA).

    Confira os principais feitos tecnológicos do Pré-sal

    Com informações da Petrobras

    • Prêmio

      Ninguém questiona a capacidade técnica do pessoal da Petrobras. Isso, inclusive, é a regra. E, portanto, não é notícia.

      Agora, se você quer que a roubalheira na Petrobras deixe de ser notícia, há duas formas: encerrar a roubalheira e meter em cana os ladrões ou deixar a roubalheira rolar por mais 12 anos até a gente se acostumar e a imprensa mudar a pauta.

      Pelos comentários nesse blog, vocês preferem a segunda alternativa.

      • o passado não existe mais

        você fala como se só nos últimos 12 anos que a Petrobrás vem sendo roubada, que a corrupção nunca existiu antes e se existiu era irrelevante, não é mesmo? Ô coitado!

      • Caro Ozzy, conheces alguma firma com mais de um sócio?

        Caro Ozzy, conheces alguma firma com mais de um sócio? Pois se conheces pode saber que quanto maior o número de diretores e funcionários maior é a roubalheira.

        Meu pai, já falecido que tinha uma firma de engenharia utilizava o seguinte princípio, o comprador trocava de carro por um acima de sua capacidade financeira ele era imediatamente demitido.

        É simples quanto maior o quadro de funcionários e maior o faturamento da empresa maior é o roubo.

  26. No JB online: Graça deixa a presidência da Petrobras

    Graça deixa a presidência da Petrobras no final do mês, diz Jornal do Brasil.

    Foster deixa presidência da Petrobras no fim do mês

    Toda a diretoria da estatal também saírá

    Jornal do Brasil+A-AImprimirPUBLICIDADE 

    A presidente da Petrobras, Graça Foster, deixará o cargo até o final do mês. Toda a diretoria da estatal sairá junto com ela. O movimento foi acertado em reunião que durou três horas, na tarde desta terça-feira, no Palácio do Planalto, em Brasília, convocada pela presidente Dilma Rousseff. 

    Segundo o site Brazil 247, a presidente da Petrobras ficou com uma ‘lição de casa’, dada pela presidente: estabelecer um número para o prejuízo financeiro causado pelo escândalo de corrupção dentro da companhia. Nenhum nome em substituição a Graça foi divulgado. No entanto, o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles é um nome cotado para assumir a Petrobras.

    A Secretaria de Imprensa da Presidência da República informou que Dilma chegou ao Planalto por volta das 14h, após retornar de viagem que fez na manhã desta terça a Campo Grande (MS), onde inaugurou uma unidade da Casa da Mulher Brasileira.

    Logo depois, ela se reuniu com Foster, que deixou o Palácio por volta das 17p0. Na saída, a presidente da Petrobras disse apenas que a reunião tinha sido boa, “como sempre”. Indagada se estava deixando a presidência da estatal, ela apenas sorriu.  

    >> Simples boato faz valor de mercado da Petrobras disparar R$ 16 bi

    Matéria completa:  http://www.jb.com.br/pais/noticias/2015/02/03/foster-deixa-presidencia-da-petrobras-no-fim-do-mes/

     

  27. Além disso

    Tem que colocar alguém de fora da empresa no comando.

    Sem ligações políticas ou com esta diretoria ou a anterior.

    Só isso poderá devolver a credibilidade à companhia.

    O único problema é que, se for feito o que tem que ser feito, vai respingar lama em quem não quer ser atingido.

    Essa técnica de soltar um gato e uma lebre pro mercado correr atrás da lebre é muito boa para salvar a empresa, o problema, neste caso, é que a mídia vai atrás do gato, o que não irá refrescar em nada o lado daqueles que “operaram” a empresa nos últimos anos. 

    E essa idéia de recomprar as ações é uma ótima. Ótima piada. KKKKKKKK

     

    • Alguém como Henri Philippe

      Alguém como Henri Philippe Reichstul, com seu nome pomposo, que fez tudo para quebrar a empresa, incluindo a P-36, incendios em refinarias e os desastres ambientais.

    • DE MANEIRA NENHUMA ALGUÉM DE

      DE MANEIRA NENHUMA ALGUÉM DE FORA DA EMPRESA TRARIA GANHOS !!! UMA PESSOA QUE NÃO CONHECE OS PROCESSOS , NÃO CONHECE A OPERAÇÃO, NÃO CONHECE O NEGÓCIO SÓ IRIA ATRAPALHAR !!

       

      CREDIBILIDADE SE CONSEGUE COM RESULTADOS E NÃO APARÊNCIAS !!!

       

      DEFENDO UM PETROLEIRO DE CARREIRA , COMO O EX DIRETOR Guilherme Estrella  NA PRESIDÊNCIA DA PETROBRAS. NÃO EXISTE PESSOA MAIS COMPROMETIDA COM A EMPRESA NO PAÍS. 

      • E daí ?

        O CEO da Statoil que levantou a empresa depois dos casos de corrupção nunca jamais tinha trabalhado com petróleo.

        É idiotice achar que um ótimo pizzaiolo será um bom gerente de pizzaria.

        Se o cara é bom fazendo pizza deixa ele lá no forno que é melhor para a empresa e coloca na gerência quem entende de gerência.

      • ESTRELLA NA PRESIDÊNCIA DA

        ESTRELLA NA PRESIDÊNCIA DA PETROBRAS, JÀ !!

        Enquanto o OBAMA propóe políticas anticíclicas e distributivas ao COngresso amnericano, nós vamos de Levy …

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK … É o BRASIL sempre indo na contramão. Será que é porque estamos no hemisfério sul, de cabeça pra baixo !?!? O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES – O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

  28. Prezado Nassif, odeio

    Prezado Nassif, odeio censuras, mas é desagradável pessoas utilizarem o anonimato para trollar debochando e agredindo verbalmente as pessoas que utilizão este seu espaço para contrapor o que é bombardeado pela mídia corporativa .

    Espero que voce fique atento ao que está ocorrendo, pois muitos colegas do blog se sentem agredidos por  trolleiros desclassificados .

        Abraços !!

     

    • Tem um troll solttinho (alex

      Tem um troll solttinho (alex sotto) xingando os colegas do log de otários .

      Nós, simpatizantes de partidos progressistas aá não temos espaços na grande mídia (podre) . Será que teremos que nos afastar deste qualificado blog por causa destes trolleiros ?

       

      Abraço !!

      • O site Brasil 247 deu um chega prá nesses desocupados

        O site Brasil 247 deu um chega prá nesses desocupados ao permitir comentários somente para logados no facebook. Que o Nassif fique de olho nessas figuras cujo objetivo é apenas desagregar, tornar o ambiente insuportável e assim prejudicar o portal. Que aceitem participar sem baixarias ou caiam fora, ninguém merece.

  29. Recuepração de que, cara-pálida?

    A Petrobrás está em estado de recuperação?

    Por causa de uma bandidagem que, conforme o site do MPF, até agora, comprovou 310 milhões em propinas (eminentemente de um bandido “enojado” e delator de generalidades como “o que dizem por aí é que rola 3%”)?

    Menos de 0,000155 do que a empresa faturou no período vai quebrar a empresa?! Ou 0,00124 do lucro?

    Deu mais de 3 bilhões de lucro líquido no último balanço trimestral?

    Que tornou-se líder mundial de produção entre as de capital aberto, superando a Exxon?

    Que continua reinando lider em águas profundas e única a produzir em ultraprofundas?

    Que é capaz de subsidiar combustível com perdas, sem afetar seu lucro médio de 25 bilhões anuais nos últimos 10 anos?

    Que faz os maiores investimentos em upstream do mundo (e bocós chamam isso de “endividada”, como sefosse o mesmo que dívidas por perdas operacionais e financeiras de uma empresa que não paga sua operação)

    Que iniciou a operação de uma enorme refinaria (a última no Brasil foi em 1976), que vai reduzir dependências e aumentar resultados de valor agregado?

    Que APESAR destes malfeitos e eventuais outros, mantém investimentos e geração de lucros?

    Que além de gerar lucros, emprega dezenas de milhares diretos, de nível acima de nossa média

    Que ajuda o Brasil (seu sócio controladore fundador) com criação de industrias, know-how, tecnologia, empregos indiretos na sua cadeia de suprimentos nacional?

    Que ajuda o Brasil (seu sócio controlador e fundador) na educação, saúde, redução de preços em geral (transportes), geração de energia, redução de importações.

    Tudo que pode afetar e requerer ajustes estratégicos não têm NADA A VER com “recuperação”, mas eminentemente com o preço do óleo, que é apenas uma mudança de cenário, que afeta todo o mercado congênere.

    Não! Recuperação desse tipo é que nem consultoria para o bug do milênio… (como eu deixei de ganhar dinheiro!…)

    Quando muito, recuperação dos danos causados (aí sim), por esta campanha insidiosa, esta investigação (devida, mas…) escandalosa e circense, e efeitos colaterais como processos judiciais, prejuízos de imagem, crédito, valor de bolsa (que não lhe afeta diretamente), etc.

    Tudo surpreendentemente assimilado (desnecessariamente) pela direção que ao ouvir tantos raios e trovões pirotecnicamente amplificados por navios piratas, ao invés de manter o curso, resolveu ajustar timão e velas adoidada e açodadamente

    Para uma tempestade que não existe…

    • Cansa ver essa palhaçada tomando corpo

      Disse tudo. O pior é a Dilma dar aval. Ela sempre se submete. É só apertar que ela recua. Uma tristeza.

  30. 1.    Separar o presente do

    1.    Separar o presente do passado. Montar um task-force para o passado e permitir os diretores de cuidar do presente.

    COMO SE NO PASSADO TUDO QUE FOI FEITO ESTIVESSE ERRADO ??? FOI NO PASSADO QUE DESCOBRIMOS O PRÉ SAL, FOI NO PASSADO QUE REVITALIZAMOS A INSÚSTRIA NAVAL E PETROLIFERA !!! 

    ESSE “ESPECIALISTA” ME PARECE UM ESPECIALISTA EM PRIVATIZAÇÕES TOTALMENTE IGNORANTE AO TAMANHO E IMPORTÂNCIA DA PETROBRAS E SEUS FEITOS PASSADOS E PRESENTES !!!

    2.    Resolver as pendências do balanço. Forçar a Price a dizer o que quer, negociar e obedecer.

    “NEGOCIAR” É COMPLETAMENTE DIVERGENTE DE “OBEDECER”. NEGOCIAR SIM !! OBEDECER NUNCA !! OS TERMOS TEM QUE FICAR CLAROS E ATENDER AOS INTERESSES NÃO SÓ DE UMA AUDITORIA QUE DEFENDE INTERESSES EXTERNOS, MAS TAMBÉM OS INTERESSES DA MAIOR EMPRESA DA AMÉRICA LATINA, QUE DESEJA SEPARAR O JOIO DO TRIGO E NÃO AGIR COMO SE TUDO FOSSE JOIO !!!

    3.    Separar a gestão de ativos não essenciais em uma Pessoa Jurídica diferente e operá-los como ativos à venda.

    ATIVOS NÃO ESSENCIAIS ?????????????????? QUEM DECIDE ISSO ????? A PETROBRAS TEM SUA MAIOR FORÇA NO FATO DE SER UMA EMPRESA INTEGRADA ” DO POÇO AO POSTO”, É POR ISSO QUE VARIAÇÕES BRUSCAS DO PREÇO DO PETRÓLEO NÃO A AFETAM TANTO!!! O QUE SE ESTA PROPONDO É FOCAR NA EXPLORAÇÃO E QUE SE EXPLODA O VALOR AGREGADO ??? VIRAREMOS UMA VALE ??? UMA ARÁBIA SAUDITA ??? 

    4.    Motivar a média gerência. Sob nova direção, há um enorme grupo de gestores capacitados a levantar os resultados da companhia.

    A CAPACIDADE NÃO É UMA VARIAVEL DIRETA DA DIREÇÃO !! A DIREÇÃO ESTA QUEIMADA E PRECISA MUDAR, MAS AFIRMAÇÕES COMO ESSA DESABONAM OS EMPREGADOS QUE FIZERAM DA PETROBRAS UM ORGULHO NACIONAL !!

    5.    Enviar para dentro e para fora indicações fortes de austeridade.

    A EMPRESA TEM LUCROS ENORMES HÁ ANOS !! DESDE QUE GRAÇA ENTROU SÓ TEM FEITO AUSTERIDADE !! ACABOU COM ABUSOS, COMO FESTAS DE FIM DE ANO ENORMES …AUSTERIDADE JÁ EXISTE, OQ UE NÃO EXISTE É A DIVULGAÇÃO DESSA AUSTERIDADE POR UMA IMPRENSA PODRE… COMO MUDAR ISSO ???

    • Muito boa a sua análise crítica das propostas de Luis Nassif

       

      Paulo Cezar (terça-feira, 03/02/2015 às 22),

      Dei uma olhada em uns comentários que eu havia feito recentemente quando estava no interior e vi que o que se segue não havia sido incluído no rol de comentários deste post. E eu havia capiturado o link do meu comentário que terminava #comment-568784 e eu havia datado de 03/02/2015. Foi pouco o que eu escrevi e que transcrevo a seguir:

      Ia dizer para Nassif que parece mais da época do bokomoko um especialista que fala em force-task. Até porque nem se fica sabendo qual a força da tarefa nem qual a tarefa da força.

      Você, entretanto, com mais tempo, já fez a crítica mais séria, que, no entanto, pela qualidade das últimas argumentações de Luis Nassif, ele não merecia. Ontem, li um post dele em que ele depois de fazer críticas diretas e indiretas à presidenta Dilma Rousseff diz que ela só se fortalece quando Fernando Henrique Cardoso entra em cena.

      Ora, além de Fernando Henrique Cardoso só importar com “não é amore” ninguém mais se importa com Fernando Henrique Cardoso. Ninguém não. Luis Nassif ainda dá importância a Fernando Henrique Cardoso para mostrar isenção. É como se dissesse para incautos: olhem, vocês me devem o benefício da neutralidade: crítico a presidenta Dilma Rousseff, mas também critico Fernando Henrique Cardoso. Eu disse incautos porque só esses podem imaginar que o ser humano seja neutro. Se bem que há o cabeça oca que realmente é neutro.

      O comentário que eu havia feito terminava nesse último parágrafo. Aproveito para remeter a um post mais recente que fala da inação da presidenta Dilma Rousseff e consistindo de artigo de Maria Inês Nassif. Trata-se do post “O preço da inação política, por Maria Inês Nassif” de quinta-feira, 12/02/2015 às 10:12, e que pode ser visto no seguinte endereço:

      http://jornalggn.com.br/noticia/o-preco-da-inacao-politica-por-maria-ines-nassif

      No fundo o texto de Maria Inês Nassif diz a mesma coisa que Luis Nassif dissera no post “A incapacidade de Dilma de limpar a agenda negativa” de sábado, 31/01/2015 às 18:18, embora Luis Nassif procura dar um viés técnico a análise. Dilma Não fizera nada porque ela não nomeara os presidentes do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e do BNDES e fala sobre as especificidades do CEO. Quer dizer é tudo opinião e o que importa seria o resultado imediato. Se não há resultado significa que a ação ou a inação (às vezes o melhor é não agir) é ruim. É uma análise rastaquera. O endereço do post “A incapacidade de Dilma de limpar a agenda negativa” é:

      http://jornalggn.com.br/noticia/a-incapacidade-de-dilma-de-limpar-a-agenda-negativa

      Mais objetivo porque ele propõe medidas que a presidenta Dilma Rousseff deveria tomar é o post “O que o governo Dilma (não) fez desde o início da Lava Jato” de segunda feita, 02/02/2015 às 11:49, também de autoria de Luis Nassif e postado um dia só anterior a este post “A estratégia de recuperação da petrobras” de terça-feira, 03/02/2015 às 15:45. As medidas que ele propõe são, entretanto, do mesmo tipo das que ele apresenta aqui neste post. São soluções genéricas que tem como principal trunfo o fato de não há o risco de elas serem testadas. O endereço do post “O que o governo Dilma (não) fez desde o início da Lava Jato” é:

      http://jornalggn.com.br/noticia/o-que-o-governo-dilma-nao-fez-desde-o-inicio-da-lava-jato

      O que se observa é que não há uma sólida fundamentação para o que se propõe e a cada medida proposta pode-se também propor uma que seja a ela oposta. Aliás, até nos títulos dos posts aparecem esses preconceitos que não derrubam um preconceito oposto. Um título recente de um post aqui no blog de Luis Nassif é “A reação tardia do PT aos vazamentos na Lava Jato e as acusações sem provas” de quarta-feira, 11/02/2015 às 18:57, contendo matéria do Jornal GGN sobre entrevista de Rui Falcão dizendo que iria fazer cinco representações contra executivos que acusavam o PT e contra os vazamentos seletivos e outros comportamentos da Polícia Federal. O endereço do post “A reação tardia do PT aos vazamentos na Lava Jato e as acusações sem provas” é:

      http://jornalggn.com.br/noticia/a-reacao-tardia-do-pt-aos-vazamentos-seletivos-na-lava-jato-e-acusacoes-sem-provas

      Há um comentário de Alessandre de Argolo, enviado quinta-feira, 12/02/2015 às 10:39, que eu não penso que seja equivalente a um parecer de um jurista, em que ele diz exatamente o contrário, isto é, a reação do PT está sendo dada no tempo certo. Não tomo a posição de Alessandre de Argolo como fundamentada. Até pelo modo em que ele expressa vê-se que é só opinião. É, entretanto, a opinião de advogado que vive nos tribunais, ou seja, há mais fundamentação ali do que na opinião de um analista de política. Na segunda página do post e quase ao final eu enviei quarta-feira, 11/02/2015 às 21:50, um comentário para junto do comentário de JB Costa enviado quarta-feira, 11/02/2015 às 19:11, e para o qual dei o título de “Como é que se avalia se é tarde ou se é cedo?” em que além de critica o Rui Falcão e o JB Costa por referirem de modo pejorativo ao delator Pedro Barusco, faço exatamente este questionamento sobre a dificuldade de se dizer exatamente quando o PT deve reagir.

      Isso tudo esquecendo que o maior problema do Brasil é a dívida da Petrobras e a fraqueza da economia que ainda precisa esperar por um saldo na Balança Comercial de 1 bilhão de dólares mensais para que tudo volte ao normal e se tenha um ano depois a recuperação econômica. Tentar resolver tudo agora é enxugar gelo.

      Clever Mendes de Oliveira

      BH, 12/02/2015

  31. task-force ???

    Porque não usar “força-tarefa” ?

    É uma das atitudes mais nojentas desses pseudo-especialistas neo-colonizados.

    For Sale, black friday, coffe and cake, coffe-break, espaço-kid, espaço-gourmet, boudoir… Argh!

    Só acontece no Brasil. Outros paises não usam de estrangeirismos. Muito menos Portugal, lingua-mãe.

    Sei que a maioria está se lixando, nem se importa, mas explica a nossa extrema bundice…

    Termos técnicos ainda va lá. Nem li o resto…

  32. E o chato da questão:

    Como que a gente encara o tanto de gente, torrando o saco, que dizia isto e aquilo da Graça e da Dilma, que ela não sabe governar, que a Graça é corrupta, se , ao que parece, até a presidente se pauta pelos jornais.

  33. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome