Na Rússia, centenas são presos em protestos contra corrupção

russia_protetos.jpeg
 
Jornal GGN – Na Rússia, centenas de pessoas foram presas durante manifestações contra a corrupção que pediam a renúncia de Dmitry Medvedev, primeiro-ministro russo, neste domingo (26).
 
Alexei Navalny, líder opositor que convocou os protestos, foi detido em Moscou. Navalny, que foi preso antes mesmo do início das manifestações, foi condenado hoje (27) a 15 dias de prisão por desacato à polícia. 
 
“Não reconheço minha culpa. O povo está descontente com a corrupção e, por isso, decidiu participar da manifestação pacífica”, disse Navalny durante audiência na Justiça. 

 
Estima-se que estes protestos foram os maiores desde 2012. Eles ocorrem um ano antes das eleições presidenciais, nas quais Vladimir Putin pode chegar ao seu quarto mandato. 
 
Na sexta-feira, o Kremlin afirmou que os planos de protestos era uma provocação ilegal. Segundo a organização OVD-Info, em torno de 600 pessoas foram presas em Moscou. De acordo com a polícia, cerca de 7 mil pessoas participaram da manifestação na rua Tverskaya e 500 foram detidas. 
 
Hoje, o governo russo acusou os organizadores do protesto de provocar a violência. Dmitry Peskov, porta-voz de Putin, afirmou que respeita o direito de manifestação, mas rejeitou os protestos de ontem alegando que eles eram ilegais. 
 
A mobilização foi motivada após a publicação de um relatório que acusa Medvedev de acumular uma fortuna superior aos seus ganhos como primeiro-ministro. 
 
A Alemanha criticou a prisão dos manifestantes, e o porta-voz do governo pediu que a Rússia respeite os direitos humanos. A União Europeia (UE) pediu às autoridades russas que libertem os manifestantes que foram detidos e os Os EUA condenaram a detenção de “centenas de manifestantes pacíficos”.
 
Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Trump crítica processo de impeachment: "é absolutamente ridículo"

23 comentários

  1. Lembrando a entrevista do

    Lembrando a entrevista do Ciro ao Nassif, eu diria que, ao contrário do elefante, o urso russo sabe a força que tem. Lá, não haverá golpe.

    • A Dilma certamente sabia quem

      A Dilma certamente sabia quem esteve “por trás disso” em nosso país. 

      Mas ela presidia o Brasil, que não tem os mesmos “brinquedinhos” que existem na Rússia. 

      Agora, é “comovente” a preocupação  dos países ocidentais sob as rédeas de Washington com os direitos humanos dos “manifestantes” russos.

      Poderiam desviar um pouco dessa “compaixão” para a catástrofe humanitária no Yemen.

      • Sabia e manteve o Namorado da

        Sabia e manteve o Namorado da Débora Bergamasco como homem de confiança do governo, no segundo mandato só se preocupou com a Biografia e cagou para o país e para o que o país ia virar se ela caísse.

  2. Tao querendo armar primavera

    Tao querendo armar primavera para cima do Putin, mas ele não é idiota feito Dilma e Zé da justiça.

  3. Ah! Tentaram o mesmo golpe

    Ah! Tentaram o mesmo golpe que aplicam nos países periféricos, quá quá. 

    Na Russia não tem MBL nem Vem pra Rua. Lá é “Vem pra cana”. Vai pra lá kinzinho!

  4. todo mundo já viu esse filme…

    …  tática usada pelo Tio Sam para derrubar governos pelo mundo afora,….  No nosso Brasil,  usaram o pretexto da corrupção para derrubar o PT….. Agora, estamos com os verdadeiros ladrões mandando no país e o nosso petróleo sob controle dos USA…. 

  5. Dissuasão
    Dilma pode ter sido inteligente em não jogar o nosso país numa fogueira, estilo Síria…Lá, Putin tem a bomba atômica, que o tio Sam não quer em funcionamento…Nós, não a temos… Dissuasão – essa é a chave!

  6. Se Trump e CIA acham que vão

    Se Trump e CIA acham que vão aplicar na Russia o mesmo golpe BrazucaHondurenhoParaguaio estão delirando, e pior flertando com o “fim do mundo”.

    • Putin não é nada bobo!

      A historia quer se repetir na Russia. “Manifestações pacíficas” ocorreram na Ucrania, e esfacelaram o país, com fascista tomando o poder, apoiados pelos Estados Unidos e União Européia (sua vassala). Não fossem os olhos abertos de Putin, para ver as verdadeiras intensões dessa armação, a Eurásia estaria invadida pelas forças da OTAN, e a Russia destruida, com USA exercendo sua hegemonia e ditando ordens pelo mundo.

      Aqui, funcionou a estratégia. Estamos assitindo o desmoronamento do país, com as reformas que querem nos impor, tornando o trabalhador um escravo e o Estado como uma sucursal do império.

  7. Vale a Pena Ver de Novo?

    Nós aqui, conhecemos bem o resultado dessa “manifestação pacífica”, sabemos bem no que deu. Mas lá eles não irão se deixar enganar, contam com o histórico da nefasta experiênca brasileira dessas “manifestações espontâneas”.

  8. Na Espanha, há pouco tempo,

    Na Espanha, há pouco tempo, diziam: “leña y punto”. Na Russia deve ser “drova i tochka”.

  9.   Se os manifestantes contra

      Se os manifestantes contra a corrupção forem como aqui, constituem justamente o maior foco de corrupção. Não passa semana sem que um ladrão moralista seja desmascarado.

  10. Lá não é uma republiqueta bananeira

    O Império deve estar louco.

    Será que se esqueceram que o buraco é mais embaixo onde tem bomba atômica?

     

  11. Indignação moral…

    … cheia de hipocrisia e o esvaziamento da política.

    A Alemanha e os EUA repudiam… ah…

    Essa história a gente conhece bem sem estar lá.

    • É assim que funciona a CIA
      Plantando golpes mundo afora. Mas na Rússia a conversa é diferente, acabou a farra da década de 90. Infelizmente aqui no Brasil e países do mesmo subnível temos essa maravilha de democracia, onde joga-se fora 54 milhões de votos.

  12. Protesto contra a

    Protesto contra a corrupissaum….

    Ahan… sabemos…..

    Querido… depois do trauma do fim da URSS esse povo não toma outro golpe tão cedo….

  13. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome