IPC-S começa maio com alta em cinco capitais

Jornal GGN – O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) aumentou 0,70% em pesquisa elaborada pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O levantamento apresenta taxa 0,09 ponto percentual acima da taxa divulgada na apuração anterior, que registrou 0,61% em 30 de abril.

Cinco das sete capitais pesquisadas registraram acréscimo em suas taxas de variação: Salvador, que passou de 0,93% para 1,03%; Belo Horizonte, de 0,58% para 0,86%; Recife, de 0,65% para 0,85%; Porto Alegre, de 0,3% para 0,58%; e São Paulo, de 0,56% para 0,62%.

As variações mais expressivas foram apuradas por Belo Horizonte e Porto Alegre (ambas com um acréscimo de 0,28 ponto percentual). Na capital mineira, cinco das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram aceleração em suas taxas de variação, entre as quais se destacam os grupos: Habitação e Vestuário, cujas taxas passaram de 0,61% para 1,29%, e de 1,70% para 2,14%, respectivamente.

No resultado apurado em Porto Alegre, cinco das oito classes de despesa que formam o índice ampliaram suas taxas de variação, entre as quais se destacam os grupos Educação, Leitura e Recreação e Vestuário, cujas taxas passaram de -0,18% para 2,03%, e de -0,12% para 0,47%, respectivamente.

Por outro lado, Brasília registrou queda no índice que passou de 0,56% para 0,54%, afetado pela redução de seis das oito classes de despesa, em especial Vestuário e Educação, Leitura e Recreação, cujas taxas passaram de 0,73% para 0,42%, e de -0,17% para -0,39%, respectivamente. Rio de Janeiro também registrou queda, com o índice passando de 0,78% para 0,67%.

Leia também:  Quando a felicidade de um professor-pesquisador dura pouco!, por Rogério Maestri

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome