Justiça ameaça afastar Crivella se continuar usando cargo para agradar igreja

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN – O prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella recebeu nesta segunda (16) uma ordem da Justiça para suspender o uso da máquina pública para agradar grupos de seu interesse, como a igreja evangélica. Caso contrário, ele poderá ser afastado do cargo por decisão judicial até análise do mérito do processo. As informações são da Agência Brasil.
 
Crivella é proibido de usar prefeitura para favorecer religião
 
 
A Justiça do Rio determinou hoje (16) que o prefeito Marcelo Crivella pare de utilizar a máquina pública para interesses pessoais ou de grupos religiosos. Caso descumpra a decisão, o prefeito do Rio poderá ser afastado do cargo até o julgamento do mérito.
 
A decisão do juiz Rafael Cavalcanti Cruz, da 7ª Vara de Fazenda Pública da Capital, ressalta que a reunião de Crivella com os líderes evangélicos no último dia 4, no Palácio da Cidade, teve como objetivo oferecer vantagens indevidas aos participantes, como facilidades para cirurgias de catarata e no pagamento de IPTU por parte das igrejas.
 
“As vantagens oferecidas pelo demandado a pastores e líderes de igrejas evangélicas, na reunião intitulada Café da Comunhão, não foram permitidas por lei, razão por que a conduta imputada ao réu provavelmente ofendeu o princípio da legalidade”, diz o juiz em seu despacho.
 
A Justiça também proibiu a administração públioca de realizar qualquer censo religioso uma vez que “não interessa ao Estado conhecer a convicção religiosa do administrado para uso de equipamentos públicos destinados à prática de atividades físicas ao ar livre”, diz a nota.
 
O prefeito do Rio também está proibido de usar espaços públicos para a realização de eventos religiosos e de ceder estes locais a pessoas ligadas à Igreja Universal do Reino de Deus.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  MP investiga gestão Covas por suspostas irregularidades em contratos firmados na pandemia

9 comentários

  1. É o fim!

    Suspensão de HC de Lula durante intervenção militar no Ri, e agora, essa:

    O juiz, antes de dizer se a conduta de Crivella é ou não criminosa ou irregular, diz que ele deve parar de fazer aquilo sobre o qual não há tal julgamento de mérito!

    Olhem só, depois que morreu Miranda, como a coisa anda:

    – Antecipar pena antes do trânsito da sentença, e agora, antecipar sentença antes do mérito da…sentença!

    E ainda tem um mentecaptos por aqui comemorando como se fosse uma vitória de natureza política.

    • #

      “O juiz, antes de dizer se a conduta de Crivella é ou não criminosa ou irregular, diz que ele deve parar de fazer aquilo sobre o qual não há tal julgamento de mérito!”

      Concordo. Os juízes estão atuando como polícia. Quem deveria indiciar o prefeito pela ilegalidade de usar o aparato estatal para privilegiar amigos ou “irmãos”, sei lá, seria a polícia. Mas como o Brasil pós golpe está andando para trás…

      Eu só não posso concordar que o que o prefeito fez está correto.

       

  2. Globo X Igreja Universal… câncer x aids… tsunami x furacão

    Me lembra os filmes atuais de super herói… os dois bonzões resolvem sair no tapa no centro da cidade e vão destruindo tudo ao redór.

    No fim o mais branco “salvou a cidade”… aí pode beijar a mocinha de pau duro sobre as ruínas do que sobrou do país.

    Parabéns para nozes… evoluindo dançando Moonwalker… na direção do abismo.

  3. #

    Não há “trânsito em julgado”, não há sequer processo, mas o fato é que o áudio deixou muito claro que os “irmãos” evangélicos são privilegiados em detrimento de toda a população não evangélica.

    Isso está errado! O Estado é laico!

    • Sei…

      Então vamos começar a cassar TODAS as licenças para as escolas católicas, universidades, as empresas de pilantropia católica (as santas casas e outras irmandades), decretar o fim dos feriados católicos, demolir a estátua do carpinteiro bastardo no alto do Corcovado, e todas as imagens católicas de TODAS as cidades e instituições brasileiras, inclusive aquela cruz no stf, e pior, o preâmbulo da CRFB.

      Partindo daí, liberação do aborto e da venda e uso de drogas, as principais chagas religiosas na legislação, que sabemos, nos trazem apenas o inferno na terra.

       

  4. Desrespeito ao Estado laico
    Desrespeito flagrante ao Estado laico. Mas não fosse a guerra de quadrilhas entre a Globo e a Record nada teria acontecido. Mais uma vez é a Globo pautando a “justiça”.

  5. #

    Não é porque o Crivella é inimigo da Globo, que ele vai passar a ser meu amigo.

    O fato é que as cirurgias que, falando com a Márcia sai em no máximo duas semanas,  para o cidadão comum – o “não irmão”-, demora meses senão anos.

    Para resolver problemas com processos sobre o IPTU, você, cidadão comum – o “não irmão”-, tem que enfrentar todo um aparato burocrático e aguardar meses senão anos pela solução. Não basta falar com o Sr. Milton, até porque ele vai te tratar como um simples cidadão que tem que respeitar a fila e, não vai te tratar como um “irmão”.

    Isso está errado! O Estado é laico!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome