Teori rejeita ações do PSDB e PSB contra nomeação de Lula

 
Jornal GGN – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki rejeitou as ações movidas pelo PSDB e pelo PSB contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil, nesta segunda-feira (04).
 
Os partidos de oposição entraram com Arguições de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPFs) no Supremo, argumentando que a nomeação foi inconstitucional porque houve desvio de finalidade. Teori rejeitou, afirmando que o correto seriam os partidos entrarem com ações populares ou mandado de segurança coletivo, e não ADPFs. 
 
Mas a decisão de Teori foi além, informando que a nomeação de Lula como eventual obstrução à Justiça por parte da presidente da República, que foram os argumentos dos partidos, deverá ser discutida em investigação criminal em andamento no STF.
 
Apesar da negativa de Teori, a posse de Lula continua suspensa pela decisão liminar de Gilmar Mendes, do STF, que julgou ação também de partidos e proibiu a nomeação, provisoriamente, de Lula. O despacho de Gilmar também será submetido ao plenário do Supremo, ainda sem data prevista.
 
O Planalto espera que, caso o STF reverta a decisão provisória de Gilmar, Lula assuma a Casa Civil já nesta quinta-feira (07).
 

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

altamiro souza

- 2016-04-05 05:46:15

querer retirar o direito de

querer retirar o direito de uma presidente eleita de

indicar um ministro é de uma insensatez infame....

 

Frederico69

- 2016-04-04 22:21:46

o ministro que se prepare, (e nós também)

os malucos não estão se contendo!

Vladimir

- 2016-04-04 20:08:14

Será que ninguém entrará com

Será que ninguém entrará com uma ação contra o beiçola do STF por concessão de diversas liminares de caráter eminentemente político (além desta,contra o presidente Lula, temos aquela a favor daquele que o delegado Protógenes chama de banqueiro bandido)? De que tem medo o Conselho Nacional de Justiça?

joseph

- 2016-04-04 20:04:50

Como sempre

é uma no cravo outra na ferradura.

Essa tese do grampo ilegal com desvio de finalidade ainda vai vingar. Vão vendo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador