Marcha de Quarta-Feira de Cinzas, por Samuel Machado Filho

Enviado por Mara L. Baraúna

do Qual delas? a canção contada 

Marcha de Quarta-Feira de Cinzas

por Samuel Machado Filho

“Marcha da quarta-feira de cinzas” foi composta em 1963 por Carlos Lyra e Vinícius de Moraes. Composta antes de 1964, a “Marcha da quarta-feira de cinzas” é assim uma espécie de protesto premonitório contra a realidade imposta pela ditadura militar. Pertence àquela fase inicial do CPC (Centro Popular de Cultura) em que Carlos Lyra incorpora à sua obra uma temática político-nacionalista, tendo sido feita no mesmo dia em que ele e Vinícius haviam concluído o “Hino da UNE” (De pé a jovem guarda / a classe estudantil / sempre na vanguarda / trabalha pelo Brasil…).

Mas, com sua mensagem disfarçada no lirismo melancólico de uma marcha-rancho, a composição pode ser considerada um belo exemplar do gênero música de protesto: Acabou nosso carnaval / ninguém ouve cantar canções / ninguém passa mais brincando feliz / e nos corações / saudades e cinzas foi o que restou… A passagem com o acorde de sétima maior de dó antecedendo a frase e no entanto é preciso cantar, após a pungente primeira parte, cria um momento mágico, na medida em que envolve a plateia inteira e a faz cantar suavemente embalada por um simples violão.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Exatamente no dia de hoje... Lúcio Bellentani, presente!

2 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome